Família Custódio José Dias


“O meu bisavô foi Francisco José Dias, filho do capitão Mor Custódio José Dias e Dona Mariana Almeida da Silva.

Custódio José Dias foi Capitão Mor de São Carlos do Jacuí, residente em Vila Campanha. Residiu depois na fazenda da Cachoeira em Machado e depois na Fazenda do Centro, também em Machado. Fez parte do governo provisório de Minas Gerais em 1822 e mais tarde, na Assembléia Federal do Império com assento na Câmara dos deputados na primeira legislatura em 1826 a 1829, na sessão legislativa de 1833. Foi tronco de numerosa família.

Custódio José Dias
Custódio José Dias

Francisco José Dias era casado com Dona Francisca Leopoldina da Silva.

Os pais do Capitão Mor Custódio José Dias foram o capitão Custódio José Dias, natural de Freguesia da Boa Vista na Comarca de Penafiel em Portugal; e Dona Ana Lopes da Silveira natural de São João Del Rei – MG. Casaram-se na capela de Madre de Deus em São João Del Rei em 1730.

Francisca Leopoldina da Silva era filha de José Custódio Dias (1798) e Antônia da Silva Pinto.

José Custódio Dias era filho do alferes Marcos de Souza Magalhães e de D. Ana Josefa da Silva..

Antônia da Silva Pinto era filha de Elias Antônio da Silva Rezende e D. Ana de Jesus da Silva Pinto de Góes e Lara. Eram da região de Entre Rios, em Minas.

Nos idos de 1840, Francisco José Dias veio então com dois escravos, chegou de Machado, da Fazenda do Centro, onde residia, para a região onde é hoje Guaranésia, antiga Santa Bárbara das Canoas.

Desbravou matas para a formação da fazenda da “Correnteza” e iniciou o plantio de canaviais para o fabrico de açúcar, rapadura e cachaça.

Aos poucos, o verde esmeraldino dos canaviais foi tomando lugar onde até então existia mata nativa.

A construção do engenho de açúcar teve início nesta ocasião.

A sede da fazenda da Correnteza , uma linda construção colonial, foi projetada por encomenda de Francisco José, a engenheiros americanos contratados por ele. Esta fazenda fica próxima ao trevo de Arcerburgo e Monte Santo. Data de sua construção, mais ou menos, 1850. É uma bela casa, com 28 quartos, muitas janelas, várias salas, banheiros, cozinha, ermida, varandas, etc. Tem também bem próxima à sede, a senzala.

Aos poucos a paisagem ao redor da fazenda foi tomando o feitio de uma grande propriedade rural. O verde olivado dos cafezais até hoje predomina a região com sua pujança e riqueza. ”

