Famílias Guaranesianas


Colônia Italiana:

. Segretti, Panissa, Corchia, Paleta, Gianerine, Pignatário, Panuce, Pulcineli, Perocco, Nardi, Parisi, Pardini, Ráo, Taliberti, Porto, Caravieri, Nacarato, Gobo, Vômero, Infantini, Camilo, Zerbini, Santório, Morgati, Reda, Minchillo, Gati, Delorenzo, Oliva, Cacetári, De Marco, Rosseti, Lauria, Santa Eufêmia, Franchi, Pascoaline, Ciuffi, Romanelli, Scucuglia, Vechi, Bufoni, Bandini, Marangoni, Pelaquin, Pelegrini, Souza Dias

Colônia Portuguêsa: Ferrera, os Rodrigues, os Delfino, os Freitas, os Leal e os Silvério.

Colônia Espanhola: Lopes, Lessa, Bernarde.

Colônia Siria: os Heluany, os Inácio e os Abrão.

317 comentários em “Famílias Guaranesianas

  1. Boa tarde.. Estou em busca de informações dos meus ancestrais de origem Italiana da família Fantinati. Sou neto e Hilario Fantinati, que era filho de Eduardo Fantinati e Letícia Franchi , que chegaram ao Brasil no inicio do seculo XIX.
    Quem tiver noticias , peço a gentileza de entrar em contato

      1. Ola Monica

        Tentei contato com voce por meio do seu endereço Hotmail …mas acho que não deu certo

        Sou descendente de Alexandre Bernini. Ele morou em Guaxupé.

        Vi em uma publicação anterior que na sua família tambem existem Berninis

        Sera que somos parentes?

      2. Elaine Spindola,
        Estranho porque meu e-mail não mudou. É esse mesmo que deixei aqui.
        Bom, não me aprofundei nos Bernini… o que tenho pesquisado é Giuseppe Bernini que casou com uma Fantinati e teve uma filha Esmine Maria… Só isso… Não posso te afirmar se o seu antenato é do meu ramo. Quem sabe!

  2. Oi queria ajuda pra saber um pouco sobre a família Infantini, particularmente não gosto desse sobrenome mas fiquei curiosa pra saber a história dele por que não é todo mundo que tem esse sobrenome.

    1. Infantini, pelo que levantei, é meu sobrenome escrito errado rsrsrs… um dos documentos de meu avô está Infantini, mas ele era Fantinati…. Cartórios brasileiros e suas “lambanças”

  3. Boa Tarde,
    Sou neta de Joaquim Ferreira umbelino e Izaltina Cândida de Jesus, meus pais André Vieira e Orlinda Candida de jesus casaram-se na igreja de Guaranésia em 1943, bem como também batizaram na mesma igreja seu três primeiros filhos. Meu pai nasceu em Areado (1921) e minha mãe em Muzambinho (1925). Moraram aproximadamente até o ano de 1946 na Fazenda Santa Margarida/Guaranésia. Gostaria de informações sobre eventuais dados constantes em seus assentamentos.

    obrigada.

    1. Ola, Noemi! Meu nome é Ligia, sou neta de Luzia Candida de Jesus e Neftalin Honorio Ramos. Minha mãe se chamava Floripes e sei que a familia dela era de Guaranesia. Nao tenho informacōes a respeito embora ja tenha procura muito. Talvez vc possa me ajudar. Se puder, meu email é ligiart.varella@gmail.com
      Desde ja te agradeço!

      1. Tudo indica (suposição ) que o Nome coreto seja Barone, pois muitos italianos de Guaranésia são de Carolei e Domanico , Cosenza , Italia, mas ate agora não tenho informações mas consistentes , por favor me enviem as + informações

  4. Olá Pessoal, tudo bem? Fico feliz por ver tantas pessoas buscando suas origens genealógicas. Estou completando minha árvore genealógica e buscando informações de um ramo da minha família que veio de Guaranésia.Trata-se de minha avó, Maria Aparecida de Paiva, ela era filha de Thiago Laurentino de Paiva e Oscarina Delphina Guerra. Thiago era natural de Itambé-Pernambuco, mas atuava como Policial Militar em Guaranésia, onde conheceu e se casou com minha bisavó, Oscarina. Oscarina era natural de Guaranésia e tinha 8 irmãos, a saber: Delphina Candida Guerra, Adolpha Candida Guerra, Gabriel Antunes Guerra, Alexandra Emília Guerra, Waldomiro Antunes Guerra, Bazílio José Delphino, Placidina Emília Guerra e Maria Bárbara do Carmo. Todos eram filhos de Israel Delphino Guerra, que é meu tataravô. Minha vó, Maria Aparecida de Paiva, dizia que ele, Israel, era Espanhol ou filho de Espanhol, tentei localizar a certidão de nascimento dele no cartório de registro Civil de Guaranésia mas não encontrei devido ao fato dele ter nascido antes da emancipação política da cidade, por isso o cartório só passou a emitir certidões de nascimento à partir de 1890, se não me engano. Assim fiquei sem saber se ele era um imigrante Espanhol como afirmara minha avó ou se o registro de nascimento dele estava ligado a outra cidade ou comarca, a quem, na época, estava ligada Guaranésia. Na certidão de óbito dele consta que ele era Oficial de Justiça em Guaranésia e que faleceu em 30 de Junho de 1933, aos 61 anos de idade. Porém, se ele era Oficial de Justiça, acredito que não era Espanhol, pois não sei se um Espanhol poderia assumir um cargo público no Brasil naquela época. Israel Delphino Guerra foi casado com Mariana Maria de Jesus, porém em alguns documentos encontrei também o nome de Mariana Candida Filha, creio que sejam a mesma pessoa, porém não entendi o motivo de outro sobrenome. Os pais de Israel Delphino Guerra se chamavam Israel Delphino Guerra (o filho tinha o mesmo nome do pai) e Maria Emília de Jesus. Já os pais de Mariana Maria de Jesus se chamavam Anna Godoy de Jesus e José Joaquim da Silva(em outro documento encontrei o nome de Justino Custódio Cardozo, dessa forma fiquei sem saber se se tratava da mesma pessoa. Ficaria muito grato de receber informações. Quem souber de alguma informação sobre esse ramo da minha família pode entrar em contato comigo por aqui mesmo ou pelo e-mail: ribeiro.renan87@gmail.com Tenho outras informações além destas que poderia compartilhar.
    Forte Abraço a todos.
    Renan.

    1. Bom dia Renan,

      Como está registrado, tive um chefe no meu primeiro emprego, ( ano 1963 ) na Brasimet,São Paulo , que chama (e/ou chamava) JOSE ANTONIO PALETA, nasceu em Guaranesia, com parentes ,talvez da mãe na cidade de Guaxupé.Tentei um contato apenas matar as saudades da juventude, pois sei que ele retornou para sua cidade, mas até agora NÃO OBTIVE EXITO. MAS LEMBRO QUE TINHAMOS UM AMIGO COMUM, TRABALHAVA NO CAMBIO DO BANCO DO BRASIL,EM SÃO PAULO SOBRENOME GUERRA, DE ORIGEM DE GUARANESIA.Talvez seja muita coincidência.

      Sou italiano, tenho também a cidadania Brasileira. De fato no meu tempo anos 60 nem naturalizado poderia ter um cargo publico e/ou servir militar.

      Boa sorte, um feliz 2016.

      Um abraço fraternal

      Vincenzo Fiore Savino

      Flipper Logistica Internacional Ltda

      Rua Ibitinga, 790 – Mooca

      Cep : 03186-020 – São Paulo – SP

      Tel.: (11) 2021-8095 / 2966-8529 / 9 9988-5213 Cel

      Web site: http://www.grupoflipper.com.br

      1. Olá Vincenzo, tudo bem? Obrigado por ter entrado em contato.

        Você tem contato desse seu amigo que tinha o sobrenome Guerra? Se ele é de Guaranésia pode ser que seja meu parente. Se tiver o contato dele, poderia me passar?

        Tenho um amigo que se chama Thiago Fiore, ele é brasileiro mas tem antepassados italianos, pode ser que vocês sejam parentes. Se você estiver interessado posso te passar o contato dele.

        Forte Abraço.

        Renan

      2. Bom dia Renan,

        UM FELIZ 2016 ,PROSPERIDADE, PERSEVERANÇA,SAUDE COM SUA FAMILIA.

        Infelizmente não tenho mais contato há alguns,muitos, anos, porem provável que ou esteja muito idoso e/ou tenha falecido, ele como disse, trabalhou no Banco do Brasil, Depto. De Cambio nos anos 60.(SP) Era muito amigo do ex chefe na época JOSE ANTONIO PALETA, ambos trabalhavam em São Paulo.pessoa na época deveria estar com seus trinta anos, muito educado, simpático. O J.A. Paleta depois alguns anos de trabalho,em SP sei que se mudou para Guaranesia, nos anos 70, era filho único, sua mãe viúva, provável que foi cuidar de um Fazenda que era do tio. Tinha parentes em Guaxupé.

        Quanto ao sobrenome Fiore ( Thiago Fiore ) o meu é nome, sobrenome é Savino ( descendente direto da Tribo SABINO ) região de origem Etrusca, centro da Italia, alias onde nasceu, a Italia . não temos parentesco.

        Vamos nos comunicando, sabendo algo mais lhe transmito.

        Abraço fraternal

        Vincenzo Fiore Savino

        Flipper Logistica Internacional Ltda

        Rua Ibitinga, 790 – Mooca

        Cep : 03186-020 – São Paulo – SP

        Tel.: (11) 2021-8095 / 2966-8529 / 9 9988-5213 Cel

        Web site: http://www.grupoflipper.com.br

    2. tenho isto dos Paivas de Guaranésia

      casamentos
      1) 30/4/1898 Jose Domingos de Oliveira( noivo) Manoel Domingos de Oliveira, falecido Helena Maria de Jesus e Vitalina Maria de Jesus( noiva) Joaquim Emerenciano de Paiva Maria Gaetana de Jesus Joaquim Pedro de Castro Jose Severino de Castro 28 Matrimônios 1896, Nov-2047

      2) 5/2/1881 Joaquim Francisco Barbosa Maria Senhorinha de Jesus Luis Gonzaga de paiva José Martins da Silva 69 Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago

      3) 25/02/1905 Manoel Caetano de Paiva Lucas Rodrigues de Paiva Jacinta Bernardina de Jesus Joaquim Rodrigues de Paiva Constantina Maria de Jesus Jose Antonio Bueno Joaquim Rodrigues de Paiva 106 Matrimônios 1896, Nov-2574

      4) 17/06/1905 Antonio Alves da Costa Jose Alves da Costa Eufrasia Umbelina de Jesus Maria Jacinta de Jesus Lucas Rodrigues de Paiva Jacinta Alves de Jesus Miguel Jorge Ferreira Jose Antonio Bruno 111 Matrimônios 1896, Nov-2600 2 grau

      5) 01/07/1905 João Batista Pereira João Batista PEreira Maria Justina de Jesus Alzira Candida da Cruz Jose da Cruz Elmilia Candida Augusto de Paiva Xavier Custodio Alves de Miranda 112 Matrimônios 1896, Nov-2601

      6)29/06/1907 Jose Joaquim de Paiva Lucas Rodrigues de Paiva Jacinta Alves de Jesus Mariana Nascimento de Jesus Firmino Cardoso Maria Silveria Francisco Inacio TErra Miquel Jorge Ferreira 150 Matrimônios 1896, Nov-2786

      7) 29/06/1907 Eugenio Adão de Paiva Adão Antonio de Paiva Maria Purcina da Cruz Idalina Maria de Jesus Jose Luis da Silva Eufracia Maria de Jesus Antonio Joquim Neves Jose Teodoro de Paiva 150 Matrimônios 1896, Nov-2788

      Guerra
      8) 15/5/1897 João Batista da Silva, viuvo Bonifacia Maria Conceição Maria da Conceição de Jesus Joaquim Jose de Lima Rita Maria de Jesus Jeronimo Alves do Espirito Santos israel Delfino Guerra 18 Matrimônios 1896, Nov-1985

      9) batizado 5/12/1869 8 dias Alexandrina Israel Delfim Guerra Maria Emilia de Jesus Isaias Antunes? Garcia Marcelina Maria de Jesus 94 Batismos 1838, Fev -1871, Nov

      10) matrimônio – 14/10/1893 Israel Delfino Guerra Israel Delfino Guedes Maria Emilia de Jesus Mariana Maria de Jesus Jose Custodio Ana de Godoy Francisco ??? Pereira Francisco Gonçalves rosa 95 Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago

      11) matrimonio 20/8/1866 Joaquim feliciano de Amorim Isabel Delfina Guerra

      12) 20/8/1866 Israel Delfina Guerra Maria Emilia de Jesus Antonio Jose de Lima Teodoro Jose Bernardes 33 Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago

      1. João Antonio de Paiva nasceu Cerca de 1778 e morreu em Jul. 11, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil. Ele casou com Belisaria Maria de Jesus.

      Filho de João Antonio de Paiva e Belisaria Maria de Jesus
      i. 2. Mariano Eugenio de Sousa morreu em data desconhecida.

      2a Geração (Filhos)

      2. Mariano Eugenio de Sousa (João Antonio de1) morreu em data desconhecida. Ele casou com Delfina Maria de Jesus em Jul. 23, 1882 em Guaranésia, MG, Brasil. Delfina Maria de, filha de Jose Joaquim de Castro e Josefa Paulina de Jesus, nasceu em Ago. 1, 1861 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

      Outros eventos na vida de Delfina Maria de Jesus
      Batizado 11 Ago 1861 Guaranésia, MG, Brasil

      assim que fizer sua arvore publique com o Ivan

      1. Ola pessoal! sou o Nelson da Familia Rossetti
        José Joaquim de Castro e Josefa Paulina de Jesus são meus tetravós, tenho algumas informações sobre ele e alguns descendentes, só não consegui encontrar informações anteriores a 1860 sobre eles, me parece que a família Castro de Guaranésia tem raízes em Monte Santo e Baependi.
        Agradeço se alguém tiver mais informações sobre eles.

      2. caro Nelson Roscetti

        o que tenho esta abaixo, me envie suas informações que talvez possamos fazer mais links, eu tenho tentado unir as primeiras famílias de Guaranésia com os Portos e Teixeira de Vasconcellos.

        At

        William Horst Richter ( whrichter_br@yahoo.com.br )

        1a Geração

        1. Jose Joaquim de Castro morreu em data desconhecida. Ele casou com Josefa Paulina de Jesus. Josefa Paulina de nasceu em 1848 e morreu em Dez. 28, 1903 em Guaranésia, MG, Brasil.

        Filho de Jose Joaquim de Castro e Josefa Paulina de Jesus
        i. 2. Jessica Candida de Oliveira morreu em data desconhecida.
        ii. 3. Delfina Maria de Jesus nasceu em Ago. 1, 1861 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
        iii. 4. Miçias nasceu em Jul. 25, 1863 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
        iv. 5. Maria nasceu em Abr. 25, 1871 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
        v. 6. Candida nasceu em Fev. 13, 1874 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
        vi. 7. Maria Barbara nasceu em 1879 e morreu em Out. 31, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil.

        2a Geração (Filhos)

        2. Jessica Candida de Oliveira (Jose Joaquim de1) morreu em data desconhecida. Ela casou com Joaquim Jose de Oliveira em Fev. 20, 1882 em Guaranésia, MG, Brasil. Joaquim Jose de, filho de Lucas Gomes de Oliveira e Ana Angélica da Silveira, nasceu em Jul. 28, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

        3. Delfina Maria de Jesus (Jose Joaquim de1) nasceu em Ago. 1, 1861 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com Mariano Eugenio de Sousa, filho de João Antonio de Paiva e Belisaria Maria de Jesus, em Jul. 23, 1882 em Guaranésia, MG, Brasil.

        Outros eventos na vida de Delfina Maria de Jesus
        Batizado 11 Ago 1861 Guaranésia, MG, Brasil

        4. Miçias (Jose Joaquim de1) nasceu em Jul. 25, 1863 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

        5. Maria (Jose Joaquim de1) nasceu em Abr. 25, 1871 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

        6. Candida (Jose Joaquim de1) nasceu em Fev. 13, 1874 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

        Outros eventos na vida de Candida
        Batizado 29 Fev 1874 Guaranésia, MG, Brasil

        7. Maria Barbara (Jose Joaquim de1) nasceu em 1879 e morreu em Out. 31, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil.

      3. Ola Willian, segue o que tenho em detalhes sobre os dois

        Cronologia de José Joaquim de Castro

        1835 – 1840 – Provável nascimento de José Joaquim de Castro. (Vide conclusões).

        1856 – 1860 – Provável Matrimônio, entre José Joaquim de Castro e Josefa Hipolita do Nascimento. (Vide Conclusões).

