Patrimônio Histórico


Guia do Patrimônio Cultural e Bens Inventariados de Guaranésia,MG 2017

A publicação on-line do Guia do Patrimônio Cultural e Bens Inventariados de Guaranésia,MG, organizado em 2017; a ser publicado no formato cartilha em papel reciclável no início de 2018, reúne pesquisas do Prof. Me. Ivan Soares David, desde 2002. O guia tem o objetivo introduzir a temática do nosso Patrimônio Cultural Tombado e Inventariado de forma clara e objetiva para que os estudantes consigam utilizar, além das pessoas que atuam na área. “Ele é breve, e apresenta os importantes Bens Culturais da nossa cidade e que estão protegidos”, diz.

A antiga estação da Mogiana, o Centro Cultural e seus projetores, são alguns dos destaques. O historiador explica que para conseguir o tombamento histórico de um Bem se considera questões como a arquitetura, as obras, a relação com a comunidade e a origem dela. Verifica-se ainda a relação de religião e hábitos culturais, que entram como patrimônios imateriais. Ivan afirma que qualquer pessoa pode pedir o tombamento. No caso de Guaranésia, temos nove bens tombados e dezenas inventariados visando a sua preservação.

O presente Guia do Patrimônio Cultural e Bens Inventariados de Guaranésia, MG 2017 vem enriquecer o nosso conhecimento conduzindo, dessa forma, a uma colaboração mais eficaz com o povo guaranesiano, especialmente na proteção e perpetuação do nosso patrimônio cultural.

clique  //e.issuu.com/embed.html#2658477/55853483

Anúncios

6 comentários

  1. Na última vez que estive na cidade notei com tristeza a situação lastimavél do coreto, sem pintura, e com indicios de abandono.
    Lembro com muita saudade dele, pois ao seu redor gostavamos de brincar.
    Espero que o mesmo já tenha sido restaurado, além de muito bonito, faz parte do cartão postal da cidade, juntamente com os velhos casarões.
    O centro de Guaranésia é muito conservado, já foi tombado?
    Hoje em dia, principalmente no estado de São Paulo, são raras as cidades como Guaranésia que sabem conservar seu patrimonio histórico, a ganancia e o dinheiro falam mais alto.

  2. Na última vez que estive na cidade notei com tristeza a situação lastimavél do coreto, sem pintura, e com indicios de abandono.
    Lembro com muita saudade dele, pois ao seu redor gostavamos de brincar.
    Creio que já deve ter sido restaurado e pintado, caso contrário coloco em disponibilidade para realizar a restauração.

  3. A meu ver, deverão constar na relação de bens tombados, os seguintes predios:Grupo Escolar Carvalho Brito,Estação Ferroviária, Matadouro Municipal, antigos Forum e Prefeitura, os casarões das Praças, Paula Ribeiro e Dona Sinha e outros.
    O Coreto é fundamental, que seja preservado.Ele é o cartão postal da cidade!

  4. Preservar o Patrimonio Histórico da cidade deve estar entre as prioridades do Poder Público.Conservar os casaraões, é preservar o estilo arquitetonico de uma época, é passar as gerações futuras,.
    a cultura e o estilo de vida das de gerações passadas.
    Em síntese, preservar o Patrimonio Histórico é preservar a cultura, é preservar a memória, de Guaranésia.

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s