Texto de: Nívea Tavares Dias Sampaio/2007

Anúncios

36 comentários em “Família Custódio José Dias

  1. Da união conjugal do Casal : Tenente-Coronel Marcos de Sousa I Magalhães, nasceu no ano de 1705 na Freguesia de São Pedro de Sá, Conselho de Arcos de Valdevez, Distrito de Viana do Castelo, Comarca de Valença, Arcebispado de Braga, Braga, Província do Minho, Distrito do Porto, Limitado ao Norte pelo Distrito de Vianna do Castello, ao Este pelo Distrito de Villa Real, ao Sul pelo Distrito do Porto e ao Oeste pelo Oceano Atlantico, Reino Unido do Portugal, era casado com Julianna Soares de Araújo, ela natural da Freguesia de São Pedro de Sá, Conselho de Arcos de Valdevez, Distrito de Viana do Castelo, Comarca de Valença, Arcebispado de Braga, Reino Unido do Portugal, eram os pais do Tenente- Coronel Marcos de Sousa II Magalhães, faleceu no dia 03 de Fevereiro de 1773 na Freguesia de São João Del Rey , Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil, Fonte Museu Regional de São João Del Rey, caixa 147, em seu inventário Casou-se em 22 de Outubro de 1753 “ Arquivo Eclesiástico da Matriz de Nossa Senhora do Pilar de São João Del Rey, livro de Casamento de 1750 a 1756, fls 70v na Freguesia de São Gonçalo de Ibituruna, Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil, ele casou-se no dia 22 de Outubro de 1753 com Marianna de Almeyda e Sylva I, natural da Freguesia de São Pedro de Sá, Conselho de Arcos de Valdevez, Distrito de Viana do Castelo, Comarca de Valença, Arcebispado de Braga, Braga, Província do Minho, Distrito do Porto, Limitado ao Norte pelo Distrito de Vianna do Castello, ao Este pelo Distrito de Villa Real, ao Sul pelo Distrito do Porto e ao Oeste pelo Oceano Atlantico, Reino Unido do Portugal, ela falecida no dia 30 de Setembro de 1773 na Fazenda Cachoeira sendo de sua propriedade no Distrito de Santa Rita do Rio Abaixo, Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil, eram eles os pais do Guarda-Mór Bartholomeu de Sousa Soares ele nascido no ano de 1765 na Freguesia de São João Del Rey, Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil ele faleceu no dia 07 de Maio de 1823 esse era casado com Bernarda Proença de Góes e Lara, ela nascida no ano de 1775 no Arraial da Laje, Freguesia de São José do Rio das Mortes atual cidade de “Tiradentes”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil eles os pais de Iria Zeferina de Sousa e ou Iria Josephina de Góes e Lara, ela nascida no ano de 1787 ela casada com o Alferes Luiz Manoel de Mello Brandão sendo eles os pais de Escolástica Cândida da Silva nascida no ano de 1821 ela casada com o Coronel Cândido de Sousa I Dias ele nascido no ano de 1813 e falecido no dia 30 de Agosto de 1888 na Freguesia de Santo Antônio de Machado, atual cidade de “Machado”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil eram eles os pais do Capitão-Mor José Cândido Sousa I Dias ele nascido no dia 11 de Março de 1847 na Freguesisa de Santo Antônio do Machado atual “Machado” ele casou-se no dia 18 de Setembro de 1869 com Maria Paulina da Costa que após o casamento passou assinar Maria Paulina de Sousa ela falecida no dia 05 de Janeiro de 1919 eram eles os pais de Anna Cândida de Sousa II Dias “Donana” que após o casamento passou assinar Anna Cândida de Oliveira falecida no dia 09 de Abril de 1923 na cidade de Gymirim atual cidade de “Poço Fundo”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil era casada com João Baptista Gonçalves de Oliveira- “Coronel Janjão Bernardes” ele nascido no dia 24 de Setembro de 1848 na atual cidade de Conceição do Rio Verde, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil ele falecido no dia 18 de Maio de 1934 na cidade de Gymirim atual cidade de “Poço Fundo”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil eram eles os pais de Antônio Cândido Gonçalves de Oliveira e ou Antônio Candido de Oliveira “Toniquinho Dentista” ele nascido no dia 07 de Agosto de 1’896 as 03:00 horas na Fazenda da Piedade, Município de Santo Antônio do Machado atual cidade de “Machado”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil, de propriedade de seus pais, faleceu no 06 de Setembro de 1981 na cidade de Poço Fundo, Estado de Minas Gerais, República dos Estados Unidos do Brasil, casou-se no dia 04 de Março de 1939 no Distrito de Douradinho, Município de Machado, Estado de Minas Gerais, República dos Estados Unidos do Brasil com Maria Augusta Lopes de Vasconcellos Xavier que após o casamento passou assinar Maria Augusta de Oliveira eles os pais Edésio de Vasconcellos Lopes Xavier Sousa Gonçalves de Oliveira, ( Com Ascendência nas famílias: Annes de Vasconcellos e Lopes de Vasconcellos, Borba Gatto, Borba Paes, Castanho Tacques, Corte Bello, Costa Cabral, Cunha Gago, Dias Paes Lemes, Felix Prestrello, Ferreira de Britto, Gonçalves de Oliveira Gil “Gill”, Gonçalves Fremes, Gil Siqueira, Magalhães, Motta Lemes, Mello Brandão, Nunnes Gouveia, Portes Del Rey, Peres Calhamares, Peres de Vasconcellos, Proença de Góes e Lara, Proença Castanho, Peres D’Antas, Romão Gonçalves Gil, Reys e Sylva, Rangel, Romeiro Velho Cabral, Ribeiro do Valle e ou Valle Ribeiro, Reis Villela, Rocha Lemes, Rodriguez Arzão, Siqueira Caldeira, Soares Araújo, Sousa Dias, Sousa Magalhães, Siqueira Ferrão, Sousa Prado, Sousa Ribeiro, Tolledo Piza e Castelhanos, Teixeira Tolledo, Unhatte, Ussú e outras acima já sitadas. dados pesquizados por vários anos em internet, cartórios de registros e em Cúrias Diocesanas , espero que estejam corretos em caso de dúvidas peço ajudas para posteriores correções. sou muito grato