        1858 – Primeira referência de José Joaquim de Castro, encontrada no assentamento de Matrimônio de Firmino Alves de Moraes e Cândida Claudina da Silva (provável irmã de José Joaquim de Castro). (ANEXO 01)

        1859 – Serviu de testemunha juntamente com João Alves de Morais, Felisberto José Fernandes, Firmino Alves de Morais, no matrimônio de Felippe e Maria, escravos de Luiz Vaz de Mello. (ANEXO 02)

        1860 – Foi padrinho juntamente com sua mulher no batizado de Paulina, filha de José Custódio do Nascimento e de Vicência Magdalena dos Anjos. (ANEXO 03)

        1860 – Foi padrinho juntamente com sua mulher no batizado de Paulina, filha de Francisco Ribeiro de Siqueira e de Emiliana Constância de Jesus. (ANEXO 04)

        1861 – Nascimento do primeiro filho conhecido, de José Joaquim com Dona Josefa Hipolita do Nascimento, uma menina chamada Delfina Maria de Jesus. (ANEXO 05)

        1862 – Foi testemunha juntamente com Firmino Alves de Moraes, no matrimônio de Moysés Felipe Martinez com Maria Umbelina de Jesus. (ANEXO 06)

        1863 – Nascimento da segunda filha, de nome Messias Cândida de Jesus. (Anexo 07)

        1865 – Foi padrinho de Maria, filha de Moysés Francisco Felipe e Maria Umbelina. (ANEXO 08)

        1865 – Foi testemunha juntamente com Zacharias Antônio da Silveira, no matrimônio de José Rodrigues da Cunha e de Baptistina Cândida de Oliveira realizado na Paróquia das Dores de Guaxupé. (ANEXO 09)

        1868 – Foi testemunha juntamente com Joaquim Luiz de Castro, no Matrimônio de Bernardo Antônio de Castro com Maria Isabel de Jesus realizado na Paróquia das Dores de Guaxupé. (ANEXO 10)

        1869 – Foi testemunha no Matrimônio de Joaquim José Martinez e Maria da Gloria da Conceição. (ANEXO 11)

        1871 – Nascimento de Maria de Castro, terceira filha. (ANEXO 12)

        1871 – Foi padrinho juntamente com sua mulher no batizado de Antônio, filho de Manoel Gregório Correa com Anna Rita da Penha. (ANEXO 13)

        1874 – Nascimento de Cândida de Castro, quarta filha. (ANEXO 14)

        1877 – Foi testemunha juntamente com Mizael Antônio da Luz, no matrimônio de José Carneiro da Conceição e Joana Antônia dos Santos. (ANEXO 15)

        1879 – Nascimento de João Paulino de Castro, quinto filho. (ANEXO 16)

        1881 – Nascimento de Francisca de Castro, sexta filha. (ANEXO 17)

        1882 – Ultima referência a José Joaquim de Castro, encontrada no assentamento de Matrimônio de sua filha Messias Cândida de Jesus. (ANEXO 18)

        Cronologia de Josefa Hipolita do Nascimento (Josefa Paulino do Nascimento, Josefa Paulina de Jesus)

        1842 – 1846 – Provável nascimento de Josefa Hipolita do Nascimento. (Vide Conclusões)

        1856 – 1860 – Provável Matrimônio, entre José Joaquim de Castro e Josefa Hipolita do Nascimento (Vide Conclusões)

        1860 – Primeira referência a Josefa Hipolita do Nascimento com seu esposo no batizado de Paulina, filha de José Custódio do Nascimento e de Vicência Magdalena dos Anjos. (ANEXO 03)

        1860 – Foi madrinha juntamente com seu esposo no batizado de Paulina, filha de Francisco Ribeiro de Siqueira e de Emiliana Constância de Jesus. (ANEXO 04)

        1861 – Nascimento do primeiro filho conhecido, de José Joaquim com Dona Josefa Hipolita do Nascimento, uma menina chamada Delfina Maria de Jesus. (ANEXO 05)

        1863 – Nascimento da segunda filha, de nome Messias Cândida de Jesus. (Anexo 07)

        1871 – Nascimento de Maria de Castro, terceira filha. (ANEXO 12)

        1871 – Foi madrinha juntamente com seu esposo no batizado de Antônio, filho de Manoel Gregório Correa com Anna Rita da Penha. (ANEXO 13)

        1874 – Nascimento de Cândida de Castro, quarta filha. (ANEXO 14)

        1879 – Nascimento de João Paulino de Castro, quinto filho. (ANEXO 16)

        1881 – Nascimento de Francisca de Castro, sexta filha. (ANEXO 17)

        1884 – Foi madrinha juntamente com Lucas Gomes de Oliveira, no batizado de Maria sua neta, filha de Messias Cândida de Jesus com José Joaquim de Oliveira. (ANEXO 19)

        1888 – Nascimento de Maria, filha do segundo casamento de Josefa Hipolita do Nascimento com José Pedro Ferreira. (ANEXO 20)

        Qualquer duvida fico a disposição, e quando surgir novidades lhe informo.

    3. Caro Reman, Israel Delfino Guerra casou em 14/10/1893, veja no site do https://familysearch.org/search/image/index#uri=https://familysearch.org/recapi/sord/collection/2177275/waypoints
      Guaranésia, Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago, imagem 95

      14/10/1893 Israel Delfino Guerra Israel Delfino Guedes Maria Emilia de Jesus Mariana Maria de Jesus Jose Custodio Ana de Godoy Francisco ??? Pereira Francisco Gonçalves rosa 95 Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago

      1. Muito obrigado William pelas informações e pela atenção.

        Israel Delphino Guerra e Maria Emília de Jesus são meus tetravós, eles são pais de Israel Delphino Guerra(filho). Esse Israel Delphino Guerra (filho) foi Oficial de Justiça em Guaranésia (como consta na certidão de sepultamento dele). Ele faleceu em Guaranésia no ano de 1933, aos 61 anos de idade, e provavelmente atuou como Oficial de Justiça entre os anos 1900 e 1930. Por ele ter exercido um cargo público na cidade, você sabe me dizer onde poderia encontrar documentos, atos públicos ou fotos dele?

  5. Olá Pessoal, tudo bem? Fico feliz por ver tantas pessoas buscando suas origens genealógicas. Estou buscando informações de um ramo da minha família que veio de Guaranésia.Trata-se de minha avó, Maria Aparecida de Paiva, ela era filha de Thiago Laurentino de Paiva e Oscarina Delphina Guerra. Thiago era natural de Itambé-Pernambuco e atuava como Policial Militar em Guaranésia, onde conheceu e se casou com minha bisavó, Oscarina. Oscarina tinha 8 irmãos, a saber: Delphina Candida Guerra, Adolpha Candida Guerra, Gabriel Antunes Guerra, Alexandra Emília Guerra, Waldomiro Antunes Guerra, Bazílio José Delphino, Placidina Emília Guerra e Maria Bárbara do Carmo. Todos eram filhos de Israel Delphino Guerra, que é meu tataravô. Minha vó, Maria Aparecida de Paiva, dizia que ele, Israel, era Espanhol ou filho de Espanhol, tentei localizar a certidão de nascimento dele no cartório de registro Civil de Guaranésia mas não encontrei devido ao fato dele ter nascido antes da emancipação política da cidade, por isso o cartório só passou a emitir certidões de nascimento à partir de 1890, se não me engano. Assim fiquei sem saber se ele era um imigrante Espanhol como afirmara minha avó ou se o registro de nascimento dele estava ligado a outra cidade ou comarca, a quem, na época, estava ligada Guaranésia. Na certidão de óbito dele consta que ele era Oficial de Justiça em Guaranésia e que faleceu em 30 de Junho de 1933, aos 61 anos de idade. Porém, se ele era Oficial de Justiça, acredito que não era Espanhol, pois não sei se um Espanhol poderia assumir um cargo público no Brasil naquela época. Israel Delphino Guerra foi casado com Mariana Maria de Jesus, porém em alguns documentos encontrei também o nome de Mariana Candida Filha, creio que sejam a mesma pessoa, porém não entendi o motivo de outro sobrenome. Ela era natural de São Pedro da União-MG, e faleceu em 30 de Março de 1942 aos 60 anos de idade. Os pais de Israel Delphino Guerra se chamavam Israel Delphino Guerra (o filho tinha o mesmo nome do pai) e Maria Emília de Jesus. Já os pais de Mariana Maria de Jesus se chamavam Anna Godoy de Jesus e José Joaquim da Silva(em outro documento encontrei o nome de Justino Custódio Cardozo, dessa forma fiquei sem saber se se tratava da mesma pessoa ou se era de outro casamento). Ficaria muito grato se alguém pudesse me ajudar com alguma informação extra da família. Tenho informações adicionais que posso compartilhar caso alguém necessite. meu e-mail é ribeiro.renan87@gmail.com
    Abraço a todos!
    Renan

    1. Willian
      Não entendi, o senhor tem informações do casamento de Jose Joaquim e de Josefa?
      Procurei nos registros de Guaranésia, Monte Santo, Guaxupé, Baependi, Campanha, Carmo do Rio Claro, Jacuí, São Sebastião, mas não encontrei nada.
      Me parece que ha um equivoco em seus registros, a filha que casou com Joaquim José de Oliveira foi Messias Candida, nascida em 1863 em Guaranésia e não Jessica. A filha Maria Barbara nasceu em 1871 e não em 1879
      E em seus registros falta um filho, meu bisavô: João Paulino de Castro, nascido em 1879 em Guaranésia, caso-se com Maria Candida de Jesus, ela por sua vez filha de Paulo Gonçalves da Rosa e Umbelina Maria de Jesus.
      Fico a disposição

      1. 1) Desculpe troquei as informações do matrimônio era dos paivas/Guerras

        2) A Maria Barbara no livro Óbitos 1893, Mar-1919, Fev, pag 35 diz claramente que era solteira e tinha 20 anos como ela faleceu em 31/10/1899 -20 = 1879

        3 ) Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago imagem 74, vc esta certo eu li ou digitei Jessica mas o correto de Messias

        4) tenho muita informação dos Gonçalves Rosa , mais não sei quem são os pais do Paulo

        at

        William

      2. Willian
        Os pais de Paulo Gonçalves da Rosa, ainda não sei quais foram, tenho algumas informações (não documentais) de que esta familia tenha raizes em Carmo do Rio Claro, mas ainda ão tive tempo de me aprofundar.

        Por enquanto, os documentos que tenho provam apenas o seguinte:
        1. Paulo Gonçalves da Rosa (1862-1912), casou-se com Umbelina Maria de Jesus e tiveram ao menos os três filhos seguintes:
        i. Maria Candida de Jesus, nascida em 11/03/1883 em Guaranésia, casou-se com João Paulino de Castro, e tiveram 14 filhos.

        ii. Anna Gonçalves Rosa, nascida em 19/03/1901, em Guaranésia

        iii. Redussino José da Rosa, casado em 05/05/1906 em Guaranésia com Maria Candida de Jesus, filha de José Pereira de Almeida e Candida Hipolita de Jesus.

        Ja sobre a filha de Jose Joaquim de Castro a Maria Barbara, eu encontrei o batizado dela em Guaranésia em 14/04/1871

        Se o senhor puder compartilhar as informações dos Gonçalves Rosa, pode ser pelo meu e-mail, eu agradeceria.
        Ja fazem 6 anos que pesquiso, agora estou organizando as informações dos meus antepassados os Roscetti e estou tentando rastrear os Castros de Guaranésia, assim podemos ir trocando informações.

      3. CAro NElson

        eu não tenho seu e mail, o meu é whrichter_br@yahoo.com.br, me envie um e mail que eu lhe mando as informações que tenho dos Gonçalves Rosa de Guaranésia

        at

        William Horst Richter
        Familias de Guaranésia
        Porto
        Teixeira de Vasconcellios
        Ferreira da Trindade
        Gonçalves da Silva

  6. Sou descendente da família Zeitune, origem Síria, sou neto de Zeitune,será que tenho ligação com a Família Zeitune de Guaranésia? Minha avó chamava Amélia Abrão de Oliveira (Zeitune) Barquete.

  7. Aproveitando: alguém é dessa família INFANTINI ?
    Pesquisei os livros da igreja de Monte Santo e de Guaranésia desde os 1890 e pouco e não achei INFANTINI registrado, mas sim a minha família FANTINATI… Em um documento só aparece como Infantinti…

    1. Conheço pessoas da família Fantini que moram em São Paulo mas que vieram de minas (guaranésia, guaxupé e lavras). Se houver interesse me avise. Abraços. Manoela

  8. CRISTIANO ALVES…
    Sim, tenho… minha trisavó era Clotilde Guerrini. Porém, o outro sobrenome nunca vi.
    Meu ramo é Fantinati, Guerrini, Bernini e Antonioli (só pesquisei os Fantinati na genealogia).
    Outra resposta: a pesquisa é no cartório ou na igreja (ou Family Search, mas só tem a igreja online).
    Qualquer dúvida me escreva no monicafantinati@hotmail.com

  9. Bon dia procuro pela familia SERRA .IBBA .BONSSI.GUIRONE. O ibba nasceu Caso em monte santo Minas.mas ano encontro registros do pai dele . Joao ibba. Ou Adeline serra.quem doubter dessas familia por favor contacted me.

  10. Olá
    Eu gostaria de localizar alguma informação sobre meu avô. Ele se chamava Miguel Ribeiro, nasceu em 21 de novembro de 1928, era filho caçula de Amélia Ribeiro.
    Desde já agradeço!
    Isabelle

  11. Bom dia,

    Tenho raízes em Guaranésia, porém não tenho contato nem histórico muito detalhado. Segue informações que tenho, e peço que se alguém tiver conhecimento, seria de grande ajuda.

    Deocleciano Baptista e Durvalina (Meus Trisavós)

    Nathalia Batista – Nascida em DEZ/1911 em Guaranésia.
    Casou em JUL/1929 (em Guaranésia) com Jacintho Fuzaro (Foi de Amparo para Guaranésia)
    Nome de casada Nathalia Baptista Fuzaro

    Filhos nascidos em Guaranésia: Nelson (+- 1930), Therezinha (1933) e Nilda Fuzaro (1935).

    Em 1939 já estavam em São Paulo. Porém, em Guaranésia, a Nathalia ficou por pelo menos 24 anos.

    Aguardo contato.

    Excelente ano a todos.

  12. Olá! Meu nome é José Nazareno Navarro Cordeiro, filho de José Dos Santos Cordeiro, filho de Benedito Sério Cordeiro, filho de António Pretestato da Costa Cordeiro. Se alguém poder ajudar-me a desvendar a história de minha família eu agradeço.

  13. continuo procurando a família de minha mãe…filhos e netos de Pedro Martins e Emília Martins,sei que uma das filhas de Pedro e Emília se chama Candida.se alguém tiver alguma informação por favor me ajude…obrigada.

      1. Por favor como entro em comtato com vc?
        Meu pai se chamava Octáviano Querini
        Meu avô : José Querini
        Minha avó : Florência Marangone
        Eu não sei nada a respeito a familia . Meu pai faleceu logo apos eu ter nascido.
        E a familia da minha mãe não conheceu a familia de meu pai .
        Minha faleceu eu tinha 7 anos ..
        Minha mãe se chamava : Maria Santiago Guerini

      2. Solange .. Por favor entre em contato comigo.. É muito importante para mim saber algo do meu pai.

      3. oi solange. tudo bem. minha avo bisavo chamava efisia guerrini. teve meu bisavo antonio ibba em monte santo minas 1898.so que nao encontro o casamento de minha bisavo efisia guirrini com joao ibba. se vice tiver alguma informacao sobre os guerrini proximo a monte santos eu agradeco. um abraco!!!

    1. bom dia maria. eu tambem estou a procura da familia guerrini. Minha bisavo efisia guerrini. casada em monte santo minas 1915 e teve um filho antonio ibba 1898 monte santo tambem. eu achei alguns guerrinis que vieram da italia e se hospedaram na hospedaria. la se encontra a cidades e o local em que foram levados…. ha em belo horizonte . palma. monte santo minas. itajuba. etc. entra no arquivo mineiro e faca a busca com o nome guerrini. pesquisando nessas cidades vc pode encontrar algo.

    2. Olá, Maria…
      Não tenho muita informação porque estudei só minha família.
      Sim, tenho na família uma Marangoni (com i ) – Elvira Marangoni – que foi casada com um tio de meu pai – o Antonio Fantinati (tio Mulato).
      Guerrini não sei de nada a não ser que minha trisavó era Clotilde GUERRINI… nada mais.
      Não sei da família de nenhum deles… só da minha.

  14. Lendo os comentários, já enviei anteriormente, nos anos 60, trabalhei, foi meu chefe, na Brasimet, São Paulo, com Paleta, morava só em SP, sua mãe em Guaranésia, se não me engano o nome completo Jose Antonio Paleta., deve estar hoje em idade, aprox. 70 anos. Se alguém souber,conhecer tiver dados para contato,agradeço, afinal se passaram 40anos.

    saudações as famílias de Guaranésia.
    Vincenzo Fiore Savino ( e-mail: fioresavino@uol.com.br )

  15. Mário Vanderlei e Whrichter, observei que vocês conhecem o pessoal do Sr. José Vilas Boas. Fomos vizinhos deles, qdo. moraram perto da Várzea. O seu José Vilas Boas foi muito amigo de minha família, e as filhas dele eram nossas amigas. Me lembro com carinho, e se possível passar meu E-Mail, caso encontre-os: marcinhamedeirosm@gmail.com , e fone: 65-9699.2304. Meu pai Sebastião Medeiros e minha mãe, D. Jorgina. Grata. Moramos em Cuiabá?MT

  16. Sou italiano, residente em São Paulo, olhando para as familias de Guaranesia, lembrei que nos anos 60, trabalhei na empresa Brasimet, o meu chefe chamava-se JOSE ANTONIO PALETA, morava só em SP, sua mãe em Guaranesia, se não me engano era filho unico, tendo retornado para sua terra natal. Caso alguem tiver contato,conhece-lo podem passar meu contato e-mail : fioresavino@uol.com.br

    é linda a vossa historia, Comunidade de Guaranesia.
    saudações
    Vincenzo Fiore Savino

  17. Gostaria de saber qualquer informação sobre a familia Marques: Meus avos: Delminda Rosa Marques, filha de Joao Camilo Rosa e Ana Gabriela Rosa e Francisco Marques, filho de Aurelio Marques e Ana Rita Batista Marques. Muito obrigado

  18. olá meu nome é ERMINIA CORDEIRO FARIAS estou procurando os irmãos e irmãs de LUIS ANTONIO FARIAS casado com FRANCISCA CORDEIRO FARIAS ele natural de guaranézia minas gerais agricultor , os pais dele se chama ASTOR FARIAS e TERVINA ACASIO …… LUIS ANTONIO FARIAS deixa recado se alguem estiver vendo essa mensagem entre em contato no email de minha filha ERMINIA CORDEIRO FARIAS moramos em AMERICANA – SP

  19. Oi preciso de ajuda para procurar uma pessoa com nome de LAZARINA MARIA DE JESUS, ela nasceu em muzambinho MINAS GERAIS,o nome da mae dela é MARIANA MARIA DE JESUS seu pai MANOEL ANTONIO MARTINS .,a LAZARINA era chamada de (lazinha) morou por volta 1975 na cidade de SOROCABA.

    1. Lúcia, não sei se você viu, mais abaixo, nesta página, consta comentário feito por PAULO CONCEIÇÃO sobre a LAZARINA, que você está procurando. Tente responder para ele, e pede para entrar em contato, pois ele é parente dela, e talvez saiba do seu paradeiro.

