Circuito Turístico Montanhas Cafeeiras de Minas


Setur certifica Circuito Montanhas Cafeeiras de Minas

MINAS GERAIS, Belo Horizonte – O Circuito Turístico Montanhas Cafeeiras de Minas, no sudoeste de Minas, será o 22o circuito a receber a certificação oficial da Secretaria de Estado de Turismo (Setur). A solenidade será nesta quinta-feira (22), às 17h30, no Cine-Teatro 14 Bis, em São Sebastião do Paraíso.

São 12 municípios que fazem parte desse circuito: Arceburgo, Bom Jesus da Penha, Guaranésia, Guaxupé, Itamogi, Jacuí, Jururaia, Monte Santo de Minas, Muzambinho, Nova Rezende, São Pedro da União e São Sebastião do Paraíso. O secretário de Estado de Turismo, Herculano Anghinetti, informa que, agora, são 261 municípios certificados pelo Governo de Minas em 22 circuitos. Atualmente, o Estado é dividido em 52 circuitos turísticos, abrangendo 663 municípios.

A meta do governador Aécio Neves é incluir todos os 853 municípios mineiros em circuitos, dentro da regionalização do turismo, exemplo também adotado pelo Ministério do Turismo. Com a certificação, os municípios podem captar recursos, junto a organismos oficiais e privados de turismo, para treinamento de mão-de-obra e implantação de hotéis, pousadas e lanchonetes, além de facilitar os investimentos em divulgação, promoção e na sinalização turística.

A PUC de Poços de Caldas, em convênio com a Associação do Circuito Montanhas Cafeeiras, fez o levantamento do potencial dos municípios que revelou as principais atrações naturais e culturais, além de serviços turísticos, como pousadas, hotéis, estâncias hidrominerais, trilhas e cachoeiras.

Montanhas Cafeeiras
Com o fim da exploração do ouro, no final do século XVIII, Minas Gerais descobriu uma nova riqueza, o café que, no século seguinte, passou a ocupar várias regiões do Estado. A região Sudoeste de Minas foi uma das primeiras a dar início às lavouras de café e os povoados foram crescendo, com fazendas e capelas, até formarem as cidades integrantes desse circuito.

Nas fazendas, os turistas podem acompanhar desde a moagem do café até a colheita e a seca dos grãos. A natureza deu também de presente cachoeiras, rios e matas silvestres, que valorizam o meio ambiente e incentiva a prática do ecoturismo.

São Sebastião do Paraíso é sede de duas estâncias hidrominerais: Termópolis, a 20 km, e Água Azul, a 10 km do centro da cidade, com piscinas naturais, fontes de água mineral e trilhas para caminhada e cavalgada.

Em Jacuí, a Fazenda Lobo da Montanha foi transformada em pousada, com trilhas e cachoeiras. Em Guaranésia, também a Fazenda Bebedouro virou pousada. Mesmo centenária, conservou a produção de café e oferece cachoeiras, caiaque no rio, tirolesa e bóia-cross a seus hóspedes e visitantes.

Em Monte Santo de Minas, são 22 cachoeiras e trilhas para a prática do mountain-bike. Outro atrativo é a centenária Fazenda Santa Clara, em Muzambinho. Em Nova Rezende, um pesqueiro de trutas chama a atenção dos aficcionados da pesca.

Belíssimas e famosas são as orquídeas de Guaxupé, cuja festa anual, em julho, faz parte do calendário turístico de Minas há mais de 40 anos. A centenária Fazenda Nova Floresta também atrai visitantes com suas cachoeiras e trilhas.

Fonte: Governo de MG – 20/12/2005

8 comentários em “Circuito Turístico Montanhas Cafeeiras de Minas

  1. Se tiver animais também seria uma ótima oportunidade de unir o útil ao agradável. De preferencia que fosse fazenda para visita e não pousada nem hotel.

  2. Obrigada pelo rápido retorno.
    Estou de férias e pretendo viajar pela região. Na realidade meu pai de 89 anos vai viajar comigo e ele tem vontade de relembrar a época em que ele morava em uma fazenda de café em São Manuel. Estivemos lá ano passado e toda plantação de café agora é plantação de cana de açúcar. Meu pai tem vontade de acompanhar toda produção do café, a plantação, a colheita (agora é época né?), a secagem, o beneficiamento, a moagem e todo processo. É isso.
    Agradeço pela atenção.
    Angélica

    1. Sim, é a época da colheita. Ligue para a Pousada Fazenda Bebedouro em Guaranésia e fale com o Aloysio (035) 99850182. Acredito que vcs podem se hospedar lá e ele poderá indicar as fazendas para vcs visitarem. São todos conhecidos e amigos…Em Guaxupé tem a Cooperativa de cafeicultores etc… tudo perto.

  3. Prezados,
    Sou de São Paulo e gostaria de saber se existem fazendas cafeeiras em atividade hoje para visitação na região do circuito cafeeiro, qual cidade e qual fazenda?
    Grata
    Angelica.

    1. Ola Angélica. boa tarde.
      As cidades de Guaxupé e Guaranésia ainda possuem fazendas de café em atividade e são cidades bem próximas. Algumas, antigas, se transformaram em pousadas e oferecem essas visitações na região. A Pousada Fazenda Bebedouro (em Guaranésia) é uma boa opção. O que você pretende exatamente?

  4. Sou integrantes dos Sertões do Jacuí e do Circuito Turístico Caminhos Gerais , faço parte também da Casa da Cultura de Cabo Verde, gosto muito da parte Histórica e Ambiental dos municipios.
    Gostaria de participar de eventos e palestras realizadas pelo Circuíto Montanhas Cafeeiras de Minas.
    Aguardo um retorno,
    Anciosa
    Rubiléia.

  5. Boa Tarde,
    estou abrindo uma agência de turismo receptivo em Guaxupé e gostaria que me enviassem se possível o levantamento do potencial dos municípios do Circuito Montanhas Cafeeiras de Minas e mais alguns dados sobre este circuito que será de grande utilidade para divulgação do turismo na região.

    Desde já grata,

    Noelle

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s