  2. Monio Ermiges Senor de Ribadouro, ele casou-se com Ouroana, eles os pais de Mem Moniz de Ribadouro, ele faleceu por volta de 1151, ele casou-se com Gotinha Mendez de Sousa, eles os pais de Ouroana Mendez de Ribadouro, ela nascida por volta de 1113, ela casou-se com Godinho Fafes “O Velho” Senor de Lanhoso, eles os pais de Usco Godinhes, ela casou-se com Fernão Perez de Guimarães ( Ele era filho de Pero Fromaringues de Guimarães), eles os pais de Fruilhe Fernandez de Riba de Vizela, ela casou-se com Vasco Gil de Soverosa, eles os pais de Gil Vasquez de Soverosa, ele faleceu por volta de 1277, ele casou-se com Dona Aldonça Annes de Maya, eles os pais de Guiomar Gil de Soverosa, ela casou-se com Juan Rodriguez e Briteiros, eles os pais de Gonçalo Annes de Briteiros, ele era casado com Maria Alfonso Chichorro, eles os pais de Margarida Gonçalves de Briteiros, ela casou-se com Ruy Vasques Ribeyro ( Ele era filho de Vasco Annes De Soalhães e de Leonor Rodrigues Ribeyro, neto paterno de João de Soalhães ), eles os pais de Theresa Rodríguez Ribeyro, ela casou-se com Gonçalo Mendes de Vasconcelloseles os pais de João Mendes de Vasconcellos – “O Alcaide-Mór de Estremoz nascido no ano de 1300 ele casou-se com Aldara Affonso Alcoforado eles os pais de Aldonça Annes de Vasconcellos ela nascida no ano de 1320 ela casou-se com Dom Martim Affonso Tello de Menezes ele nascido no ano de 1310 no Reino Unido do Portugal eram eles os pais de Dona Maria Telles de Menezes ela casou-se com Dom João de Portugal ele nascido no ano de 1349 eles os pais de Dom Fernando de Portugal “Senhor de Eça” ele nascido no ano de 1378 ele o pai de Dom Garcia D’Eça “ O Alcaide-Mór de Muge” ele nascido no ano de 1410 era ele casado com Joanna Albegaria eles os pais de Maria D’Eça ela casada com João Folgaça eles os pais de Joanna D’Eça ela nascida no ano de 1463 ela casada com Pedro Gonçalves da Câmara ele nascido no ano de 1463 em Funchal Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal eles os pais de Pedro Gonçalves da Clara ele nascido no ano de 1500 na Ilha da Madeira e faleceu no ano de 1565 na Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal ele casado com Izabel de I Barros ela faleceu no ano de 1575 eles os pais de Catharina II de Barros ela nascida no ano de 1540 em Funchal, Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal ela faleceu no ano de 1625 era casada com Antônio Leme “Lenz” eles os pais de Antão Leme “Lenz” ele casado no ano de 1585 e faleceu no ano de 1600 em São Paulo, Província de São Paulo, Colónia do Brazil ele casado com Catharina II de Barros ela nascida no ano de 1540 em Funchal, Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal e faleceu no ano de 1625 em Funchal, Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal eram eles os pais de Pedro Leme “Lenz” ele nascido no ano de 1600 em São Paulo, Província de São Paulo, Colónia do Brazil ele casado com Luzia Fernández ela nascida no ano de 1565 em Funchal, Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal e faleceu no ano de 1640 em Villa de São Vicente, Província de São Paulo, Colónia do Brazil eles os pais de Leonor Leme “Lenz” ela faleceu no dia 13 de Janeiro de 1633 ela casada com Braz Esteves e ou Bráz Teves ele nascido na na Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal e faleceu no 1615 em Villa de São Vicente, Província de São Paulo, Colónia do Brazil eles os pais de Pero Leme “Lenz” ele nascido no dia 24 de Outubro de l570 ele casou-se com Helena do Prado ela nascida no ano de 1594 em Olivença, Reino Unido do Portugal eles os pais do Capitão_Mór Braz Esteves Leme “Lenz” ele falecido no ano de 1636 em Funchal, Ilha da Madeira, Reino Unido do Portugal esse casado com Margarida Bicudo de Britto eram eles os pais do Capitão-Mór Antônio Bicudo Leme “Lenz” esse faleceu no ano de 1716 no Povoado de Nossa Senhora do Bom Sucesso de Pindamonhangaba, Província de São Paulo, Colónia do Brazil ele casado com Francisca Romeiro Velho Cabral ela falecida no ano de 1764 na Villa de Guaratinguetá, Província de São Paulo, Colónia do Brazil eles os pais de Margarida Bicudo Romeiro essa falecida no ano de 