    2. Oi Lúcia, minha avó paterna chamava-se Lazarina Maria de Jesus, mas eu nasci em 1970 e ela já havia falecido pouco antes que eu nascesse.
      Ela foi casada com José Honório Paulino, moravam em Minas Gerais, meu pai nasceu em Nepomuceno. Será que é a mesma pessoa?

  20. Estou catalogando todos os membros da Família FRANCHI – Filhos de PLÁCIDO FRANCHI E BRAULINA MARQUES FRANCHI (Braulina Candida Marques, nome de solteira), para terminar o inventário da filha JARINA FRANCHI, e estou precisando de informações sobre os filhos de JOSÉ NATALINO FRANCHI.

    Por gentileza, quem puder contribuir, informando o telefone e/ou endereço do(a)s filho(a)s do Sr. José Natalino Franchi, eu ficarei imensamente grato. Tenho informações de que todos foram para o Estado de São Paulo ( Itaquaquecetuba, São Paulo Capital, etc.). Desde já, muito obrigado.

    Relação de toda a família:
    Pais: PLÁCIDO FRANCHI e BRAULINA MARQUES FRANCHI

    1 – JOSÉ NATALINO FRANCHI
    1.1 – Ivany Franchi Kuwahara
    1.2 – Ricardo Franchi
    1.3 – Idete Franchi Almeida
    1.4 – João Batista Franchi
    1.5 – Carlos Franchi ( Sobrinho )
    1.6 – Yolanda Franchi

    2 – JANDIRA FRANCHI DE MELLO
    2.1 – Norival Garcia de Mello
    2.2 – Aparecida Marchetti Mello

    3 – JOSEFINA FRANCHI
    3.1 – Vilda Romanelli Paschoalini
    3.2 – Regina Aparecida Romanelli de Sá

    4 – AFFONSINA FRANCHI
    4.1 – Iolanda Iotti Soares
    4.1.1 – Maria Aparecida Soares de Magalhães
    4.1.2 – Sebastiana Soares Werkema
    4.1.3 – Rômulo Ioti Soares
    4.1.4 – Romeu Ioti Soares
    4.1.5 – Iolanda Ioti Soares Ferraz
    4.1.6 – Mariângela Iotti Soares dos Reis
    4.1.7 – Luiz Carlos Iotti Soares

    5 – MARIA FRANCHI DELORENZO
    5.1 – Carmen Delorenzo Nardi
    5.2 – Maria Ignez Delorenzo David
    5.3 – Célia Delorenzo Perocco
    5.4 – Elizabeth Delorenzo Yamauti
    5.5 – João Delorenzo Filho
    5.6 – Vanda Aparecida Delorenzo Nardi
    5.7 – Sílvio Delorenzo

    6 – BARTHOLOMEU JOB FRANCHI
    6.1 – Braulina Franchi
    6.2 – Bernadete Franchi Brito
    6.2.1 – Marco Aurélio Franchi Brito
    6.2.2 – Maria Laura Franchi Brito

    7 – JOÃO FRNCHI
    7.1 – Túlio César Ferreira Franchi
    7.2 – Suzana Catarina Ferreira Franchi
    7.2.1 – Anna Carolina Aparecida Coelho
    7.2.2 – Breno Augusto Franchi Coelho
    7.2.3 – Marco Antônio da Silva Coelho Filho
    7.3 – Cristóvão Thadeu Ferreira Franchi
    7.3.1 – Brenda Ribeiro Franchi

    8 – DEUSEMIRA FRANCHI DE MELO PÁDUA
    8.1 – Sandra de Melo Cappia
    8.2 – Kátia Franchi de Melo Pádua
    8.3 – Adriano Franchi de Melo Pádua
    8.4 – Leandro Frank de Melo Pádua

    9 – LUZIA PHILOMENA FRANCHI

    10 – CARLOS FRANCHI

    11 – JARINA FRANCHI

    Muito Obrigado

    Obs. qualquer informação, por gentileza, me passem por e-mail.

  21. ola boa noite meu nome é ricardo ponciano meu avó se chamava
    alvaro ponciano ele morou em minas tinha 9 irmaõs atualmente
    morava em cabreuva sp não conheço muitos familiares dele

    1. Olá Ricardo, também procuro sobre a história da família Ponciano, embora não carregue o sobrenome por deslize dos cartórios da época, meu pai é um Ponciano. Pois meu bisavô chamava-se João PONCIANO E vivia em São João Batista do Gloria-MG na Serra da Canastra, meu avô, filho dele foi registrado apenas como JOÃO Rodrigues e casou-se com Maria Joaquina de Jesus, e tiveram 5 filhas e 1 filho que é o meu pai. Caso vc tenha informações sobre a família e puder envia-las agradeço. Abs

  22. Meu nome é Vania Minchillo
    Meu pai se chamava Armando Minchillo. Seus a~´os eram Rosário Minchillo e Júlia Minchillo.
    Gostaria muito de saber a minha história.
    Moro em São Paulo e estou muito interessada. Meu avô, Arcênio, teve oficina de cantaria em São Pauklo e sei de um irmão chamado Minio.
    Abraço a todos

  23. Prof. Ivan, tudo bem?
    Após anos de pesquisa para a minha cidadania e localizando tudo o que preciso entre Guaranésia e região, creio 99% que a tal família INFANTINI que você cita é a família FANTINATI porque um dos docs em Guaranésia que consegui apresenta o sobrenome INFANTINI e outro INFANTINATI… (embora o correto desde Itália seja FANTINATI).
    Obrigada!

    1. Olá Monica, tudo bem por aqui. Obrigado. Que ótima notícia você ter conseguido as informações. Poderemos em breve abrir uma página para a família Fantinati. Por favor, nos envie mais informações em compomos a página.
      Att.
      Prof, Ivan

    2. Bom dia Mônica, achei essa página, hoje, pesuisando sobre a família Fantinatti, meu avõ materno chamava-se Hilário Fantinati, casou-se com Joana Maria de Jesus, ele seam de Guaranésia, ficaria muito grato de pudesse me enviar mais informações casa as tenha, ou onde posso estar conseguindo
      Grato
      José de jesus molina = jj.molina@terra.com.br

    3. ola monica. voce ninca se deparou com algum sobrenome IBBA ou guerrini? tenho documentos de que eles sao de monte santo minas. mas esta falta do o casamento de um joao ou giovani ibba. casado com efhisia ou elisia guerrini. se vc tiver alguma informacao te agradeco.. o casamento teria que serbem meados de 1896~98

  24. Minha mãe Olinda Cândida de Jesus nasceu em guaranésia em 1925 era filha de Joaquim Ferreira Umbelino e Izaltina Cândida de Jesus, alguma informação referente aos Ferreira Umbelino ou Cândida de Jesus.

  25. Oi!

    Estou procurando informações sobre meus antepassados, a sra. Paschoalina Tissei e o sr. José Robles. Ela, parece ser siciliana; ele, espanhol de Barcelona. Eram casados e tiveram filhos, entre eles Amália (nascida em 1921), Osvaldo, Antonio e Carmela. Viviam e trabalhavam na Fazenda do Onça, do Dr. Alberto. Quem tiver ouvido falar deles ou destes sobrenomes, por favor, me escreva: luanatissei@yahoo.com.br

  26. Oi! Meu Nome e´Daniel da Silva Alves ,meu pai e´ Sylvio Alves. Nos estamos procurando noticias do meu avo (Joao Alves)Que e´ Pai do Meu Pai.Bom resumindo,, meu pai Sylvio nasceu em guaranesia no dia 12/10/1939 e ficou na cidade ate os 3 anos de idade e veio com a famila para cidade de Galha interior de Sao Paulo esceto meu avo que ficou em guaranesia, entao em 1941 passou a adolecencia Trabalhando em uma Fazenda Chamada Santa Candida onde conheceu minha mae(Maria Rosa Da Silva Alves) em meados de 1955 e começaran a namorar em 1960 e casaran 2 ou 3 anos depois essa uniao durou 49 anos teve fim com o falecimento da minha mae em 12/12/2010;Somos em 8 irmaos 5 mulheres 3 homens.Nao sei se e possivel mas quem tiver noticias de (Joao Alves meu avo,Jose Batista,Sebastiao e tem mais 2 que na me lembro o nome que eram irmaos do meu avo; Essas sao as unicas lembranças que meu pai tem pois a ultima vez que viu meu avo tinha 3 anos de idade e nao o encontrou mais;E eu como filho gostaria de saber mais sobre minhas origens. Desde agora agradeço a todos que visitan o site podendo ou nao colaborar comigo DEUS ABENÇOE A TODO,ATE LOGO.

    1. boa noite .meu amigo temos algumas samelhança meu pai nasceu em guaranésia 5/5/1945 ANTONIO RODRIGUES filho de isaura eva de jesus e joaquim benedito rodrigues a minha vô tem um irmaõ chamado joão de souza, e outro josé oque sei o desenconto ocasionou quando a minha vô vei enbora para a cidade de duartina procimo a galia e nunca mais tiveran noticias conheci um rapaz por nome de daniel mora em bauru filho do joão de souza por conhecidencia as mesma estoria que meu pai contava é as mesma que o pai dele contava fiquei de ir ate a casa do pai dele para conversar mas eu não sei muista coisas sei que um dos filhos caiu dentro de um tacho de ferro derretido e não morreu e o outro morreu louco trancado num quarto

  27. Ciao Mario

    Mi dispiace, Io faró una domanda in portoghese sulla tua famiglia,

    Mio bisnonno era di Domanico, Cosenza, Calabria,

    O Mario procura informação sobre
    Bernardo Santolin casado com Maria Perocco em 1900 e falecido em Guaranésia em 1959.

    Por favor quem tiver noticia dos descendentes responda ao Mario

    at

    William Horst Richter, Família Porto, Teixeira de Vasconcellos

    1. William, Mario deve fazer a pesquisa em Monte Santo de Minas.
      Os italianos dessa época tinham primeira paragem em Monte Santo e muitos documentos estão lá. Foi o meu caso…. Monte Santo tem alguns livros de igreja no Family Search também…

      1. Bom dia. Passando por aqui,vi esse post. Bernardo Santolin,pai de Ricardo Santolin,é avô de meu pai,Ricardo Antônio Santolin.
        Meu pai é de Guaranésia,minha irmã Talita Taliberti Santolin,mora lá.
        Meu pai tem varias informações sobre a família,e temos primos,tios,enfim,caso necessário entre em contato comigo pelo email:
        drthiagosantolim@gmail.com

      2. oi monica como posso fazer pesquisas em monte santo. ha algum outro lugar em wue eu possa ir alem da igreja cartorio e prefeitura?, obrigado sua atencao

  28. William grazie per l’aiuto, io ho visitato i libri ma non ho trovato quello che cercavo. Questo mio prozio,cioè fratello di mia nonna, Bernardo Santolin, ha vissuto in Guaranesia, ha avuto 12 figli: Giuseppe, Antonio (Tony), Tripoli,Yolanda,Ines,Romeo,Ivo,Hugo,Riccardo,Alfredo,Lidia,Nair. Aveva una fabbrica di birra ed è morto in Guaranesia il 30 Settembre 1959. Se qualcuno mi può aiutare a ricostruire la sua storia lo ringrazio infinitamente. Ciao,Mario

    1. Exatamente!!! E tive o prazer de conhecer e conviver com a maior parte deles!
      Um dos meus tios,irmão de meu pai,já falecido levava o nome de Antônio,meu pai,Ricardo,uma tia já falecida,Zélia e outra viva,Maria José.
      para contato: drthiagosantolim@gmail.com

  29. Buongiorno, sono Mario Callegari da Montebelluna(Italia), desidero avere informazioni sulla famiglia di Bernardo Santolin ,fratello di mia nonna Giulia Santolin, emigrato in Brasile nel 1893,sposato con Maria Perocco il 1°Dicembre 1900 e morto il 30 Settembre 1959 a Guaranesia. Saluti e Grazie.

  30. Seria possivel informar se ainda existe alguma pessoa em Guaranésia com o sobrenome CIANCA. Meu avô se chamava Federico Cianca.

    Gentil Antonio Cianca

  31. Descobri por acaso este site. Sou Domingos Perocco Netto, nascido em Guaranésia em 6.2.1934. Sou filho de Torindo Perocco (filho de Domingos Perocco e Maria Luiza Calegari Perocco, italianos) e Abnay Fragoso Perocco (filha de Alonso Fragoso e Maria Pereira Guimarães Fragoso. Meus pais são nascidos em Guaranésia, em 1910 e 1908, respetivamente. Tenho uma irmã chamada Carmen Perocco, que vive em São J. R. Pardo até hoje.
    Sou funcionário aposentado do Banco do Brasil. Saí de Guaranésia com 2 anos, em 1936. Fomos para São José do Rio Pardo onde fiz concurso e entrei para o Banco do Brasil. Lá morei até 1976, quando fui transferido para o BB de Espírito Santo do Pinhal. Aí vivi de 1982, quando fui transferido para o BB de São João da Boa Vista, onde vivi até 1983. Dai fui transferido para o BB Itatiba, aposentando em 1987, como gerente. Vivo até hoje nesta cidade, estou aposentado, escrevo para jornais diversos: Jornal de Itatiba, Cidade Livre do Rio Pardo e Democrata, de S.José do Rio Pardo. Sou sócio, em Itatiba, da AEPTI – Associação dos Escritores, Poetas e Trovadores de Itatiba.
    Estou deixando minha ficha aqui para lembrar um fato. Meu avô Domingos Perocco instalou em Guaranésia, no ano de 1905, uma fábrica de massas alimentícias (macarrão). Essa fábrica existe até hoje, nas mãos de um primo meu, Sylvio Delorenzo Perocco e seus filhos. É, ou deve ser, a mais antiga ou uma das mais antigas fábricas do Brasil em mãos da mesma família, completou este ano 107 anos de vida, levando o nome Perocco por vários Estados de nosso País. É uma honra muito grande para nossa família o serviço que o primo Sylvio (filho de Sylvio Perocco e Célia Delorenzo Perocco, ele irmão de meu pai) vem prestando para a memória de nossa família. Um abração a todos os Perocco (dizem que quem carrega o nome Perocco é descendente do velho Vô Perocco). Existia um Perocco lá pelos lados de São José do Rio Preto(SP) mas parece que ele não deixou descendentes.

      1. Decio, sou Marcia Aparecida Medeiros Marques, e acho que somos parentes. Tenho 53 anos, casada, tenho 02 filhos e estou ha um ano, aposentada pela Caixa Econ. Federal. Nasci e morei em Guaranesia ate janeiro/77 quando vim pra Cuiaba com meus pais. Sou filha de Sebastiao Medeiros Ramos e D.Jorgina, os irmaos de meu pai são Dilma (apelido de Leia), Sinesio (taxista), Maria Guimaraes (Nica), Moacir e Nair (que moram em Guaxupe) e Paulo, unico tio em Cuiaba. Em abril deste ano, estive em Guaranesia, visitando os tios, amigos da Varzea, onde sempre morei, amigos de escola, o Grupo Carvalho Brito e a Casa de Memorias. Caso queira entrar em contato, meu telefone é 65-3661.7657 ou E-Mail de minha filha anaclaudia17a@hotmail.com , Cuiaba faz muito calor mas e bom pra trabalho e bom pra pescar. Tudo de bom pra voce e ate um proximo contato.

  32. Alguém sabe me dizer se ainda existem as Fazendas Pontal e Cascalho? E se existem registros (livros antigos) dos empregados destas fazendas em alguma instituição em Guaranésia (1928 a 1935)?
    Obrigada

  33. Olá Ivan , que maravilha de trabalho . Gostaria de Saber se alguem conhece a historia dos Zerbinis de Guaranésia. Tiveram uma fabrica de macarrão antigamente.Muito Obrigado.

  34. Meu avô chamava-se Francisco Gabriel Augusto e minha avó,sua esposa, Maria Rosa Nunes; seus filhos são:
    José Gabriel Augusto,Lazarina(Lazinha),Benedita(Dita),Ana (Santa),Efigênia , Mirtes.
    Meu avô e família trabalharam por muito tempo na fazenda do Zé Nardi até aproximadamente 1952

    1. Olá, Paulo. Lembro de uma moca que chamava Lazinha, e era surda e nao falava. Será que e a mesma pessoa? Caso seja, a mae dela deve lembrar de nos. Éramos da Várzea, perto da ponte. Minha mae D. Jorgina, meu pai Sr.Sebastiao, e irmãos Marcelo, Eunice, Eloisa e Neuza. Um abraço, Marcia

      1. Oi Lucia,o nome antigo da minha mãe acho que é Lazarina Augusto Almeida e ela nunca foi surda ou muda;o pai dela ,meu avô ,me parece era meio fora do ninho da sua família e minha mãe,eu acho, tem aspecto de árabes; talvês meu avô tenha descendência árabe ou judaica.

  35. ANGELA LUCIA DOS SANTOS , AQUI QUEM FALA AQUELE QUE TE FEZ GEMER DE ALEGRIA, NOITES MEMORAVEIS, MUITO SEXO, VOCÊ GOSTAVA DE TODO JEITO QUE DELICIA… SINTO MUITA SAUDADE, AGORA ESTOU SOZINHO QUEM TE FEZ MULHER, O PRIMEIRÃO MARIO LUIZ, SE QUISER TELEFONAR 55497128… UM APERTO MUITO GOSTOSO, SEUS MELÕES SÃO MARAVILHOSOS….

  36. ANGELA LUCIA DOS SANTOS, AQUI QUEM ESTA FALANDO É O MARIO LUIZ FERNANDES BARROS, AQUELE A QUEM VOCÊ DEU MARAVILHOSAS, NOITE DE AMOR, MUITO SEXO SACANAGEM, QUE SAUDADE DE VOCê É DE GUARANESIA, ATUALMENTE ESTOU FORMADO A NÍVEL SUPERIOR, PEDAGOGIA, É VOCê APOSTO QUE NÃO… CONCLUIU NEM O FUNDAMENTAL, MAS É LOGICO QUE VOCê VIVE DENTRO DA SEU NIVEL, DO CAMPO…..TCHA….HÁ HÁ HÁ

  37. Meu nome é Vera Lucia Miranda, nasci em 1960 na cidade de lavra – Minas Gerais, Sou filha de Maria Placidina Candida e Pedro Nicolau Miranda, desde os 2 anos que não vejo minha mae. Como ela tem o sobrenome mencionado neste site e a cidade é mineira, gostaria de saber se ela faz parte desta familia? e se tem noticias dela?

