Família Pulcinelli

Página

Descendentes de Vincenzo Pulcinelli

 

 

Primeira Geração

 

      1. Vincenzo Pulcinelli nasceu entre 1871 e 1872 em região da Toscana, Italia. Ele faleceu em 9 abril 1951 em São Paulo, SP, Brasil e foi enterrado em Cemitério da Quarta Parada, SP.

 

Vincenzo casou-se com Rosa Luigia Mazzocato, filha de Giuseppe Mazzocato e Adelaide Gasparetto, em 14 outubro 1893 em Paroquia de N.S. da Conceição, Campinas, SP. Rosa nasceu em 2 outubro 1876 em Comune de Cornuda, Provincia de Treviso, Região de Veneto, Italia e foi batizada em 3 outubro 1876 em Parrocchia di San Martino Vescono, Cornuda, Treviso . Ela faleceu em 15 março 1949 em Bairro do Pari, São Paulo, SP, Brasil e foi enterrada em Cemitério da Quarta Parada, SP.

 

Eles tiveram os seguintes filhos

 

+           2 M        i.   José Pulcinelli nasceu  em 7 setembro 1894 e faleceu em 19 outubro 1969.

 

+           3 M       ii.   Andrea Pulcinelli nasceu  em 2 outubro 1896 e faleceu em 9 janeiro 1968.

 

+           4 F       iii.   Antonieta Pulcinelli nasceu  em 26 janeiro 1899.

 

               5 M      iv.   Cyrillo Pulcinelli nasceu em 20 fevereiro 1902 em Amparo, SP e foi batizado em 23 fevereiro 1902 em Matriz N.S. de Amparo, SP. Ele faleceu em 14 março 1973.

 

+           6 F        v.   Adelina Pulcinelli nasceu  em 8 julho 1904 e faleceu em 9 junho 1981.

 

+           7 M      vi.   Bruno Puccinelli nasceu  em 20 agôsto 1907 e faleceu em 10 setembro 1965.

 

               8 F      vii.   Elydia Pulcinelli nasceu em 9 janeiro 1912 em Amparo.SP e foi batizada em 13 outubro 1912 em Matriz N.S. de Amparo, SP .

 

               9 M    viii.   Roberto Pulchinelli nasceu em 9 agôsto 1913 em Amparo.SP e foi batizado em 25 abril 1915 em Igreja Matriz de Amparo, SP. Ele faleceu em São Paulo, SP.

Roberto casou-se com Tereza est inicio 1949.

 

             10 M      ix.   Leoncio Pulcinelli nasceu em 13 agôsto 1915 em Amparo.SP e foi batizado em 4 dezembro 1915 em Matriz N.S. de Amparo, SP. Ele faleceu em 4 agôsto 1979 em Jardim America, SP.

 

             11 F        x.   Elydia Pulcinelli nasceu em 3 julho 1918 em Amparo, SP e foi batizada em 11 março 1919 em Matriz N.S. de Amparo, SP . Ela faleceu em Amparo, SP livro de obitos #24 fls 127v.

 

             12 M      xi.   Vicente Pulcinelli Junior nasceu em 16 dezembro 1922 em Amparo.SP. Ele faleceu em 16 junho 1976 em Bairro da Liberdade, São Paulo, SP.

 

 

Segunda Geração

 

      2. José Pulcinelli (Vincenzo) nasceu em 7 setembro 1894 em Chacara de Eliziario Ferreira, Campinas, SP e foi batizado em 7 outubro 1894 em Paroquia de N.S. da Conceição, Campinas, SP. Ele faleceu em 19 outubro 1969 em bairro do Belenzinho, São Paulo, SP.

 

José casou-se com Anna Francisca Villela, filha de Thomás Villela e Concheta Cherminara, em 23 fevereiro 1922 em Amparo, SP. Anna nasceu  em 24 outubro 1903. Ela faleceu em 21 agôsto 1982 em São Paulo e foi enterrada em Cemitério da Quarta Parada.