1732 na Villa de Taubaté, Província de São Paulo, Colónia do Brazil essa casada com o Capitão-Mór Domingos Gil de Siqueira “Gill” eles os pais de Margarida Bicudo de Siqueira ela nascida no ano de 1685 na Villa de Taubaté, Província de São Paulo, Colónia do Brazil ela casada com Estevão Mendes de Oliveira eram eles os pais de Margarida de Oliveira ela nascida no ano de 1712 na Villa de Taubaté, Província de São Paulo, Colónia do Brazil essa casada com Jacinto Pereira da Silva eles os pais de Quitéria Pereira da Silva essa nascida no ano de 1729 na Villa de Taubaté, Província de São Paulo, Colónia do Brazil essa casou-se no dia 02 de Novembro de 1747 com o Capitão-Mór Domingos Lopes II Baeta ele nascido no ano de 1706 em Bolada, Freguesia de São Bartolomeu do Rego, Comarca de Celorico de Basto, Reino Unido do Portugal, eram eles os pais de de Anna Lopes I da Silva ela nascida no ano de 1749 em Nazaré, Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil faleceu no dia 27 de Agôsto de 1773 em São João Del Rey, Província de Minas Geraes, Colónia do Brazil, ela casou-se no dia 06 de Fevereiro de 1766 com o Capitão-Mór Custódio José I Dias ele nascido no dia 07 de Maio 1731 em Casal Bom, Penafiel, Reino Unido do Portugal eram eles os pais Quitéria Josepha I da Silva nascida no ano de 1769 e faleceu no ano de 1845 ela casou-se no ano de 1792 com o Tenente Antônio Moreira de Sousa Ribeiro e ou Tenente Antônio Moreira de Sousa Baeta que faleceu no dia 07 de Maio de 1823 ele era natural de Vila Moreira, Freguesia do Conselho de Maia, Reino Unido do Portugal eram eles os pais do Coronel Cândido de Sousa I Dias e ou Coronel Cândido de Sousa Moreira nascido no ano de 1813 e faleceu no dia 30 de Agôsto de 1888 em Santo Antônio do Machado, atual cidade de Machado, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil, ele casou-se com Escolástica Cândida da Silva ela nascida no ano de 1821 eram eles os pais do Capitão-Mór José Cândido de Sousa I Dias ele nascido no dia 11 de Março de 1847 em Santo Antõnio do Machado, ele casou-se no dia 18 de Setembro de 1869 com Maria Paulina da Costa que após o casamento passou assinar Maria Paulina de Sousa ela nascida no ano de 1853 na cidade de Santo Antônio de Machado atual cidade de “Machado”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil, falecida no dia 05 de Janeiro de 1919, em São Francisco do Machadinho, Estado de Minas Geraes, República dos Estados Unidos do Brazil, atual cidade de Poço Fundo eles os pais de Anna Cândida de Sousa II Dias “Donana” que após o casamento passou assinar Anna Cândida de Oliveira falecida no dia 09 de Abril de 1923 em São Francisco de Paula do Machadinho, Estado de Minas Geraes, República dos Estados Unidos do Brazil, 09 de Abril de 1923 em São Francisco de Paula do Machadinho, Estado de Minas Geraes, República dos Estados Unidos do Brazil, ela casada com o João Baptista Gonçalves de Oliveira “Coronel Janjão Bernardes” ele nascido no ano de 1848 em Distrito Rio Verde do Baependy atual cidade de “Conceição do Rio Verde, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil ele falecido no dia 18 de Maio de 1934 na cidade de Gymirim atual cidade de “Poço Fundo”, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil, eram eles os pais de Antônio Cândido Gonçalves de Oliveira e ou Antônio Cândido de Oliveira “Toniquinho Cirurgião Dentista” ele nascido no dia 07 de Agosto de 1896 às 15:00 horas na Fazenda da Piedade de propriedade de seus pais em Santo Antônio do Machado, falecido no dia 06 de Setembro de 1981 na cidade de Poço Fundo casou-se no dia 04 de Março de 1939 em segunda núpcias no Distrito de Duradinho, Município de Machado, Estado de Minas Gerais, República dos Estados Unidos do Brasil com Maria Augusta Lopes de Vasconcellos Xavier e ou Maria Augusta de Oliveira “ ( Com descendência por dois troncos da Família Tolledo Piza e Castelhanos )” ela nascida no dia 03 de Março de 1919 as 09:00 horas no Distrito de Douradinho e faleceu no dia 10 de Março de 1996 na cidade de Poço Fundo eles os pais de Edèsio Vasconcellos de Oliveira e ou Edésio de Vasconcellos Lopes Xavier Sousa Gonçalves de Oliveira,