  38. Oi, Phellipe Kauê. Tudo bem? Não me lembro de vc. ou do seu nome, possivelmente por causa de algum apelido. O Dirceu morreu de derrame na noite de 31 de dezembro ded 2111, em Sorocaba, onde estava morando. Ele estava dirigindo, uns dez dias antes disso, e foi encontrado desmaiado junto do carro. Passou por uma cirurgia, mas não chegou a recuperar a consciência, aparentemente. Pelo menos não chegou a se comunicar com clareza durante esse tempo. Teve dificuldades para diminuir os medicamentos que o mantinham em coma. E faleceu de um ataque cardíaco poucas uma hora e pouco antes da passagem do ano. O Dirceu, provavelmente por ter passado a adolescência em Guaranésia, foi o único irmão que conservou as características do povo de lá a vida toda. Com um bom verniz de São Paulo. A esposa dele, a Zezé, continua morando em Sorocaba. Eu me lembro que ele tinha grandes amigos e amigas em Guaranésia. Um grande abraço.

  39. Francisco Paulino Dos Santos casado com Francisca Cândida de Jesus, minha teoria genealógica é a seguinte:

    1a Geração

    1. N Paulino dos Santos morreu em data desconhecida. Ele casou com (Desconhecido).

    Filho de N Paulino dos Santos
    i. 2. Francisco Paulino dos Santos nasceu Cerca de 1820 e morreu Antes de 1897.
    ii. 3. Manoel Paulino dos Santos nasceu Calculada: 1835 e morreu Antes de 1895.

    2a Geração (Filhos)

    2. Francisco Paulino dos Santos nasceu Cerca de 1820 e morreu Antes de 1897. Ele casou com Francisca Cândida de Jesus. Francisca Cândida de nasceu em 1825 e morreu em Mar. 22, 1897 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Francisco Paulino dos Santos e Francisca Cândida de Jesus
    i. 4. Maria da Gloria de Jesus nasceu em Jun. 3, 1850 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 29, 1933 em Guaranésia, MG, Brasil.
    ii. 5. Virginia dos Santos morreu em data desconhecida.
    iii. 6. Umbelino Paulino dos Santos morreu em data desconhecida.
    iv. 7. Maria Cândida de Jesus nasceu em Jun. 2, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    v. 8. Jeremias dos Santos nasceu em Jun. 28, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu Cerca de 1859 em Guaranésia, MG, Brasil.
    vi. 9. Jeremias Paulino dos Santos nasceu em Fev. 2, 1860 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    vii. 10. Mariana dos Santos nasceu em Out. 5, 1862 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    viii. 11. Mariana dos Santos nasceu em Out. 7, 1862 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ix. 12. Anna Candida de Jesus morreu em data desconhecida.
    x. 13. Iria Santos nasceu em Out. 20, 1864 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    xi. 14. João Paulino dos Santos morreu em data desconhecida.

    3. Manoel Paulino dos Santos nasceu Calculada: 1835 e morreu Antes de 1895. Ele casou com Sinhorinha Maria de Jesus. Sinhorinha Maria de nasceu em 1842 e morreu em Mar. 23, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Manoel Paulino dos Santos e Sinhorinha Maria de Jesus
    i. 15. Jeremias Paulino dos Santos nasceu Calculada: 1864 e morreu em data desconhecida.
    ii. 16. Jose Paulino dos Santos nasceu em Set. 6, 1877 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iii. 17. Jose Paulino dos Santos nasceu em Ago. 25, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    3a Geração (Netos)

    4. Maria da Gloria de Jesus nasceu em Jun. 3, 1850 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 29, 1933 em Guaranésia, MG, Brasil. Ela casou com Alferes João Ferreira da Trindade, III em Jun. 26, 1871 em Guaranésia, MG, Brasil. João, filho de João Ferreira da Trindade, II e Prudenciana Maria de Jesus, nasceu em Mai 8, 1853 em Alfenas, MG, Brazil e morreu em Jun. 7, 1919 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Maria da Gloria de Jesus e Alferes João Ferreira da Trindade, III
    i. 18. Prudenciana Maria de Jesus nasceu em Jun. 22, 1875 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ii. 19. Jusselina Ferreira da Trindade nasceu em Jan. 16, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iii. 20. Gabriella Maria de Jesus nasceu em Jun. 19, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 27, 1968 em Guaranésia, MG, Brasil.
    iv. 21. Josselina Rosa da Trindade nasceu em Jan. 16, 1879 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    v. 22. Gabriela Ferreira da Trindade nasceu em Jun. 9, 1881 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    vi. 23. João Ferreira da Trindade, Junior nasceu em Mai 24, 1883 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Guaranésia, MG, Brasil.
    vii. 24. Gabriel Ferreira da Trindade nasceu em 1884 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    viii. 25. Placidina Candida de Jesus nasceu em Ago. 20, 1889 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ix. 26. Prudêncio Ferreira da Trindade nasceu em 1891 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Jul. 21, 1912 em Guaranésia, MG, Brasil.

    5. Virginia dos Santos morreu em data desconhecida. Ela casou com Evaristo dos Santos, filho de Antonio Sabino dos Santos e Luiza Maria do Espirido Santo, em Out. 28, 1882 em Guaranésia, MG, Brasil.

    6. Umbelino Paulino dos Santos morreu em data desconhecida. Ele casou com Maria Izidoria Coimbra na 1a vez em Abr. 25, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil. Maria Izidoria, filha de Manoel Izidorio de Sousa Coimbra e Ana Francisca Ribeiro, nasceu em Jan. 12, 1876 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ele casou com Maria das Dores na 2a vez. Maria das morreu antes 1895.

    Filho de Umbelino Paulino dos Santos e Maria Izidoria Coimbra
    i. 27. Manoel dos Santos nasceu em Jan. 12, 1890 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ii. 28. Braulio Santos nasceu em Mar. 23, 1897 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 2, 1901 em Guaranésia, MG, Brasil.
    iii. 29. Manoel Santos nasceu em Jan. 22, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 1, 1902 em Guaranésia, MG, Brasil.
    iv. 30. Isabel Paulino dos Santos nasceu em Nov. 5, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    v. 31. Maria Santos nasceu em Nov. 5, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    7. Maria Cândida de Jesus nasceu em Jun. 2, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    8. Jeremias dos Santos nasceu em Jun. 28, 1858 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu Cerca de 1859 em Guaranésia, MG, Brasil.

    9. Jeremias Paulino dos Santos nasceu em Fev. 2, 1860 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    10. Mariana dos Santos nasceu em Out. 5, 1862 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    11. Mariana dos Santos nasceu em Out. 7, 1862 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    12. Anna Candida de Jesus morreu em data desconhecida. Ela casou com Luiz Ribeiro da Fonseca, filho de Maria Candida de Jesus, em Out. 30, 1883 em Guaranésia, MG, Brasil.

    13. Iria Santos nasceu em Out. 20, 1864 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com Antonio Pires.

    Filho de Iria Santos e Antonio Pires
    i. 32. Maria Pires nasceu em Fev. 20, 1876 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    14. João Paulino dos Santos morreu em data desconhecida. Ele casou com Maria Venancia de Jesus.

    Filho de João Paulino dos Santos e Maria Venancia de Jesus
    i. 33. Maria Venancia de jesus, II nasceu em Mai 29, 1892 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    15. Jeremias Paulino dos Santos nasceu Calculada: 1864 e morreu em data desconhecida. Ele casou com Eliza Candida de Jesus, filha de Jose Joaquim Franco e Candida Maria de Jesus.

    Filho de Jeremias Paulino dos Santos e Eliza Candida de Jesus
    i. 34. João Paulino dos Santos nasceu em Out. 4, 1889 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Out. 9, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil.
    ii. 35. Maria Santos nasceu em Out. 20, 1893 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iii. 36. Jose Paulino dos Santos nasceu em Mai 17, 1895 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iv. 37. Manoel Paulino dos Santos nasceu em Nov. 24, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    v. 38. Candida Santos nasceu em Jan. 12, 1901 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    vi. 39. Francisca Santos nasceu em 1907 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Set. 17, 1909 em Guaranésia, MG, Brasil.

    16. Jose Paulino dos Santos nasceu em Set. 6, 1877 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    17. Jose Paulino dos Santos nasceu em Ago. 25, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    4a Geração (Bisnetos)

    18. Prudenciana Maria de Jesus nasceu em Jun. 22, 1875 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com João Lucas de Oliveira, filho de Lucas Gomes da Silva e Ana Angélica da Silveira, em Out. 7, 1893 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Prudenciana Maria de Jesus e João Lucas de Oliveira
    i. 40. João Lucas de Oliveira nasceu em Jun. 8, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ii. 41. Maria Oliveira nasceu em Jan. 31, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    19. Jusselina Ferreira da Trindade nasceu em Jan. 16, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    20. Gabriella Maria de Jesus nasceu em Jun. 19, 1878 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 27, 1968 em Guaranésia, MG, Brasil. Ela casou com Antenor Teixeira de Vasconcellos em Jul. 11, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil. Antenor, filho de Pedro Teixeira de Vasconcellos e Albina Deolinda dos Santos, nasceu em Mar. 1, 1871 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 18, 1928 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Gabriella Maria de Jesus e Antenor Teixeira de Vasconcellos
    i. 42. Euclides Teixeira de Vasconcellos nasceu em Abr. 26, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ii. 43. João Teixeira de Vasconcellos nasceu em Jan. 2, 1901 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iii. 44. Elvira Teixeira de Vasconcellos nasceu em Mar. 18, 1903 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Jan. 11, 1972 em São Paulo, SP, Brazil.
    iv. 45. Benedita Teixeira de Vasconcellos nasceu em Abr. 14, 1904 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 18, 1993 em Guaranésia, MG, Brasil.
    v. 46. Maria Teixeira de Vasconcellos nasceu em Fev. 25, 1908 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Set. 15, 1978 em Guaranésia, MG, Brasil.
    vi. 47. Adelina Teixeira de Vasconcellos nasceu em Nov. 13, 1911 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Nov. 5, 1978 em São Bernardo do Campo, SP, Brazil.
    vii. 48. Orminda Teixeira de Vasconcellos nasceu em Jul. 29, 1915 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Fev. 13, 2006 em Goiana, GO, Brazil.
    viii. 49. José Teixeira de Vasconcellos nasceu em Jan. 7, 1921 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 21, 2007 em Mococa, SP, Brazil.

    21. Josselina Rosa da Trindade nasceu em Jan. 16, 1879 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com Jose Izidoro Pereira em Mai 30, 1903 em Guaranésia, MG, Brasil. Jose Izidoro, filho de Antonio Izidoro Pereira e Anna Candida de Jesus, nasceu em 1875 em Perdões, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    Filho de Josselina Rosa da Trindade e Jose Izidoro Pereira
    i. 50. João.

    22. Gabriela Ferreira da Trindade nasceu em Jun. 9, 1881 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    23. João Ferreira da Trindade, Junior nasceu em Mai 24, 1883 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Guaranésia, MG, Brasil. Ele casou com Lavinia Candida de Jesus em Mai 30, 1903 em Guaranésia, MG, Brasil. Lavinia Candida de, filha de Antonio Izidoro Cereira e Ana Candida de Jesus, nasceu em 1887 em Perdões, MG, Brasil e morreu em Abr. 1, 1977 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de João Ferreira da Trindade, Junior e Lavinia Candida de Jesus
    i. 51. Lucinda Ferreira da Trindade morreu em 1977.
    ii. 52. Placidina Ferreira da Trindade nasceu em Mai 22, 1906 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Mar. 5, 1988 em Guaranésia, MG, Brasil.
    iii. 53. João Ferreira da Trindade, V nasceu em Dez. 25, 1907 e morreu em Jan. 1, 1977.
    iv. 54. Maria Ferreira da Trindade nasceu em Jan. 6, 1914 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 30, 2002 em Guaranésia, MG, Brasil.
    v. 55. Job Ferreira da Trindade.
    vi. 56. Benedicto Ferreira da Trindade nasceu em Ago. 23, 1916 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Mar. 23, 1917 em Guaranésia, MG, Brasil.
    vii. 57. Prudêncio Ferreira da Trindade nasceu em Mai 13, 1918 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Fev. 13, 1974 em Mogi Mirim, SP, Brazil.
    viii. 58. Ana Ferreira da Trindade.

    24. Gabriel Ferreira da Trindade nasceu em 1884 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ele casou com Maria Candida de Jesus em Abr. 29, 1905 em Guaranésia, MG, Brasil. Maria Candida de, filha de Jerônimo Gonçalves dos Santos e Ambrosiana Maria de Jesus, nasceu em 1886 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    Filho de Gabriel Ferreira da Trindade e Maria Candida de Jesus
    i. 59. Ambrozina Ferreira da Trindade.

    25. Placidina Candida de Jesus nasceu em Ago. 20, 1889 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com José Elias de Oliveira em Nov. 6, 1909 em Guaranésia, MG, Brasil. José Elias de, filho de Elias Habrão e Maria de Jesus, nasceu em 1881 em Bengranth, Turquia e morreu em data desconhecida.

    Filho de Placidina Candida de Jesus e José Elias de Oliveira
    i. 60. Oliveiro.
    ii. 61. Dico.
    iii. 62. Dica.

    26. Prudêncio Ferreira da Trindade nasceu em 1891 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Jul. 21, 1912 em Guaranésia, MG, Brasil.

    27. Manoel dos Santos nasceu em Jan. 12, 1890 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    28. Braulio Santos nasceu em Mar. 23, 1897 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Dez. 2, 1901 em Guaranésia, MG, Brasil.

    29. Manoel Santos nasceu em Jan. 22, 1899 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Abr. 1, 1902 em Guaranésia, MG, Brasil.

    30. Isabel Paulino dos Santos nasceu em Nov. 5, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    31. Maria Santos nasceu em Nov. 5, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    32. Maria Pires nasceu em Fev. 20, 1876 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    33. Maria Venancia de jesus, II nasceu em Mai 29, 1892 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ela casou com Antonio Naracato em Out. 25, 1910 em Guaranésia, MG, Brasil. Antonio, filho de Giuseppe Maracato e Vincenza Fortino, nasceu em 1890 em Italy e morreu em data desconhecida.

    34. João Paulino dos Santos nasceu em Out. 4, 1889 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Out. 9, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil.

    35. Maria Santos nasceu em Out. 20, 1893 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    36. Jose Paulino dos Santos nasceu em Mai 17, 1895 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    37. Manoel Paulino dos Santos nasceu em Nov. 24, 1896 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    38. Candida Santos nasceu em Jan. 12, 1901 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    39. Francisca Santos nasceu em 1907 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Set. 17, 1909 em Guaranésia, MG, Brasil.

  40. Família Reda,
    eu estudo a família Reda que deu origem aos Portos de Guaranésia , só que não encontrei os Reda de Guaranésia, gostaria de mais informação, ( REda são de Carolei e Domenico, Cosenza, Calabria )

  41. olá não vejo nenhum registro dos suéli.meu pai anisio suéli meu avô joão suéli meu bisavô luiz suéli.avó isabel iupi .minha bisavó fortunata cancelli e muningildo iupi.aguardo retorno.Priscila suéli

    1. Olá Priscila, bom dia.
      Os registros/páginas da famílias são publicados com a colaboração dos familiares que nos enviam textos sobre a história da família assim como fotos.
      Por favor, envie os dados e fostos da sua família para o meu e-mail profivan@yahoo.com.br e publicaremos. Infelizmente não temos informações sobre sua família no nosso acervo. Vou pesquisar os nomes no antigo jornal O Monitor Mineiro.
      Att.
      Prof. Ivan

      1. Ola Professor!
        Ermenegildo Juppi aparece nas pesquisas da minha familia, vieram da mesma Comune de Antrodoco, se precisar tenho algumas informações da familia dele na Itália.
        Abraço.

  42. Meu finado pai Ary,trabalhou na cerâmica sta. barbara,onde ele dizia,que participou da construção da chaminé da cerâmica,não recordo o nome de meu avô,mas à vovó chamava-se Sebastiana,e o irmão de vovô era o tio Tunico,acredito ser o pai de Dirceu Gomes,irmão de Toninho Gomes,hoje em Guaranésia,minha cidade natal,tenho muitos parentes que não conheço,sendo que por parte de minha saudosa mãe,mora nesta cidade,a tia Dita,esposa de Geraldo de Brito,que foi jardineiro,e trabalhava no cine,passando filmes,alguém deve conhecê-los,suas filhas Lúciaelena,Diva,Célia,josé Antônio e geraldinho,abraços à todos vocês,que SAUDADES.

  43. sou nascido em Guaranesia,porém criado em Campinas,filho de Ary e Maria Ap.Cesário,onde os parentes por parte de pai,são os Gomes Davi,e por parte mãe família Cesário,mamãe quando solteira trabalhou na fabrica de tecidos do turco,e papai na cerâmica sta. barbara,tenho vontade de saber informaçoes dos familiares,atuais e os do passado,sendo que os irmãos de meu pai,era Pedro,Ricardo,Messias,já falecidos,a única irmã viva é a tia Dita,que reside em Guaxupé,avó materna Sebastiana Arcanjo de Jesus,tambem fal.

  44. gostaria de comunicar a morte do meu irmão Dirceu Macedo Teixeira, com 66 anos, que foi uma pessoa muito ligada a Guaranésia. A usa personalidade se formou na adolescência e juventude vividas em Guaranésia, principalmente nas décadas de 1960 e 1970. Todos os jovens que viveram em Guaranésia nesse período, chamado de anos incríveis, tiveram contato direto com ele, ou indireto. Ele esteve presente na CORE, no Guaranésia, nos bares, do Miro, principalmente, no clube, teve uma papelaria e teve uma destilaria de pinga com o Lucas e o seu José Duarte, seu Dea. Teve grandes amizadas. Fundou uma empresa com amigos de Guaranésia, a Worktime.

    1. ola luiz sou um amigo aki de sao paulo e fique muito chateado com a noticia da morte do dirceu…. gostaria de saber qual foi o motivo da morte dele… e vc é o irmao casula dele que ele chamava de luizinho

    2. Oi Luiz. Sou Marcia, nao sei se voce lembra de mim, mas como tenho 53 anos talvez voce se recorde. Eu morava na Varzea, meu pai era Sr.Sebastiao, apelido de TRAIA, da familia Medeiros de Guaranesia, meus tios sao o Sinesio – que ate hoje e taxista, a Dilma, apelido de Leia, que hoje mora em frente a casa e consultorio do Dr.Marcelo. Estudei no Carvalho Brito e no Alice – epoca de 66 a 76 porque nasci em 1960. Eram meus amigos de escola: Soninha do Celeirinho (a visitei este ano em abril), a raquel, Ana Beatriz, Maria Lucia Romanelli, Fatima Ruiz, Regina, cristina e outros que no momento nao me recordo; da varzea, a Marta (que hoje tem restaurante na Varzea), a Janete, a Nem, a Lurdinha e outros. Hoje, tenho 02 filhos e gracas a Deus aposentei ano passado pela Caixa Econ. Federal. Ah, visitei ainda o Carvalho Brito e a familia da D.Rute do Sr. Miguel Moreno, e seu filho Matias que estava gravemente doente. Eu me lembro da sua familia, apesar de nao lembrar ao certo qual de voces estudou comigo. Sinto saudades daquele tempo. Fiquem com Deus e ate um proximo contato. OBS: Hoje, moro em Cuiaba, cidade quente e bom pra pesca. Fone contato: 65-3661-7657. E-Mail de minha filha publicado nessa pagina.

  45. Gostaria de saber qualquer informação sobre a familia Marques: Meus avos: Delminda Rosa Marques, filha de Joao Camilo Rosa e Ana Gabriela Rosa e Francisco Marques, filho de Aurelio Marques e Ana Rita Batista Marques. Agradeco de antemao e fico no aguardo.

    1. Sou da familia Marques:meu pai Alziro Marques conhecido como Nego Aiuva(falecido),meus avós paternos: Rosa Paschaol e João A.Marques.Será que temos algum parentesco??

      1. Gostaria de saber qualquer informação sobre a familia Marques: Meus avos: Delminda Rosa Marques, filha de Joao Camilo Rosa e Ana Gabriela Rosa e Francisco Marques, filho de Aurelio Marques e Ana Rita Batista Marques. Agradeco de antemao e fico no aguardo.

      2. Oi Eliana,
        Meu nome e Eduardo Marques. Ha um tempo atras, voce escreveu respondendo a um anuncio no website de Familias de Guaranesia sobre seus parentes e so agora que vi a resposta.que voce escreveu.
        Vc pode entrar em contato, acho que temos parentes em comum sim.

        Eduardo

  46. Sou Heloisa Maria Dias, gostaria que fosse evidenciado meus familiares, Monteiro Dias, familia tadicional portuguesa que viveu em Guaranesia, meu avo paterno Nelson Monteiro Dias, filho de Astolpho Dias….da Fazenda Correnteza a historia é fascinante, pois lminha avó paterna filha de Franklin Hatch quem implantou energia eletrica na Correnteza, sendo que , seus filhos casaram, dando origem a meu pai Luiz Carlos Monteiro Dias, hoje com 80 aninhos…..
    Se voce quiser, posso continuar essa historia……

  47. meus bisavos moraram em guaranesia,nao sei se eram dai,mas minha avó JORCILIA MARIA DE AZEVEDO era,esta na certidao de nascimento,e depois cresceu na fazenda de santa luzia.
    minha bisavó.JOANNA MARIA DE JESUS e meu bisavo era JOSE MARIA DE AZEVEDO.
    GOSTARIA DE RESOSTAS.OBRIGADA

      1. Sou Marcia, nasci em Guaranesia em 1960 e vim embora pra Cuiaba em janeiro/77. E tambem gostaria de encontrar o pessoal do Sr.Jose Vilas Boas. Nos eramos vizinhos perto da Varzea, onde nasci e vivi. Depois eles mudaram para a rua que tinha o acougue do Osmar, depois do Seu Deia. Lembro-me com carinho das filhas dele, apesar de mais de 30 anos que nao os vejo. Meu telefone contato: 65-3661.7657 ou E-Mail de minha filha publicado nessa pagina. Grata, Marcia.

      2. Conheço um pessoal que mora em Santo André família vilas boas inclusive tive um amigo o Wilson que já não vejo a algum tempo são nascidos aí em guaranésia.

      3. Whrichter vc saberia dizer o nome da esposa do Sr José Vilas Boas, acredito que encontrei algumas pessoas da família dele em SP.

      4. Whrichter vc saberia me dizer se tem algum parente que resida em Santo André-SP, pois conheço uma família e um amigo com sobrenome Vilas Bôas que há muitos anos sairam aí de Guaranésia para residir aquí, me avise através dessa coluna.

    1. Nenhuma das pessoas acima saberiam informar para confirmação o nome da esposa do Sr José Vilas Bôas acredito que encontrei alguns familiares aquí em SP só depende da confirmação do nome da esposa dele para maiores esclarecimentos ,desde já fico muito agradecido.

  48. não acredito que seja coincidência. a venda, como era chamada, ficava na esquina. na esquina havia, em um canto um posto de saúde, no outro canto, dentro da vila operária, um terreno com a caixa dágua, no outro canto a casa do pedro fontouro, onde nossa família, do pedro teixeira, morou de 1958 1961, aproximadamente. no outro canto estava a venda do Antônio Silvério.

  49. Meus avós moraram em guaranésia até aproximadamente 1972, na rua da caixa d’agua, mas estes eram os avós paternos.
    Ainda estou levantando a estória dos avós maternos: os Silério Marques, mas até onde eu sei, eles não possuiam nenhum comércio.

  50. estava tentando me lembrar, e o dono da venda perto da minha casa era antônio silvério. mas então os silvério deveriam morar ali por perto. e vc., verônica, em que época v. viveu ali perto da caixa dágua?

  51. a verônica, qual o sobrenome? acho que há alguma possibilidade de que a venda que havia do lado da minha casa, quando eu morava ao lado da caixa dágua, na casa conhecida como do pedro fontoura era desse João Silvério. Eu me lembro perfeitamente dele e, há um rosto vivo na minha memória que parece ser a mulher dele. foi ali que comprei doces entre os 5 e 7 anos de idade.

  52. Meus pais e avós nasceram em Guaranésia. Por parte de pai: João Pimenta de Faria e Gabriela Esmeralda dos Santos (Faria?). Naquele tempo eles pareciam não ligar muito em usar o nome de casada. Até minha mãe foi ter o nome consertado somente após a sua morte, devido ao inventário.
    Por parte de mãe: João Silvério Marques e Bárbara Pascoalina dos Santos.
    Na minha infância, sempre ouvi contarem estorias sobre os Nardi, os Perocco, etc… Meu pai e minha mãe eram amigos do Joge Miguel, o qual foi casado coma Olga e tiveram um filho chamado Hernani Miguel. Tive contato com esta familia até meus quinze anos. época em que meus avós paternos mudaram-se de Guaranésia para Campinas.
    Meus pais: Waltides Pimenta de Faria e Delícia Silvério Marques Faria.
    Ambas as famílias eram enormes, mas lembro-me pouco dos nomes.
    Estive em Guaranésia há uns 8 anos atrás e matei as saudades. Pena que muitos locais de minha infância não existam mais. A casa que minha avó paterna morava (na rua da Caixa d’agua na entrada da cidade) estava caindo aos pedaços. Pesquisei para compra-la de volta, mas ao saberem do nosso interesse, o preço triplicou.
    Meu abraço e carinho à todos os guaranesianos!!! Meus melhores dias foram passados nesta cidade.

    1. Olá Veronica, bom dia.
      Muito obrigado por partcipar do nosso blog.
      Gostariamos de abrir uma página para sua família. Você poderia nos enviar fotos e texto (pode ser um resumo) que conte a historia dos seus avós e descendentes…?
      Um abraço
      Prof.Ivan

  53. A família teixeira de vascobcelos é enorme em unai mg. O cartorio de lá ainda não está gravado no sistema para pesquisa virtual.
    Elio de campos andrade. set 2011

    1. Caro Élio,
      Você saberia, ou descobriria como os Teixeira de Vasconcellos chegaram em Unai ? Seriam parentes dos de Guaranésia ?
      obrigado, pela informação agora é pesquisar

      1. Prezado Primo,

        Eu não sei bem mas estou fazendo a genealogia e sei que o meu tetratra avô materno chamado Teixeirinha é foi uma personagem muito importante em Unaí MG no bairro Guarapuava e o ano passado foi feito uma festa em garapuava MG da familia Teixeira. Tenho feito a árvore genealógica e cheguei até no momento a muitos nomes de antepassados e creio que são desecendentes de portugueses e entr5aram na familia de joaquina de pompeu filha de portugueses.
        na internet vi que Joaquina de pompéu é uma desecendente minha por parte de minha avó materna Elisa de oliveira campos. Um forte abraço de Elio de Campos Andrade e-mail: eliocampos@correios.com.br Tel dd 061 96114663 trabalho 061 3533

  54. Os NARDI’s
    Em minha pesquisa descobri que estes Nardi’s são meus parentes ( familia Porto) , pocuro seus descendentes para completar meu trabalho genealogico, tenho informações da Italia deste o ano 1740

    at

    William Horst Richter
    whrichter@yahoo.com.br

    1a Geração

    1. Caetana Ciardullo (Antonio3, Luigi2, Vincenzo1) nasceu em Domanico, Cosenza, Calabria, Italy e morreu em data desconhecida. Ela casou com Jose Nardi, filho de Nicola Nardi (Natale1) e Maria Lucenta, em Mai 22, 1897 em Guaranésia, MG, Brasil.

    Filho de Caetana Ciardullo e Jose Nardi
    i. 2. Maria Rosaria Nardi nasceu em Jul. 21, 1898 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    ii. 3. Nicolau Antonio Nardi nasceu em Mar. 13, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.
    iii. 4. João Nardi nasceu em Mai 25, 1902 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    2a Geração (Filhos)

    2. Maria Rosaria Nardi (Jose3, Nicola2, Natale1) nasceu em Jul. 21, 1898 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    Outros eventos na vida de Maria Rosaria Nardi
    Batizado 4 Set 1898 Guaranésia, MG, Brasil
    Padrinhos: Domingos Castriota e Maria Rosaria Fabiano

    3. Nicolau Antonio Nardi (Jose3, Nicola2, Natale1) nasceu em Mar. 13, 1900 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida.

    4. João Nardi (Jose3, Nicola2, Natale1) nasceu em Mai 25, 1902 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em data desconhecida. Ele casou com Maria Fragoso em Jul. 28, 1926 em Guaranésia, MG, Brasil.

  55. Caro Prof. Ivan David,
    Boa noite.

    Meu nome é Samuel Meda Coelho, nasci e morei em Guaranésia até 1952. Sou filho de Hildebrando Coelho e Maria Meda Coelho. Meus irmãos são, Saulo, Estela, Rute e Luiz Antônio. Morávamos inicialmente na Fazenda Ipiranga, depois fomos para cidade, quando nossa mãe adquiriu o Hotel Central.
    Durante a guerra, o governo racionou a distribuição de açúcar e farinha de trigo, e nosso pai foi o responsável pela distribuição destes produtos pela região. Ele também foi contador da Fazenda Ipiranga, e através do Dr. Alberto José Alves (proprietário da fazenda), assumiu o cargo de Secretário Municipal de Guaranésia, sendo o primeiro cargo abaixo do prefeito, permanecendo nesta atividade durante várias administrações, até sua aposentadoria. Umas das principais obras executadas, durante este período, foi o calçamento das ruas centrais e a construção das galerias de água.
    Joguei futebol no Guaranésia e também no CORE de 1948 até 1952, orientado pelo Sr. Oliveira Zeitune, que me chamava carinhosamente de “Presépio”. Meus companheiros eram, Clésio, Geraldo Lopes, Bimbinha, Marcelo Oliva, Alemão… minha lembrança anda falha…
    Saímos de Guaranésia com nossa mãe e viemos para São Paulo. Aqui fui trabalhar de praticante (oficce-boy de hoje) no Grupo Itaú, onde fiz carreira, e me aposentei como Diretor da Itautec. Meu irmão Saulo, também foi do Itaú, na função de Gerente de Agência. O caçula, Luiz Antônio, se aposentou como Diretor da Panasonic, aliás, ele sempre era citado pelo apresentador de TV Milton Neves, como o “Pelé da pilha” de Guaranésia.
    Mais recentemente, em meados dos anos 90, ajudei a organizar e instalar o COMEN-Conselho Municipal de Entorpecentes de Guaranésia. Neste trabalho, contratei um jovem chamado Ivan, que ficou responsável pela filmagem e edição das palestras. Será que era você?

    Um abraço,

    Samuel Meda Coelho.

  56. Parabéns !!!!!! Não podemos deixar “morrer“ nossas raízes.
    Apesar de meu antepassados serem da região Guaxupé e Juruaia, achei muito boa essa iniciativa.
    Geraldo(Dado) irmão do bigodinho.Família Silveira.
    Abraço a todos conterrâneos.

  57. E sobre a família PONCIANO tem algum registro histórico? Tenho muita curiosidade sobre a genealogia desta família, pois meu sobrenome PONCIANO veio da minha avó paterna que faleceu quando eu tinha 5 anos, tá difícil conseguir resposta. MInha avó Julia Ponciano casou-se ai em Guaranésia com Benedito Eduardo de Paula. Aguardo retorno
    Att Claudia Ponciano

  58. Olá guaranesianos e descendentes! Muito interessante essa busca por origens. Alguém teria alguma memória da família Santolin?

  59. Meu nome é Lélia e estou procurando alguém das famílias de Juan (ou João ) Bamande Cubello e Joaquim Louzada. Eles trabalharam e moraram na Fazenda Catitó entre 1912 e 1914. Eles vieram da Espanha e são da mesma região dos meus bisavôs ( Galícia), porém não sei de qual povoado eles eram. Como minha família não possui nenhuma informação sobre esse povoado, estou tentando localizar esses dois senhores que, além de amigos de meu avô materno, eram, como já disse, do mesmo povoado espanhol.
    Agradeço qualquer tipo de informação.

    1. Lélia , Eu estou a procura de um senhor chamado Joaquim Louzada também , e por conhecidencia , ele veio da espanha . não sei a data de nascimento , ele é meu avô . eu nem meu pai nunca vimos ele , assim que meu pai nasceu , ele foi embora .e isso aqui no rio de janeiro , agradeço se me enformar para qual lugar do brasil o joaquim que vc procura foi . as chances de ser o mesmo são minimas , mas qualquer informação é OTIMA !

      1. Adonai,
        A única coisa que sei é que meu avô Teodomiro García Rodríguez era amigo dos senhores Juan Bamande Cubello e Joaquim Louzada. Eles foram testemunhas do casamento de meus avós em maio de 1913, em Guaxupé (Minas Gerais). Eles 3 era da mesma região (Pontevedra na Galícia – Espanha), mas não sei de qual cidade eles eram. Não consigo descobrir nada do meu avô. Não sei como ele chegou ao Brasil e também não consegui a certidão de óbito dele, ele faleceu em Goiás em 1939.
        Dependendo do ano em que seu pai nasceu, acho que não é a mesma pessoa. Espero que tenha te ajudado.

  60. Voltando meus avós eram da fazenda da onça, Vicente mombelli e Honoria Mean, ambos italianos, tiveram 12 filhos 2 homens e 10 mukheres, meu pai foi o unico dos filhos homens que teve um filho homem no qual é o único que leva o nome da famila Mombelli adiante, ele já tem 2 filhos Guilherme Mombelli e Henrico Mombelli, no qual desejo que eles tb levem o nome adiante, não deixem de me escreverem e tenho muitas fotos dai, meu pai tb jogou no time da fazenda da onça
    Abraços Margareth Mombelli
    Atualmete moro na famosa cidade dos exageros Itu, mas nasci e cresci em São caetano do Sul aonde moram meus tiaos Luiza Mombelli martins e José Mombelli
    E concerteza vou morar em Guaranésia, só aparecer uma oportunidade de emprego para meu esposo, largamos aqui e vamos uai*

  61. Boa noite, quero saber mais de minha familia Mombelli, sei que tenhos primos ai ainda, A zenaide dona de um hotel, e o joão Carlos, ambos filho de Ana Mombelli Carvalho, tenho minha tia Nair ai também, quero passear ai mas tenho medo de não encontrar ninguém, estamos até com vontade de procurar algo por ai, para mudarmos para essa cidade que passei minha infância e que adoro, pena que após o falecimento de meu pai, Alberto Mombelli, nunca mais voltei para ai, qualquer noticias de alguém me mandem por email por favor margarethmombelle@hotmail.com
    PS: Na euforia de meu nascimento meu pai me registrou MOMBELLE, mas sempre assinei MOMBELLI
    Abraços meu querido povo de Guaranésia!

  62. Meus Avos eram de Guaranesia, Minha Avó era Filha de Italiano-Giovanni Battista Schellino-Um padrinho de Minha, avo assinava, marangoni, e outro delfino

    1. Caro Prof. Ivan!
      Pode contar comigo, estou extraindo informações dos livros disponíveis no Family Search, estou a disposição no que precisar. Grande Abraço.

  63. Meu Bizavo Morou na Faz. Correnteza- Joaquim Luiz Correa
    meus tios e e avo Nasceram em guaranesia-Estou procurando
    se eles eram portugueses.Queria saber se tem algum lugar em
    guaranesia, que possa ter essa informação…

  64. O site http://www.familysearch.org disponibiliza, desde 17/02/2011, para consulta online os registros paroquiais católicos de batismos, matrimônios e óbitos, da paroquia de Santa Barbara, Guaranésia, MG:
    Batismos 1838, Fev -1871, Nov
    Batismos 1871, Nov-1893, Abr
    Batismos 1877, Out-1893, Dez
    Batismos 1893, Dez-1895, Nov
    Batismos 1895, Nov-1902, Set
    Batismos 1898, Mar-1923, Set
    Matrimônios 1858, Jan-1894, Ago
    Matrimônios 1894, Ago-1895, Nov
    Matrimônios 1896, Nov-1911, Nov
    Óbitos 1857, Dez-1893, Mar
    Óbitos 1893, Mar-1919, Fev
    Clique em
    https://www.familysearch.org/s/image/show#uri=http%3A//pilot.familysearch.org/records/waypoint/7009784&hash=Mrd8SMocDIIen2Q83tu%252B82PRagg%253D

    1. Onde foram registrados os casamentos antes de 1858 ???

      procuro o casamento de Francisco Paulino dos Santos com Francisca Candida de Jesus, por volta de 1850 em Guaranésia.