  3. quiteria da silva dias casada com antonio moreira de souza ribeiro pais de candido de souza dias casado com escolastica pais de antonio candido de souza dias casado com braulina candida de souza pais de mizael candido de souza dias casado com maria vicencia de araujo dias pais de antonio candido de souza dias meu avo.Quiteria era irma do capitao mor.

  4. Olá , sou da familia Pereira Dias. Avós paternos, Francisco Thomaz Dias e Sebastiana Florencia Dias / avos maternos , Manoel Pereira e Florisbela Inácia Pereira. Ambos dessa redondeza. Meu pai tinha um diário onde tinha todas as anotações da familia. Mas eu minhas irmãs éramos pequenas e não tinhamos acesso .qunado ele faleceu que tivemos acesso ao diário e infelizmente as traças furaram todo e não dava para ler a história da familia. Sei que minha avó era imigrante que veio da Europa . Ainda hoje temos parentes aí em Miraceema e redondeza de Minas Gerais .
    Minha tia Petronilha Thomaz Dias, tem esperança de encontrar a parentela hoje ela tem 90 anos. Se alguem tiver alguma informação. Peço a gentileza de entrar em contato pelo email. Meu pai era Benedito Thomaz Dias.

  5. Eu sou, Aristides, filho de Clovis, neto de Aristides e Bis neto de Pio de Souza Dias que era filho de Custodio Jose Dias, da fazenda do Cachoeira de Machado – MG.
    Veja parte de transcrição de testamento a seguir:
    CAPITÃO-MOR CUSTÓDIO JOSÉ DIAS
    Filho de Joaquim Dias, nasceu pelo ano de 1763 em Itavuna, termo de São João
    d”El Rei, MG. Casado com Mariana de Almeida e Silva. Pelo ano de 1815 transferiu-se
    para as proximidades do Arraial de São José e Dores de Alfenas, termo da Vila de Jacuí.
    Instalado na fazenda da Cachoeira, foi nomeado capitão-mor de Jacuí em de
    janeiro de 1816 (Arquivo Público Mineiro CG. 362?317) sendo confirmado por D. João
    VI, em 15 de fevereiro de 1817 (patente do Arquivo Nacional, sem fonte determinada).
    Na eleição realizada em Ouro Preto, a 21 de maio de 1822, para constituição do
    novo Governo Provisório, na Província de Minas Gerais, entre os sete eleitos constou
    seu nome, representando a Freguezia de Cabo Verde (onde possuía fazenda). Elegeu-se
    com 164 votos. Foi membro da Junta Provisória até 1823 (As Juntas Governativas e a
    Independência do Brasil, vol. 2 – Conselho Federal de Cultura – Rio de Janeiro, 1973 –
    Ministério da Justiça Arquivo Nacional, págs. 900, 902 e 956). Foi deputado geral, na
    legislatura de 1826 a 1833 (Informação do sr. Nelson Lopes, de Alfenas). Colaborou
    também na fundação do povoado, hoje cidade de Machado, onde em 1825 assinou como
    testemunha no patrimônio do Padre Antônio José Martins (Processo de habilitação de
    genere et motibus do referido sacerdote – Arquivo da Cúria Metropolitana de São Paulo,
    gaveta 50, estante 2, n.º 1. 169).
    Num diário manuscrito, espécie de inventário do capitão-mor Custódio José Dias
    (pertencente ao sr. José André Dias, Fazenda da Serra, Machado, MG), consta a
    existência de sete filhos do Capitão, a saber: Bárbara, casada com José Cristóvão de
    Lima (de Mococa); Jacinto, Luzia, Margarida, Pio, Francisco e Roque. Considerava
    igualmente herdeiras as sobrinhas: Mariana, casada com Domiciano José de Souza
    (Fazenda Soledade – Tapiratiba); Ana, casada com Vigilato José de Souza (Fazenda
    Bica de Pedra, hoje Itaiquara) e Maria Custódia, casada com Felix de Souza Magalhães
    (Alfenas). Assim considerava também sua afilhada Francisca de Paula, casada com João
    Custódio Dias.
    Faleceu em 7 de setembro de 1843, na Freguezia de Alfenas, MG, aos oitenta
    anos de idade e já viúvo (Livro de Óbitos da Paróquia de S. José e Dores de Alfenas,
    1836, pág. 38).

  6. Oi, sou tataraneto do Major Custódio Pereira Dias, ele era de Machado, era dono da Fazenda da Serra, queria saber mais informações se tiver jeito.
    Abraços!!!
    Vinícius.

  7. Meu pai Antonio Manuel Alves finho de Amelia de jesus da silva ela tendo un irmào Dr Custodio Jose da silva queria saber se existe ancestral de familia obg…………

  8. Que família enorme, será que eu faço parte desta família? Meu nome: Adilço Custódio Mafra, Filho de: João Custódio Filho (falecido) casado com Jandira Custódio Mafra (viva)
    Avós paterno: João Custódio Martins Casado com Cecília de Souza. Todos de Minas Gerais. Se alguém souber de alguma pista quem seria meus ancestrais agradeceria.

  9. Ola, meu nome é Adriana neta de Isolina Graziela Dias Ribeiro,e minha vó escreveu um livro onde ela diz que morou nesta fazenda correnteza inclusive tenho fotos desta epoca que se utiliza um aparelho que se chama perfecscope de 1895 …gostaria de saber se poderia ir ate a fazenda para conhecer isto é se ela ainda existe.
    Aguardo ansiosamente seu retorno.
    Abraço
    Adriana

  10. Prezado Everton,

    Eu sou João Magno de Souza Dias-,bisneto do Roque de Souza Dias e proprietário da Fazenad do Centro- Para falar comigo pode ligar para 021- 2558 5658 , e para visitar a Fazenda que esta as suas ordens peço ligar para agendar sua visiat de forma a avisar o meu encaregado, porquanto vivo no Rio de Janeiro . meu e.mail é: joao_magno@hotmail.com

  11. Sou Francisco Custodio do Nascimento, nasci na cidade de Pancas ES, sou autor de um livro intitulado de “O CAPIXABA”, abril de 2012, Editora Livre Expressão. Gostaria de reunir documentos sobre a familia.

  12. Gostaria muito de conhecer lugares, e pessoas ligadas à familia Custodio na região de Machado,Possos de Caldas, Alfenas,Muzambinho,Cabo Verde……talvez sejam meus parentes….Meu pai era da região, chamava-se Lázaro Custódio de Souza, Filho de Estefania de Jesus,e Francisco Custodio …..quem sabe um dia desses passo na região sul de Minas para conhecer as terras de meus ancestrais.

    abraços a todos da Familia

    Sou Everton Custódio de Souza

  13. Sou Everton Custodio de Souza, meu pai chamava-se Lazaro Custodio de Souza, filho de Estefania ….mineiros da região de Machado….meu avo tbm chamava-se Francisco Custodio….vou pesquisar mais esta ligação….abraços a todos da Familia.

  14. Gostaria de receber mais informações sobre meu ancestral o capitão mór
    Custodio José Dias,pois sou tataranéto do comendador Lindolfo de Souza
    Dias que erdou a fazenda do Centro e a fazenda Engenho Limeira ambas
    em Machado MG,a fazenda Cachoeira AK ficou com
    meu bisavo o sr Eurico de Souza Dias casado com a senhora Odéte Maciél Dias pais do meu avô sr Joel Maciel Dias atualmente com 85 anos
    e muito lucido.apesar de morarmos em Campinas SP minha mãe e todos seus irmãos são nacidos e criados em Machado ande temos muitos parentes seria muito bom se tivésemos acésso aliteratura arrespeito de nóssa familia,quem puder ajudar desde ja agradeso. obrigado

    1. meu jurema de souza dias, filha de jose de souza dias, filho de norato de souza dias, nascido na cidade de machado, pertencia a uma família tradicional; família souza dias, há muitos anos procuro contato com algum membro desta suposta família de meu pai, pois ele foi escolhido para ser padre tendo fugido do seminário onde nunca mais procurou nenhum de seus irmãos, tendo vindo para o rj onde conheceu minha mae. tendo os dois já falecidos.

  15. Ivan , quem deve possuir toda informação sobre a genealogia do Cap.Custodio Jose Dias e de seu irmão Padre a senador Jose Custodio Dias, é o estudioso do assunto, Dr Eduardo Dias Roxo Nobre que publicou um livro sobre a familia a que ele pertence e tambem a genealogista Marta Amato de Sao Paulo. As explicações sobre o roratorio da fazdenda da Cachoeira esta no livro do tombo do museu da torre da Basilica de Aparecida. Saudações Adilson

    1. Caro Adilson, Sou descendente de Custódio José Dias (pelo Dr. Roque de S.D. da Fazenda do Centro) e gostaria de mais dados sobre o livro do Dr. Eduardo Dias R. Nobre. Sabe onde é possível se conseguir uma cópia ou um exemplar ? Muito grato.