      1. Segundo o site http://pt.wikipedia.org/wiki/Guaranésia:
        já em 1838, por Alvará Régio de 6 de abril, foi o povoado de Canoas elevado à categoria de Distrito de Paz, com a denominação de distrito de Paz de Santa Bárbara das Canoas, subordinado ao Termo de São Carlos de Jacuí. Em virtude do Alvará Régio de 09 de marco de 1840, passou o Distrito de Paz de Santa Bárbara das Canoas à jurisdição da nova Comarca de Sapucaí, que tinha por sede a Vila de Campanha da Princesa. Pela lei de maio de 1855, foi a capela do Distrito de Paz elevada a categoria de Curato, pertencente à Comarca eclesiástica da Paróquia de São Carlos do Jacuí.

      2. ola meu nome josé paulino e minha familha éram da cidade de monte santo de minas visinha a guaranésia eles mudaram para fazenda da chave asim que abolirão a escravidão meus tataravós eram fracisco paulino e felizarda marta de jesus e meus bisavós eram brasilino paulino e maria das dores

  65. Estou pesquisando Genealogia dos Portos e tento fazer um Link com todos os parentes italianos de meu Bisavô Luigi Porco, conhecido como Luiz Porto, eu necissito de informações dos descendentes de Jose Nardi provavelmente Giuseppe Nardi casado com Caetana Chardullo ( Gaetana Cairdullo ) que era prima do Luiz Porto (Luigi Porco)
    Encontrei outro Nardi, Antonia Nardi filha de Francisco Nardi casado com Carolina Fiorino, cujo avos paternos são João Nardi e Josephinia Porco, provavelmente o nome italiano Giovanni Nardi e Giuseppina Porco , tento linkar este NArdi com o primeiro e a Josephinia Porco com o Luigi Porco, ou Luiz Porto.
    Quem tiver informações favor me enviar pelo e mail whrichter_br@yahoo.com.br
    At

    William

  66. Quando iniciei a pesquisa genealogia ha 2 anos meu objetivo era descobrir a cidade natal de meu avô Luiz Porto cujo nome correto era Luigi Porco, após varias pesquisas descobrimos que nasceu em Domanico , Cosenza, Calabria, e da cidade de Carolei . Através desta descoberta cheguei ate o ano de 1780, o mais surpreendente é que varias famílias de Guaranésia são da mesma Cidade, meu Bisavô chegou ao Brasil com seu Irmão, que era casado com sua Prima Filomena Ciardullo, nos registros do cartório a grafia é Chardullo, Chiardullo , seu cunhado Vicente ( Vincenzo) e cunhada Caetana Ciardullo casada com José Nardi, sobrenome este também da mesma região, Os Sobrenomes Buffone, Reda, Segreti, agora tento achar um parentesco entre todos estes

    1. Prezado Whrichter, como você, estou a algum tempo buscando minhas raízes, descobri que meu bisavô, Giacinto Sicilia, também veio de carolei e vendo seu comentário achei muita conhecidência os pais dele, portanto meus tataravôs se chamavam Tommaso Sicilia e Rosa Ciardullo, mas não tenho nem uma outra informação, até consegui o Atto de Nascita(certidão de nascimento) do bisa Jacintho mas parou por ai, descobri a entrada dele no brasil pela hospedaria dos imigrantes, mas consta como sozinho, e não consegui a lista de passageiros do navio ROSARIO de entrada em Santos em 25/07/1891 onde ele veio, será que alguns dos Ciardulo´s vieram nesta epoca?

      1. Caro MArcelo,
        meu e mail é
        whrichter_br@yahoo.com.br

        com certeza somos primos, agora temos que descobrir os nossos avos em comum, pois os meus Ciardullos são de Carolei
        Já descobri outros Ciardulo que vieram para Guaranésia,
        Eu Tenho informação do meu 5 avo Vincenzo Ciardullo nascido em 1762

        Eu pesquisando agora , termino a pesquisa a Noite encontrei seu avo que nasceu em 1854 e sua tia Gabriele nascida em 25/5/1861
        Me envie um e mail para trocarmos informações em PVT

  67. Olá Mônica,pesquisa a história da familia Fantinati e envia ao site para ser publicada… foi assim que fiz, pesquisei preparei o texto juntei as fotos e enviei ao Prof.Ivan. Veja as páginas das Familias Cesário da Silveira e da Familia Vila, minha familia materna e paterna. Dá trabalho, mas é muito bom conhecer a história de nossa familia.
    Tenho certeza, que a história dos Fantinati é maravilhosa.
    Um abraço.
    yvany
    Email yvanyvila@terra.com.br

  68. Faço parte da Famíli Fantinati com a Machado de Matos, minha avó é nair Fantinati, casada comn Adelino Machado de Matos, quem souber de mais parentes… Minha família tbém tem ligação com os Mantagnini, sou prima do Toninho citado acima. Todos fazemos parte da Fazenda da Onça

  69. Engraçado não constar nada da família FANTINATI. Meus bisos e trisos chegaram à Guaranésia nos anos de 1896-1897 e ficaram por lá até meados de 1940. Outras famílias que vieram na mesma época com eles são os Marangoni e Franchi… Minha trisavó era uma Marangoni e minha bisavó era uma Franchi.
    Eles foram empregados em fazendas…
    Será que é por isso?
    Aqui só são apresentadas as famílias donas de terras e/ou bem sucedidas?
    Eu não entendo isso…

    1. Quem era sua trisavó??? Fiquei curiosa pois minha tia avó era uma Marangoni casada com um Fantinati. Parece que os dois eram primos.
      Aguardo resposta
      Cleide

      1. Oi Cleide, minha bisa se chamava Letizia Franchi e era casada com Oduardo Fantinati.
        O filho deles – Antonio – casou-se com Elvira Marangoni…
        Eu errei ai em cima na postagem… minha trisa era Guerrini.
        Meu e-mail se vc quiser conversar: monicafantinati@hotmail.com

  70. Olá,
    Gostaria de saber mais sobre a família Rossetti e Baroni que viveram em guaranésia… Lendo os posts verifiquei que existe um blog sobre a familia Rosseti, gostaria muito de conhecer… Minha vó ainda é viva e me conta muito sobre a sua infancia, casamento, epoca da escola em guaranésia…

    1. Sou da familia Baroni. Sou Fabiana Baroni filha de Aristeu Baroni e Lucy Romanelli Dias Porto Baroni. Meus avós paternos sao Luiz Baroni ( falecido ) e Maria Aparecida da Silva Baroni, viva e com 85 anos. Moro em Guaranesia.

      1. Seu Bisavô ela Italiano ? encontrei no arquivo de Cosenza :
        Beniamino Baroni, iscritto il –/–/—-
        nato il 08/09/1862 a LAGO
        da Pasquale Baroni e da Teresina Romeo

        será seu Bisavô ? uma vez que varios inclusive o meu Bisâvô Luiz Porto era da mesma região, ( Cosenza ) e vieram para Guaranesia ?

  71. Se alguém tiver notícias dos filhos do casal Gabriel da Costa Guimarães e Francisca Cavalhiera da Costa Guimarães, me envie por favor, que eu ficarei grato. Gabriel da Costa Guimarães era filho de Anna Angelina Alcântara e Joaquim da Costa Guimarães. Tinha dois irmãos: José da Costa Guimarães Luiz da Costa Guimarães. O Gabriel era meu bisavô.

    1. Olá. Meu nome é Marcelo e sou casado com a Adriana, que é neta do José da Costa Guimarães, irmão de seu bisavô. Seu bisavô casou em 1897 em São João da Boa Vista aos 21 anos. Consulte o blog anaangelinaalcantara.blogspot.com/ e encontrará uma foto de seu bisavô. A mãe dele faleceu em São Sebastião da Grama em 22.05.1946. Nunca encontrei o óbito do pai dele. O avô de seu bisavô também se chamava Gabriel da Costa Guimarães e faleceu em 06.11.1891 em Piraju/SP. No óbito da Ana Angelina só consta que ela deixou 02 filhos: o José que faleceu 01 ano depois em Botucatu e o Luis que provavelmente faleceu em Porto Alegre. Não tenho notícias dos filhos de seu bisavô.

  72. Eu bem sei o que é querer saber a origem de sua família eu gostaria muito de saber um pouco mais sobre a famíliada minha bisavó champs mucci que nasceu na síria e veio para o Brasil já adulta não pude conhecê-la mas o meu avô seu filho sempre foi um pai para mim.Embora sejamos brasileiros não esqueço por um momento de minha origem e o quanto a sinto dentro de mim.

  73. Olá, sou nora do Januário Rossetti, esposa do Dalmo, e estou tentando descobrir a cidade de onde sairam os primeiros Rossetti, na Itália. Poderia me ajudar?
    Abraços,
    Marcia

  74. Gostaria de saber sobre a família PONCIANO, estive ai há mais ou menos 8 anos e a paróquia estava fazendo levantamentos, sobre os PONCIANO não localizaram nada? att Claudia Ponciano ( Londrina – Pr)

    1. Prezado Willian,
      Ainda não tive tempo para ir a Guaranésia e ter essa conversa. Estou as voltas com muitas aulas na universidade e recente viagem a Europa.
      Pretendo ir na páscoa e mesmo sendo feriado, quem sabe consigo dar mais um passo nessa proposta.

      Infelizmente também a pessoa que trabalhava na casa da memória e me auxiliava nas propostas não está mais trabalhando lá. Saiu diante da dificuldades…

      Vou falar com o Juíz

    2. Vasculhando a internet, achei este site. Que saudades de Guaranésia e de todos que fizeram parte da minha infancia e juventude nesta cidade.
      Willian, quanto tempo. Falei ano passado com sua mãe, e tive notícia de todos. Ivan David, quanto tempo, não! Me lembro dos seus desenhos ( meio malucos) lembra? Faltam dados da família Santa Eufemia, meu avo faz parte desta historia, senti a falta dele aqui. Até qualquer dia!! Abraço a todos.

    3. Vasculhando a internet, achei este site. Que saudades de Guaranésia e de todos que fizeram parte da minha infância e juventude nesta cidade.
      Willian, quanto tempo. Falei ano passado com sua mãe, e tive notícia de todos. Ivan David, quanto tempo, não! Lembro-me dos seus desenhos ( meio malucos) lembra? Faltam dados da família Santa Eufêmia, meu avo faz parte desta historia, senti a falta dele aqui. Até qualquer dia!! Abraço a todos.

  75. Olá..Meu avô nasceu nessa fazenda em 1911, meu pai em 1939 e também alguns de meus tios.É a família GARBINI, que não consta nos seus arquivos.Meu avô chama-se Antonio, minha avô se chamava Malvina.

    1. Ola Wagner! Minha mãe é irmã da Aparecida Marino Garbini, casada com (acho que seu tio Roberto Garbini), que já é falecido e morava em Santo André.

  76. Elza de Souza Vasconcelos,
    estou uma vez mais a tua procura, vê se manda seu email.
    sou a Lúcia, continuo morando em Goiânia, lembra de mim?
    Beijinhos mil…

  77. Ivan,

    Gostaria de saber informações da familia Marques.
    1-) Aurélio Marques casou-se com Ana Rita de Jesus. Seu filho Francisco Marques é meu avô.
    2-) João Camilo Rosa casou-se com Ana Gabriela Rosa. Sua filha Delminda Rosa é minha avõ.
    Eles moravam na “Chave”, não sei se é fazenda ou bairro, mas agradeceria informações.
    Grande abraço a todos

    Eduardo

  78. Ola,

    Gostaria de saber informações da familia Marques.
    1-) Aurélio Marques casou-se com Ana Rita de Jesus. Seu filho Francisco Marques é meu avô.
    2-) João Camilo Rosa casou-se com Ana Gabriela Rosa. Sua filha Delminda Rosa é minha avõ.
    Eles moravam na “Chave”, não sei se é fazenda ou bairro, mas agradeceria informações.
    Grande abraço a todos

    Eduardo

  79. Prof. Ivan… não encontrei a história da familia gomes david e lelis… meus filhos gostariam de conhecer sua história. A cerâmica Sta Barbara continua até hoje em atvidade.. e foi iniciada por esta famíla… bjs

    1. Prezada Lucia Elena, como vai?
      Pois é, casa de ferreiro, espeto de pau. Ainda nao tive tempo para preparar material sobre a nossa família. A Loli ficou de me enviar alguma coisa mas até agora nada. Estre site/blog funciona assim, com a colaboração das pessoas. Se você tivre alguma fotos, textos por favor nos envie.
      um abraço carinhoso do primo
      Ivan

  80. Ivan, parabéns pela criação do site. Junior, obrigado pela inserção do nome da minha família.
    A colônia sirio-libanesa em Guaranésia é muito grande e tem muita família para entrar nesta lista.

    Do lado libanês, as Famílias JOSE JOÃO (descendentes Nazira, José Carlos, etc…), JORGE JOÃO (descendente Jorge Turquinho).

    Do lado Sírio, além dos já citados HELUANY (não tenho certeza se sírio ou libanês), INÁCIO ABRÃO (na síria, Mansur) e Miguel GIBRIM (pai de Jorge Miguel Gibrim), há também o Jorge DABUL (pai do Nabi), Miguel SIMÃO ABRÃO (pai da Anice mãe do Nabi), José JOÃO e Tamara MUSSI (avôs do Manir), Jorge DAVID (avô do Américo Pereira Dias).

    Há mais árabes que moraram e têm descendentes em Guaranésia. Vou perguntar ao meu pai, Jorge Miguel (Gibrim) e descobrindo outros insiro no site.

    Na colônia Italiana não está cadastrada a família de João POLIMANTI (descendetes Floripes, Afonso, Margarida, Sebastiana, etc…)

    Abraços

    1. Ola Thiago, como vai?
      Obrigado por participar do Blog e colaborar com o resgate da nossa história.
      Estou abrindo páginas para as famílias e quando você tiver mais informações você pode publicar direto na página.
      Se puder me enviar fotos, faça pelo e-mail profivan@yahoo.com.br
      Grande abraço e um ótimo 2010 para você e toda a sua família.

  81. Meu avô era natural de Guaranésia, e chamava-se Jerônimo dos Santos Aguiar, era filho de Gabriel da Costa Guimarães e Francisca Cavalheira Guimarães.

  82. Ivan querido,

    terei o maior prazer em te ajudar. Vou preparar um texto e te mando. Quanto às fotos, penso que talvez a Regina Flamini possa ter.
    beijo grande e um 2010 pleno de realizações

  83. embora eu não tenha nascido em guaranésia, nem meus pais, nem qualquer um dos meus irmãos, guaranésia sempre foi o lugar para onde eu voltei algum dia e onde passei a maior parte do tempo. minhas filhas, elisa, marta, míriam e marina nasceram em guaranésia, mesmo quando eu morava em alfenas e guaxupé. o meu irmão, que faleceu em 97 em um acidente de automóvel, se casou com a maria alice ribeiro do vale e viveu a maior parte de sua vida em guaranésia, tendo inclusive todos seus filhos em guaranésia. alguns moram lá até hoje, inclusive a maria alice e a minha ex-esposa, zélia duarte teixeira. eu também, já que a zélia é da família duarte, filha do seu zé duarte, que veio de poços botelhos e poços de caldas mas adotou guaranésia até sua morte.

  84. Olá! Quando encontrei este site e vi o sobrenome de minha avó fiquei curiosa em saber se existe algum parente dela em Guaranésia.INfelizmente eu não a conheci pois ela é falecida, sei que ela nasceu na cidade, seu nome era OLGA MARANGONI, provavelmente ficaram alguns irmãos , não sabemos quase nada dela, sei o nome se dois irmãos NUTI e CONCEIÇÃO e de seus pais que vieram da Itália MODESTO E ADELE MARANGONI.Por favor me ajude nesta pesquisa.Aguardo a resposta.

    1. Ola Melissa,
      Conheço um marangoni q morou em guaranésia na decada de 20 e hoje vive em Londrina, o Nome dele é Vanilio. Sei que ele ainda possui parentes em guaranésia.
      Qualquer outra duvida me encaminha um e-mail. Tomare que possa ajudar.

    2. Olá Melissa.
      Tem Marangoni sim em Guaranésia. Meu pai foi visitar a cidade e reencontrou um Marangoni… Se não me engano é dono de uma mercearia antiga na cidade.

  85. Olá Pessoal, achei muito interessante este site. Sou de São Paulo, Capital, e recentemente descobri através de minha avó paterna, Maria Aparecida de Paiva, nascida em Guaranésia, que o Avô dela, Israel Delfino Guerra, era o Responsável pelo cartório da Cidade entre 1850-1900(aprox). Gostaria de Saber se alguém sabe quem são os pais de Israel Delfino Guerra e quem são os parentes dele. Quem tiver essas informações eu agradeço muito……..

  86. Meus Pais e Avós são todos de Guaranésia, porém não consta em nenhuma das famílias mencionadas, pelo que meu avô contava, ele foi um dos principais jogadores do Guaranésia FC, acredito que nas décadas de 1920 e 1930. Se possível, favor estender a pesquisa para incluir nossa família na história da cidade, são eles: Avós Paternos, Bernardino Bento da Silva e Antonia Paneli da Silva(Italiana) e Maternos: João Pimenta de Faria (espanhol talvez?) e Gabriela Esmeralda de Faria.
    Obrigado e parabéns pelo site.
    Ronaldo Bento da Silva

    1. Olá Maria Helena, sou bisneta de Rosa Ciuffi, esposa de Atílio Rossetti, que moraram em Guaranésia e que foram para São Paulo. Seus filhos( alguns mortos outros vivos- e netos estão lá – Itaberaba-minha nona está enterrada no cemitério de lá.