    2. Meu nome e Adriano Dias de Carvalho sou de Machado/MG

      Tenho um recorte de Jornal muito antigo onde minha avó gastou muito dinheiro para tentar reaver as terras delas em Campestre este jornal cita os seguintes nomes da familia
      Joaquim Muniz Figueiredo;
      Custódio José Dias;
      Ana Jacinto de Figueiredo.

      Minha mãe diz que o pai de minha avó se chamava João de Araujo Dias e tinha muita terra em Campestre sua família e eu acho que irmão dele chamava José Luis de Araujo Dias. Acredito o jornal dizia que era 750 mil Alqueire de terras.

  16. Na antiga fazenda da Cachoeira do Cap.Mor Custodio Jose Dias,em 1817,o Major Leonel,foi batizado pelo Padre Jose Custodio Dias,no oratorio da velha fazenda, hoje o orattorio esta no museu de Aparecida,na torre da basilica de Nossa Senhora.

    1. Olá Adilson, boa tarde. Gostaria de saber mais sobre essa informação do oratório. Você conseguiu essa informação em algum jornal antigo, livro? ou conferiu no Museu? Estamos interessados em saber mais e conseguir fotos do oratório. Agradecemos desde já por contribuir com o resgate da nossa história. Att. Prof. Ivan

  17. Sou também descendente do capitão-mor Custódio José Dias (como tanta gente no Sul de Minas) e nunca havia visto uma foto dele. Queria apenas confirmar se esta foto é mesmo do capitão-mor, porque existiram vários homônimos.

  18. Estou procurando informação sobre Joaquim Custodio Dias, casado com Luzia Delphina … Dias.
    Tiveram filhos ?
    Pelo texto da Nivia Tavares Dias Sampaio, acredito que o Joaquim era parente Custodio José Dias.

      1. ola meu nome é josias custódio natura de assis sp meu pai chamava se josé custodio natural dee diamantina mg infelismete ele se foi no natal de 2009.ele um dia me falou q tinha imaos em minas so gostaria de saber sobre eles.tl para comtato 18997534109.

  19. Gostaria de saber se o Francisco José Dias teve filhos e quais os nomes deles??
    PS- Sou descendente de Lino Custódio filho de Francisco Custódio ( Irmãos do Lino; Manoel José e Vicente), da região de Alfena-Mg.
    Obrigado

  20. Penta avô se chamava Custodio Jose Dias, acredito ser um homonimo. Seria muita alegria encontra-lo aqui, mas o mesmo pelo que conta minha Bisa avó; Isabel Dias da Silva ainda viva aos 92 anos, diz que seus avos residiam em Barra do Pirai e seu avo Custódio Jose Dias teve um filho chamado Juvenal Dias da Silva nascido em 1887 nome da mãe; Corcina Maria da conceição. O seu filho saiu da fazenda dos padrinhos com alguns tropeiros rumo a MG aos 12 anos aproximadamente e nunca mais teve noticia dos pais e irmãs. Na busca anciosa minha bisa vó ainda tem esperanças de saber oque ocorreu com antepassados e eu procuro dados mas tenho muita dificuldade. sei apenas dados basicos e gostaria muito de dar esta alegria a minha bisa encontrar algum descente vivo de seus avós. sei apenas data de casamento do meu tetra avo Juvenal, casou em 1912 na cidade de porciuncula com 25 anos registro de casamento esta no Cartório de Porciuncula ainda não tivemos a chance de retirar a certidão de casamento pois estamos no Rio de Janeiro distancia de 360 km
    se puderem me ajudar com alguma informação?? agradeço
    att,

  21. Conheço o casarão, sede da Fazenda Correnteza… ele retrata o apogeu
    da economia cafeeira… seria importante adicionar a está página, fotos da casa, da ermida e também da senzala.
    Fica ai a sugestão a Família de Custódio José Dias

    Um abraço

    Yvany

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s