  87. Alguem tem informação de Maria da Gloria, filha de Francisco Paulino dos Santos e Francisca Candida de Jesus, nasceu em 1847 em Alfenas, MG, Brazil e morreu em Dez. 29, 1933 em Guaranesia, MG, Brazil.

    1. João Ferreira da Trindade, III nasceu em Mai. 8, 1853 em Alfenas, MG, Brazil e morreu em Jun. 7, 1919 em Guaranesia, MG, Brazil. Ele casou com Maria da Gloria de Jesus. Maria da Gloria, filha de Francisco Paulino dos Santos e Francisca Candida de Jesus, nasceu em 1847 em Alfenas, MG, Brazil e morreu em Dez. 29, 1933 em Guaranesia, MG, Brazil.

    Filho de João Ferreira da Trindade, III e Maria da Gloria de Jesus
    i. 2. Gabriella Maria de Jesus nasceu em 1878 e morreu em Abr. 27, 1968 em Guaranesia, MG, Brazil.
    ii. 3. Jorcelina Rosa da Trindade morreu em data desconhecida.
    iii. 4. Prudenciana Ferreira da Trindade morreu em data desconhecida.
    iv. 5. Placidina Ferreira da Trindade nasceu em Ago. 20, 1889 em Guaranesia, MG, Brazil e morreu em data desconhecida.
    v. 6. João Ferreira da Trindade, IV morreu em Guaranesia, MG, Brazil.
    vi. 7. Gabriel Ferreira da Trindade morreu em data desconhecida.
    vii. 8. Prudêncio Ferreira da Trindade nasceu em 1891 em Guaranesia, MG, Brazil e morreu em Jul. 21, 1912 em Guaranesia, MG, Brazil.

  88. Prezado Benedito, peço-lhe desculpa pelo atraso em responder sua mensagem. Estive no último mês em Natal, RN e pouco tempo tive para ler e atualizar o blog. Infelizmente ainda não tenho previsão de ida a Guaranésia devido ao meu trabalho na universidade aqui em São Paulo.
    Envio-lhe o meu e-mail caso possa me enviar informações sobre sua família para compormos no blog.
    Grande abraço,
    Prof. Ivan profivan@yahoo.com.br

  89. Prezado prof. Ivan:Poderíamos programar para estarmos juntos em Guaranésia.Acima comentei sobre meus pais e revendo notei um equívoco.A minha mãe nasceu em Guaranésia em 08/ 07 / 1914.Meus avós moravam numa esquina ( casarão demolido ) cuja rua continha o fundo do quintal da família Vômero e , em diagonal , também esquina ,morava a família De Lorenzo.Vizinha , do lado de cima , havia a família Moreira ( João/Aparecida ) cuja filha Sônia , que regulamos na idade , eu tenho bastante lembrança e parece-me que mora na cidade até hoje.Gostaria que alguém confirmasse.Separei o livro que escrevi e doarei ao museu e alguns outros exemplares também.Como você sabe sou médico e tenho que preparar a ida com antecedência.Assim levo a minha irmã que nasceu lá e terá mais facilidade no contacto com todos.Espero que venhamos a nos conhecer pessoalmente lá.Abraços:Benedito A.Martins de Lacerda.

  90. Prof Ivan

    Enviei ontem por e-mail uma síntese da história de minha familia materna, os Cesário da Silveira e três fotos.
    Estou agora providenciando a história de minha familia paterna, os
    Vila.

    Um grande abraço!

  91. Teixeira de Vasconcellos, continuo sem saber a origem dos Teixeiras de Vasconcellos, alguem sabe algo, de onde vieram ? ja escutei que eram de Mococa, mas nada encontrei.

    1. Uma professora chamada Benedita Vasconcelos fez um estudo sobre a família Teixeira de Vasconcelos da qual é descendente. Ela mora em São Paulo, mas tem parentes aqui. Certa vez , ela me contou que os parentes dela vieram da região de Ouro Preto para cá fugidos , pois teriam parentesco com os Inconfidentes e estariam sendo perseguidos.

      1. A Benedita , minha querida prima, me ajudou a iniciar meu estudo de genealogia, mais muitas das historias que me contou, pois ela hoje é minha prima mais velha ( 1926 ) ate agora não se comprovaram, a relação que encontrei com os inconfidentes foi que Pedro Teixeira de Vasconcellos meu 3º avó teve como padrinhos : Manoel Pereira de Rezende Alvim e sua mulher Agostinha Carolina Monteira e estes sim descendentes de um inconfidente ( capitão José de Rezende Costa)

        Manuel Pereira de Rezende Alvim. Ele era filho legítimo do capitão-mor Gervásio Pereira de Alvim e de Francisca Cândida de Rezende, nascido na sede da Fazenda Campos Gerais, na Freguesia de Nossa Senhora da Penha de França da Lage, atual Resende Costa, Estado de Minas Gerais. Faleceu antes de 1861

        Agostinha Carolina Monteiro de Barros Galvão de São Martinho. Era filha legítima do capitão de milícias Manuel José Monteiro de Barros e de dona Inês de Castro Galvão de São Martinho e nascida em Ouro Preto, Minas Gerais. O seu nome de casada era: Agostinha Carolina Monteiro de Rezende Alvim. Seus filhos: 1) Manuel Pereira Monteiro de Rezende nascido em 1825 e casado com Prudenciana Umbelina de Assis Rezende; 2) Francisco Monteiro de Rezende nascido em 1827; 3) Maria Agostinha Monteiro de Rezende nascida em cerca do ano de 1828 e casada com Severino José da Costa Maia; 4) Inês de Castro Monteiro Galvão de São Martinho nascida em 1830 e casada com Valeriano Coelho dos Santos; 5) José de Rezende Monteiro Alvim (segundo barão de Leopoldina) nascido em 1831 e casado com Francisca de Paula Monteiro de Barros (segunda baronesa de Leopoldina); 6) Gervásio José Monteiro de Rezende nascido no ano de 1833 e casado com Clara Augusta Monteiro de Rezende; 7) Lucas Eugênio Monteiro de Rezende casado com Mônica Umbelina de Assis Rezende; 8) Antônio José Monteiro de Rezende nascido em 1839 e casado com Ana Carlota Monteiro de Rezende; e, 9) Romualdo José Monteiro de Rezende casado com Joana Evangelista Monteiro Lobato Galvão de São Martinho, nascida em 1841

        Gervásio Pereira de Alvim. Era natural de Coimbra, Beira Litoral, Portugal (Segundo o Doutor José Guimarães, em “As Três Ilhoas”, volume 1, página 249) e filho legítimo de Tomé Afonso Pereira e de Senhorinha Gomes Pereira. A partir de 1788, ele foi escrivão no Juízo da Provedoria da Comarca do Rio das Mortes, situada em São João del Rei, Minas Gerais. Ele residia na sede da Fazenda Campos Gerais, de sua propriedade, na Freguesia de Nossa Senhora da Penha de França da Lage, atual Município de Resende Costa. Foi dono também de outras duas grandes propriedades em Minas Gerais: a Fazenda Sumidouro e a Fazenda Rio dos Bois, esta situada no Curato de Passa-Tempo, hoje Município de Entre Rios de Minas. Desempenhou o cargo de capitão-mor em Minas Gerais. Casou-se com Francisca Cândida de Rezende, no dia 03/03/1791, na referida Freguesia de Nossa Senhora da Penha de França da Lage; e nesta, vindo ele a falecer, no dia 07/03/1837. Casal fundador da família Rezende Alvim que se espalhou por todo o Sul de Minas Gerais. 4, 5, 8

        5 Francisca Cândida de Rezende. Era mineira, natural de São José del Rei, atual Tiradentes, e foi batizada na Freguesia de Nossa Senhora da Penha de França da Lage, atual Resende Costa. Era filha legítima do capitão José de Rezende Costa – um dos participantes da Inconfidência Mineira – e de Ana Alves Preto. Ela deixou testamento datado de 14/05/1843, e faleceu viúva no dia 14/06/1845, na sua Fazenda Campos Gerais, em Resende Costa. Eles tiveram os seguintes filhos: 1) Gervásio Pereira de Rezende Alvim casado com Ana Antônia de Paiva; 2) Manuel Pereira de Rezende Alvim casado com Agostinha Carolina Monteiro de Barros Galvão de São Martinho; 3) Padre Joaquim Carlos de Rezende; 4) Antônio Cândido de Rezende Alvim casado com Francisca Cândida de Azevedo e Paiva; 5) Mafalda Cândida de Rezende casada com Antônio Pinto de Góis e Lara; e, 6) Francisco de Assis Rezende casado com Maria Vitória de Paiva

      2. Não é um erro que uma das pessoas listadas se chame Monteiro Lobato e seja nascida em 1841? Talvez tenha sido um lapso, porque o Monteiro Lobato escritor nasceu muito depois. E nessa família acima tem muitos Monteiros, mas nenhum Lobato.

  92. Nelson, lembro-me muito do José Rossetti, marceneiro, casado com a Bárbara, avós do meu colega de escola de muitos anos, Dalmo, médico em BH. Brincamos muito no quintal do simpatissíssimo casal… tenho uma maquininha de soltar pipa que guardo com muito carinho ganhada do seu Zé Rossetti. Eles deixaram muitos descendentes por aqui…O pai do Dalmo, Januário, mora em Guaranésia… tem muitos Rossetti… a Cristina daqui, filha de outro Carmo… e a minha tia, muito querida, Nardute (Leonarda Rossetti Minchillo), já falecida e que foi casada com o Ítalo Minchillo, meu tio – avô (veja na família Minchillo). Dona Zizi, outro Carmo…

    1. Ola Mauricio!
      Eu sou neto do José Rossetti, mas não este que vc disse, meu avô era casado com a Geralda Paulino, se casaram em Arceburgo, ainda estou pesquisando a familia, mas ao que me parece meu avo tinha dois primos chamados José também, que eram filhos do Attilio Rossetti e do Angelo Rossetti. Como disse antes sou Trineto do Carmine Rossetti, que ficou conhecido como Carmo, ele emigrou para o Brasil com minha trisavó, Olimpia Manzara e mais cinco filhos Attilio, Angelo, Clorinda, Domingos ( este meu Bisavô), Izola ( Ida),em 1899. Em Guaranésia nasceram mais 3 Filhos, Mario, Julio e Guerrino, depois a familia foi para Itatiba entre 1925 e 1932, ai com a revolução em São Paulo, eles voltaram para Guaranésia, onde em 1937 meu trisavô Carmo faleceu, na Fazenda Onça. Meu bisavô Domenico ( Domingos), foi com a sua mulher, Pierina Faverani e filhos, José, Josefina, Paschoal, Geraldo e Armando para Itobi, onde meu avô faleceu em 1993. Hoje nos estamos em São Paulo – SP, mas existem em Guaranésia primos do meu avô, e também em Itatiba e São Caetano – SP, estes são filhos do Julio e da Clorinda.
      Grande abraço.

      1. Prof. Ivan, parabenizo seu trabalho e sua página. Estava procurando informações sobre a família Rosseti e encontrei seu blog. Li o comentário do Sr.Nelson Rosseti, e gostaria de saber se o ele lembra com quem e onde o seu tio-avô Paschoal se casou. Tenho muito interesse em saber desse ramo da família. Estou tentando acessar a página dos Rosseti que o senhor menciona.
        Grata pelas informações.

  93. Bom dia!
    A pouco tempo descobri pelo cartório de Guaranésia que meus bisavós faleceram: um na Fazenda Pontal e o outro na Fazenda Cascalho…
    Essas fazendas ainda existem? Alguém tem alguma informação sobre esses locais?

  94. Ola Prof. Ivan
    Antes de mais nada, gostaria de parabeniza-lo pelo seu trabalho em resgatar a historia de Guaranésia
    Sou trineto de Carmine ( Carmo) Rossetti, e Bisneto de Domingos Rossetti, italianos emigrado com sua familia em 1899, toda a familia se fixou em Guaranésia, para trabalharem na fazenda Onça, onde meu trisavô faleceu. Estou levantando a história da minha familia a algum tempo, atualmente procuro informações sobre minha Trisavó Olimpia Manzara, casada com Carmo Rossetti, pois não sei como localizar o lugar onde ela tenha falecido. Grande Abraço!

  95. Desculpe o lápso e portanto o motivo da volta para reparo no texto que enviei agora pouco.O nome da pintura do tio avô é ” A morte de Fernão Paes Leme.Em tempo, uma das mulheres da família tornou-se a primeira fotógrafa do Brasil.Soube recentemente e já estou contactando a família ( pelo menos estes membros ) para busca de dados que sei que têm. Novamente : Benedito Aurélio.

  96. A minha mãe,Elza Martins de Lacerda,filha de Plinio Martins Pereira e Maria Madalena Martins ( D. mulata ) nasceu em Guaranésia em 08/12/1914.Casou-se com o meu pai Irênio Amazonas de Lacerda,que trabalhou como telegrafista no Correio,assim como o seu pai Manoel Amazonas de Lacerda,também meu avô.O capitão Plínio teve além de terras na região,um hotel, padaria,cartório e afinado com as noites Guaranesianas.Como cito em meu livro muito eu ouví mas também saboreei o lugar.Segundo minha mãe o seu piano tocava no cinema e ainda faz parte da família.Após o primário a minha mãe foi estudar no colégio interno em Itú.O irmão de criação de minha mãe era promotor em São Paulo e em 1968 numa tragédia teve morte cerebral e foi o primeiro doador num transplante cardíaco realizado pelo Dr. Zerbini no Brasil.Foi notícia na época em vários jornais e revistas.Ainda um garoto lembro-me que ele confidenciou-me que morreria e cederia o seu corpo para a ciência poucos dias antes ( Ele sabia que eu queria ser médico ).Sôbre sua filha e demais entes mais chegados perdi o contacto.Devo ter fotos e materiais correlatos da época.Conversarei com meus irmãos e volto a manter contacto.Este assunto muito me interessou porque pretendo fazer um livro agora buscando os antepassados maternos e paternos que é interessante pois envolve a vinda da família da avó paterna,falecida precocemente,da Europa,estada na Argélia ( Oran ) e desenlaces na chegada ao Brasil.O meu tio avô por tradição familiar era pintor e deixou vasta obra no país sendo alguns de seus quadros ” Tiradentes ” que fica no Palácio do Governo em Belo Horizonte, ” A morte do bandeirante Bartolomeu Bueno ” , ” A descida da serra de São Carlos “, esse na casa de uma tia , uma nota de cinco mil cruzeiros cuja estampa é de Tiradentes e aqui serviu de modelo o meu tio mais novo que me parece ter nascido em Guaranésia.Uma de minhas tias deu-me de presente a tal nota.A gente começa a buscar e se surpreende com a riqueza da História.Pelo visto vamos entrar em sintonia.Outro abraço e até breve! Benedito Aurélio.

  97. Cara
    Niusa Regina Dainese Varela

    A Gabriella era minha bisavó, complementando sua informação que esta precisa ao extremo,confere com os registros que tenho, a Cezarina casou com Clemente Scagnone e mudou para a Itália, segundo me contaram o Clemente foi o pintor dos afrescos da Igreja Matriz.
    O Pretestato Alvaro ( *1865) casou com a Maria Angélica Fontes em 1892 .
    Minha duvida é Onde o Pedro conheceu a Albina Deolinda dos Santos ? Uma vez que ela era carioca ?
    Ela teve o Pretestato com 13 anos de idade ? isto me parece estranho, mais são o que os documentos provam.
    Porque a Albina morava com o Pretestato ? porque não com meu Bisavô Antenor ?
    O Pedro tinha posses ? pois não encontro o inventario do Pedro
    Encontrei também um João Teixeira de Vasconcellos que casou em 2 núpcias com Maria Joana de Jesus em 26 de maio de 1900, somente 4 meses após a morte de sua primeira esposa Fructuosa Maria do Carmo, com qual teve 3 filhas, e ai complica as coisas, em um a certidão tem como avós paternos Jose Teixeira de Vasconcellos, e como testemunha do 2 casamento tem um Jose Teixeira de Vasconcellos que pela idade informada deve ser irmão.
    VC saberia disser se o João Teixeira de Vasconcellos e o Jose Teixeira de Vasconcellos ( não podemos confundir com meu tio Avô Zé Teixeira que faleceu recentemente e era filho do Antenor) eram irmão do Pedro, e que o outro Jose Teixeira seria o Pai ?
    Vamos trocar informações em privado ? pois talvez estas informações não interessam aos outros.

    Muito obrigado pela resposta

    William H. Richter
    Whrichter_br@yahoo.com.br

  98. Os descendentes de Anna Antonia da Silva e João Rodrigues de Freitas,
    por favor, entrem em contato comigo.
    Anna Antonia é minha tia avó. Estamos pesquisando a história da familia,
    e ainda não encontramos nenhuma informação sobre eles.

    E-mail: yvanyvila@terra.com.br

    Obrigada

  99. Fazenda da Serrinha
    minha trisavó Albina Deolinda dos Santos nascida no RJ, falecida em Guaranesia em 31/8/1912 casada com Pedro Teixeira de Vasconcellos.
    Ela faleceu na Fazenda da Serrinha, alguem sabe onde é esta fazenda ?
    obrigado

    1. Caro William,

      A Fazenda Serrinha pertenceu aos meus antepassados, meu avô a perdeu em uma hipoteca, também estou a procura dos dados,
      quanto aos seus antepassados Pedro Teixeira de Vasconcellos, era pai de Pretextato Alvaro de Vasconcellos casado com Maria Angélica Fontes a irmã de minha bisavó, proprietária da Fazenda Serrinha em Guaranésia – Minas Gerais, parece que foi loteada e virou um bairro, ainda estou pesquisando.

      Pedro Teixeira Vasconcellos – faleceu em 22/12/1901 – Registro Civil de Guaranésia – Folha 162 – termo 540 em 24/12/1901 às 18:00 hs. na Fazenda Serrinha, aos 62 anos, deixou 03 filhos
      – Pretextato, Antenor e Cezarina.

      Antenor Teixeira de Vasconcellos casou-se com Gabriella Maria de Jesus filha de João Teixeira de Trindade e Maria da Glória de Jesus, em 11/07/1896 na Matriz de Santa Bárbara em Guaranésia.

      Se você tiver alguma informação da Fazenda Serrinha, ou de seus antigos proprietários, por favor me avise.

      obrigada

  100. BOA TARDE MEUS AVÓS ERAM FAZENDEIROS AÍ E NAO VI O NOME DELES NAS FAMILIAS GUARANÉSIANA,JOAQUIM ANTONIO FRANCO CONHECIDO COMO PINDÚCA, ANTONIO FRANCO,ALCIDINO FRANCO,ALCINO INACIO FRANCO, PODERIA ME RETORNAREM?JÁ QUE NÃO MORO MAIS AÍ,

      1. Olá Ivan, obrigada por me responder, mas como uma familia , enorme de fazendeiros, não consta entre as familias
        .
        Viq ue tem a familia Segretti,a dona Nadir , esposa do Benedito Segreti, tbm é Franco, por favor peço que dê uma pesquisada,pois a familia Franco foi tema de brasão em uma escola particular, pelo livro e brasão .

        Esta senhora Ednéia Franco, professora em São José,residente na rua Ben tem o livro com todos dados.
        Onde consta que a Familia Franco , vem desde tiradentes e com raizes em Guaranésia,tenho certeza que ese livro vai te ajudar sobre varias familias,pois se casavam entre primos etc.

        Grande abrço

      1. Cuca , vc é o sobrinho da Tia Nadir Franco, e doTio Dito Segretti,pais da Valéria e da Valquiria?

        Cuca se for, a tia nadir tbm é familia Franco, ajude me a colocar minha familia na memoria dessa cidade que tanto brinquei e nadei ,

        Bjs Lara

      2. Oi Lara, sou de Guaranesia, mas moro a mais de 30 anos em Cuiabá/MT, e me lembro da Valéria, estudei com ela. Todos meus tios, primos ainda moram em Guaranesia e Guaxupe. Saudações, e também me lembro do Cuca. Sou Marcia da familia Medeiros.

  101. Continuo procurando informações de meus Trisavós:
    João Ferrreira da trindade *1853 +1919 casado com Maria da Gloria de Jesus *1847 +1933 , dissem que parte da familia mudou para Guaxupé
    Quem tiver informação de seus descendentes por favor me avise, estas informações são para meu trabalho de genealogia

  102. Acredito que os dados abaixo possam contribuir para as memórias de Guaranésia:

    Os avós paternos de meu pai (Giuseppe Mombelli e Luigia Facchinetti) faleceram em Guaranésia na década de 30 – Os maternos (Carmo Roscetti* e Olimpia Mansera) moraram até a década de 40 nessa cidade.
    Meu pai, José Mombelli nasceu da Fazenda da Onça e sua prima (Ana Mombelli) foi casada com o Administrador da Fazenda Ipíranga (Alfredo de Carvalho). Os filhos do casal ainda vivem em Guaranésia (Zenaide – João Carlos etc).
    Minha avó materna, nascida na Itália (Catharina Faverani) casou-se com Joaquim Francisco de Castro ** e também viveu em Guaranésia até a década de 40. Minha mãe e seus irmãos nasceram na Fazenda Catitó.

    *Na listagem dos sobrenomes italianos existe a família Rossetti que pode ser a de minha nonna Ida, porém a grafia correta do sobrenome é Roscetti.

    ** Meu avô Joaquim Francisco, segundo minha mãe, era descendente de escravos e, até o momento não consegui nenhuma documentação do mesmo. Agradeceria se alguém pudesse orientar-me quanto a esta pesquisa.

    Tenho todos os documentos de meus antenati acima citados (menos de Joaquim e Catharina) e se houver interesse para a cidade posso fornecer cópias.

    Tenho muito orgulho de minhas origens mineiras – estive em Guaranésia há mais ou menos 5 anos fazendo minhas pesquisas e pretendo voltar em breve – tenho lembranças gostosas de minhas férias na cidade.

    um abraço da

    Edna Mombelli Citero
    São Caetano do Sul – SP

    1. Ola Edna!
      Andei pesquisando aqui nas minhas anotações, e tudo indica que sua nonna Ida, é realmente a irmã do meu bisavô Domenico Roscetti, que também foi casado com uma irmã de sua avó materna Catharina Faverani. Ele se casou em Arceburgo com Pierina Faverani em 1916.
      Entre em contato para trocarmos mais informações
      nelson.rossetti@gmail.com

  103. Ola à tempos eu estou tentando pesq sobre minha familia paterna que sao os marianos e os marques as poucas inf que meu pai sabe sao que seus pais Augusto Mariano e sua mae Cesarina Marques trabalharam na fazenda bebedouro como lavradores apos a morte do meu avo em 1951 minha avó mudou-se p/ sao paulo meu pai tinha 1 ano e o msm tbm quer saber um pouco do passado de sua familia estamos curiosos p/ obter + informaçoes BjoOOs bjOoos Aline Mariano

    1. Olá Aline. Eu me chamo Cairo Marques e acabei descobrindo que somos primos. Sua avó (Cesarina Marques) é irmã de meu pai (Francisco Marques) ambos já falecidos.
      Sou nascido em Guaranésia, criado em São Paulo, e atualmente moro em Boston, nos Estados Unidos.
      Quando criança ia anualmente para Guaranésia junto com minha avó (mãe de sua avó). Gostaria de conhecer você um pouco mais. Escreva para mim Cmarques01@comcast.net.
      Abraços. Deus te abençoe.

  104. Falta também a minha família… FANTINATI…
    Meus bisavós eram Oduardo (Odoardo ou Eduardo) Fantinati e Letizia Franchi…
    Meu avô Alberto Fantinati (local de nascimento desconhecido, mas morou em Guaranésia)
    Meu pai Mario Fantinati nasceu na Fazenda Santa Terezinha (Guaranésia).
    Vi nesta lista os sobrenomes Franchi e Marangoni… nomes citados até hoje por meu pai (que já tem 82 anos).
    Descobri também que o atestado de óbito de meu bisô Oduardo foi escrito errado (ao invés de FANTINATI aparece como INFANTINI)… será que minha família tem um parte com registro errado?
    Estou juntando a documentação para a cidadania italiana e o único que eu não encontro é o Alberto Fantinati… O cartório de Guaranésia não o localizou…
    Se puder me ajudar me dando alguma dica, eu agradeço e muito!

    1. Monica,
      Estava bisbilhotando na internet e encontrei seu comentario. Meu pai nasceu em Guaranesia. Era filho de Narciso Fantinati e Ercilia Chiuli. O Narciso tinha um irmão chamado Alberto Fantinati e outro Ilario Fantinati. Apenas me lembro destes, mas com certeza tinham outros. Todos moravam na cidade de São Caetano do Sul, onde ainda residem grande parte da familia, i.e., São Caetano, São Bernardo e Santo Andre. Tenho ainda viva uma tia, filha do narciso, que tem muitos detalhes da familia. Espero ter auxiliado em suas pesquisas. Saudações da familia!.

      1. Oi Emilia, tudo bem?

        Sim, meu avô era o Alberto, irmão do Narciso e do Ilário.

        A tia que vc fala que é filha do Narciso é a Nena? Se for, já falei com a filha dela – a Leila – que diz nao saber nada do Narciso, só que ele chegou ao Brasil já adulto…

        Por favor, entre em contato comigo pelo e-mail monicafantinati@hotmail.com

        Obrigada!

    2. Olá, desculpe, mas vi esses comentários e aqui em Brodowski-SP, tem família Fantinatti, conheci o sr. Arquimedes e o sr Primo Fantinatti, e sou amigo de infância de vários netos do sr Primo, deve ter ligação com voces.

      1. Oi Dauro.
        Se esses Fantinatis vieram da Itália para Guaranésia, Monte Santo ou outra cidade de MG, SIM, são meus parentes.
        Mas, se eles vieram da Itália para o interior de SP ou divisa com PR (principalmente Ourinhos), NÃO, não são parentes.
        Os FantinaTTis (com dois T, inventado em cartório) geralmente não são meus parentes.
        🙂
        Eu estudo as duas famílias desde 2009 e até na Itália são consideradas duas famílias distintas.

        Mas, se vc puder perguntar pra esses netos do Sr. Primo quem era o “antenato” que veio da Itália, eu posso dizer mais precisamente se sim ou não…

      2. OlaMonica!!! Procuro familía Marangone e Guerini. … Pode me ajudar ? Eles vieram da Italia, para Guaranésia …

  105. Cara Elza
    Tb somos primos, sua irmã Myrian e eu estamos pesquisando os Teixeiras de Vasconcellos, me envie seu e mail
    Descobri um outro Jose Teixeira de Vasconcellos de Mococa que provavelmente foi bisavô do Antenor Teixeira de Vasconcellos, logo meu 4 avô.

    abraços

    whrichter_br@yahoo.com.br

  106. Cara Yvany, tenho documentos que o Joaquim era casado com Delfina, a historia da escrava Quiteria deve ser comprovada, pois acho com todo respeito improvavel, principalmente conhecendo o Franscico Porto, meu vô filho da Maria Antonia
    Fico feliz de descobrir mais uma Prima, que por sinal é muito simpatica.
    vamos pesquisar juntos com todos os Portos esta historia.
    abraços

    1. Minha mãe Nelia Pulcinelli de Medeiros nasceu em Guaranésia ,na rua Sete de Setembro. Filha de André Pulcineli e Ignez Ciuffi . O André Pulcineli era paulista de Amparo e residiu em Guaranésia pelo motivo de ser jogador de futebol. A Ignez nascida também em Guaranésia, era a terceira de sete irmãos: João Ciuffi , Ana Ciuffi , Horacio Ciuffi ,Catarina Ciuffi , Francisco Ciuffi e Antonio Ciuffi.

      O site com a Familia Pulcinelli está em http://www.deciomedeiros.com.br/genealogia/pulcinelli/

      O site com a Familia Ciuffi está em
      http://www.deciomedeiros.com.br/genealogia/ciuffi/

      1. Higor
        tenho somente esta informação sobre os Castelar

        Francisco Castelar Lopes
        27 Set 1910 na Espanhã e falecido em Out 1972 em Santo Andre

        provavelmente seu parente, favor me diga o nome do seus pais, avos, bisavos e trisavos

        para conferir a informação genealogica

        at

        William

      2. Olá William
        Os pais de minha avó paterna sâo: Francisco Jodar Navarro e Carmen Picão Escudeiro, e os pais de meu avô paterno são: Pedro Castelar Lopes e Maria Jodar Navarro.
        um abraço e obrigado.

      3. Otimo, chegamos um um Castelar Lopes, vc tem as datas de nascimento e falecimento dos seus avós ?

        será o Pedro irmão do Francisco ? quem eram os seus bisavos ?

        at

        William

      4. Olá William.
        Conforme apurei por aqui, meu bisavo Pedro Castelar Lopes, veio da Espanha com dois irmãos, um morreu no navio e ou outro se chamava Francisco Castelar Lopes.
        Minha avó vai procurar nos documentos que ela guarda mais informações.
        Valeu, obrigado.

      5. CAro Higor

        favor me enviar um e mail em PVT

        tenho toda a informação sobre seu tio Francisco, que não conheci, ele era casado com minha querida tia “Diola” Deolinda Porto

        vc poderia descobrir o nome dos pais do PEdro ? de que região da espaha eles eram ?

        meu e mail

        whrichter_br@yahoo.com.br

      6. Pedro Castelar Navarro, espanhol, conheci muito. Gente finíssima o seu Pedro! Procure netos no face: Mauri Castelar e Marilda Castelar são filhos de João Castelar e netos do Pedro (ambos já falecidos). Muitos outros Castelar Navarro por aqui, sim.

    1. 1a Geração

      1. Gerônimo Castelar morreu em data desconhecida. Ele casou com Celestrina Lopes.

      Filho de Gerônimo Castelar e Celestrina Lopes
      i. 2. Francisco Castelar Lopes nasceu em Set. 27, 1910 em Espanhã e morreu em Out. 1972 em Santo André, SP, Brazil.
      ii. 3. Pedro Castelar Lopes nasceu em Espanha e morreu em data desconhecida.

      2a Geração (Filhos)

      2. Francisco Castelar Lopes (Gerônimo1) nasceu em Set. 27, 1910 em Espanhã e morreu em Out. 1972 em Santo André, SP, Brazil. Ele casou com Deolinda Olimpia Porto. Deolinda Olimpia, filha de Luigi Porco (Pasquale4, Gabriele Maria3, Antonio2, Pasquale1) e Maria Jezuina de Jesus (Severiano Gonçalves da3, Joaquim Antonio da2, Antonio Joaquim da1), nasceu em Out. 10, 1909 em Guaranésia, MG, Brasil e morreu em Mar. 10, 1984 em Santo André, SP, Brazil.

      Outros eventos na vida de Deolinda Olimpia Porto
      Enterro Santo André, SP, Brazil

      Filho de Francisco Castelar Lopes e Deolinda Olimpia Porto
      i. 4. Antonio Castelar Lopes morreu em data desconhecida.
      ii. 5. João Castelar Lopes morreu em data desconhecida.
      iii. 6. Pedro Castelar Lopes.
      iv. 7. Gessi Castelar Lopes nasceu em Out. 10, 1936 em Guaranésia, MG, Brasil.
      v. 8. Rosa Castelar Lopes.
      vi. 9. Maria Castelar Lopes.
      vii. 10. José Castelar Lopes morreu em data desconhecida.
      viii. 11. Francisco Castelar Lopes, Filho morreu em data desconhecida.

      3. Pedro Castelar Lopes (Gerônimo1) nasceu em Espanha e morreu em data desconhecida.

      só não publico mais dados para preservar a privacidade dos VIVOS
      at
      William H. Richter

  107. William, você é meu parente!

    Severiano Gonçalves e Jesuína Escolástica são meus bisavós. Eles não nasceram em Guaranésia, chegam á essa cidade, por volta de 1870-75.
    O casal chegou em Guaranésia, comprou terras, prosperou, tiveram 12 filhos, todos guaranesianos. Entre esses filhos, estão sua avó Maria Antonia e minha avó Higina, mâe de meu pai.
    A historia da união do casal é muito bonita! Ele, filho da Escrava Quitéria com o Português Joaquim Gonçalves, ela filha de uma familia abastada. E´uma hitória de romance e fuga.
    e-mail:yvanyvila@terra.com.br
    um abraço
    yvany

  108. Prezado Leitor e possível colaborador.

    Estou realizando uma pesquisa de meus ancestrais que trabalharam na fazenda da Onça e Ipiranga, gostaria de saber se existem registros dos lavradores que trabalharam nas mesmas entre os anos de 1890 a 1950.
    Procuro os seguintes ancestrais.
    José Vicente de Lima cc Ana Humbelina Rezende e Amélia Maria
    Francisco Vicente de Assis – Foi proprietário da Fazenda do Morro Preto
    cc Thereza Maria de Jesus
    Francisca de Paula Lima cc Leonina Maria de Jesus
    João Onofre Calixto cc Iolanda Maria de Lima
    Onofre José Domingues cc Margarida Francisca de Jesus

    Desde jah agradeço

  109. oie!!!!!!!!!!!!
    quanta saudades de guararnesia.
    sou filha do jose teixera vasconcellos, irmã da myrian, aloizio, toca( da destilaria), regina (mulher do jorge 1º de maio), vê se não esqueçam de colocar a familia vasconcellos aí, ok?
    boa parte dela esta em goiania, (irene, gema, eu, marcelo…, silvio fedato)…
    estamos aqui!!!!
    estou fazendo orkut… não esqueçam de mim!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    1. Olá, Elza. Acho que voce nao me conhece, nasci em Guaranesia, mas sempre vivi na Várzea, onde meus pais tinham venda, eram duas vendas, a nossa e a do povo da Cida do Toninho Lopes, que depois mudou a venda dela para perto do Celeirinho. Vi menção dos nomes de Irene e Gema, e lembrei-me que minha cabeleireira chamava Gema, morava na subida da Julio Tavares, e como nasci e vivi até 17 anos, consigo me recordar de quase todo mundo da subida da Várzea. Será que sao as mesmas pessoas que conheci? Hoje tenho 53 anos, sou casada, tenho 02 filhos, moro em Cuiabá e meu esposo esta prometendo ir comigo e minha irma cacula aa minha inesquecivel Guaranesia. Ainda bem que ja aposentei pela Caixa Econ.Fed, e nao preciso mais passar tanto tempo sem ir ate la. Tudo de bom pra vc e boas lembranças. Meu E-Mail marcinhamedeirosm@gmail.com e fone 65-3661.7657. Minha mae tambem sente saudades de todo mundonde lá.

  110. Ivan, essa fotografia antiga da cidade que aparece aí acima com a igreja antiga de duas torres… de que ano é? Coloca ela ampliada aí pra gente…
    abraço.

  111. A Sra Ana Maria da casa paróquia de Guaranésia esta fazendo um lindo trabalho cadastrando dos os livros da igreja, porque não dispor estas informações na internet ?

    1. William, tudo bem? Parte dos livros da igreja de Guaranésia já está online há tempos no Family Search…. Batismos, matrimônios e óbitos de 1837 a 1919… Eu mesma encontrei dados dos meus parentes lá. Abraço!

  112. Estou tentando fazer um levantamento da origem de minha família que tem uma das origens em Guaranésia, tendo descobrir quem são os pais de:
    Severiano Golçaves da Silva e sua esposa Jezuina Escolastica de Jesus, Pedro Teixeira de Vasconcellos e sua esposa Albina Deolinda dos Santos.
    João Ferreira da Trindade e sua esposa Maria da Gloria de Jesus.
    estes todos meus trisavôs, agradeço qualquer informação como filiação data de nascimento . irmãos, etc ,
    whrichter_br@yahoo.com.br

    1. Meu bisavô chegou a Guaranésia no fim do século 19 o nome dele era Honório Pinto Paixão e teve vários filhos, entre eles meu avô João Pinto Paixão.
      Pois bem, gostaria de saber se existe ainda algum descendente nosso em Guaranésia, já que o velho João Pinto ainda moço partiu pra região de Barretos. Entre os irmãos que ficaram em Guaranésia tinha o Antonio Pinto Paixão e José Pinto Paixão.
      Sem mais agradeço de antemão e fico no aguardo.

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s