 

 

José e Anna tiveram os seguintes filhos:

 

             13 M        i.   Romeu Pulcinelli nasceu em 6 janeiro 1923 em Amparo.SP. Ele faleceu em 2 novembro 1997 em São Paulo e foi enterrado em Cemitério São Pedro- Vila Alpina..

 

             14 F        ii.   Lidia Pulcinelli nasceu em 9 novembro 1924 em Amparo, SP. Ela faleceu em 4 julho 1994 em São Paulo e foi enterrada em Cemitério da Quarta Parada.

 

             15 M      iii.   Antonio Pulcinelli nasceu em 16 novembro 1926 em Amparo, SP.

Antonio casou-se com Maria Celia Marques, filha de Manoel Marques e Maria Natividade, em 26 outubro 1962 em Igreja de São José, bairro do Brás, SP. Maria nasceu em 12 agôsto 1926 em Alto Vesúveo. Ela faleceu em 16 maio 2003 em Hospital São Cristovao, bairro da Mooca, SP.

 

             16 M      iv.   José Carlos Pulcinelli nasceu  em 6 agôsto 1932. Ele faleceu em 5 junho 2004 em São Paulo.

José casou-se com Elisa Guarnieri.

 

      3. Andrea Pulcinelli (Vincenzo) nasceu em 2 outubro 1896 em Amparo, SP, Brasil e foi batizado em 4 outubro 1896 em Amparo, SP. Ele faleceu em 9 janeiro 1968 em Belenzinho, São Paulo, SP, Brasil e foi enterrado em Cemitério da Quarta Parada, SP.

 

Andrea casou-se com Ignez Ciuffi, filha de Francesco Maria Ciuffi Primo e Maria das Dores de Nazareth, em 29 setembro 1926 em Guaranésia, MG, Brasil. Ignez nasceu em 30 maio 1901 em Guaranésia, MG, Brasil e foi batizada em 15 junho 1901 em Guaranésia, MG, Brasil . Ela faleceu em 5 novembro 1985 em São Paulo, SP, Brasil e foi enterrada em Cemitério da Quarta Parada, SP.

 

Eles tiveram os seguintes filhos

 

             17 M        i.   Geraldo Pulcinelli nasceu em 1 julho 1927 em Guaranésia.MG.

Geraldo casou-se com Enir Crispim. Enir nasceu estimado 1925 em Juiz de Fora, MG. Ela faleceu em 25 março 2007 em Goiania?.

 

             18 F        ii.   Nelia Pulcinelli nasceu em 4 março 1929 em Guaranésia, MG, Brasil e foi batizada em 27 julho 1930 em Arceburgo, MG .

Nelia casou-se com Jacy Martins de Medeiros, filho de Antonio Martins de Medeiros Junior e Julieta Silveira Machado, em 6 julho 1950 em Igreja de Santo Antonio, Passos, MG, Brasil. Jacy nasceu em 1 junho 1927 em Fazenda do Retirinho, Passos, MG, Brasil. Ele faleceu em 11 outubro 1976 em São Paulo, SP, Brasil e foi enterrado  em 12 outubro 1976 em Cemitério da Quarta Parada, SP.

 

             19 M      iii.   Nadir Pulcinelli nasceu em 16 janeiro 1932 em Guaranésia.MG.

Nadir casou-se com José Calais Salles, filha de João de Calaes de Salles e Maria José de Jesus, em 25 maio 1949 em Passos, MG. José nasceu em 19 outubro 1920 em Guaxupé, MG.

 

             20 M      iv.   Valter Pulcinelli nasceu estimado 1934 em Guaranesia, MG. Ele faleceu faleceu pequeno.

 

             21 M       v.   Vicente Pulcinelli Neto nasceu estimado 1936 em Guaranesia, MG. Ele faleceu faleceu pequeno.

 

      4. Antonieta Pulcinelli (Vincenzo) nasceu em 26 janeiro 1899 em Amparo, SP e foi batizada em 12 fevereiro 1899 em Amparo, SP .

 

Antonieta casou-se com Antonio Manso de Almeida, filho de Manoel Manso de Almeida e Deolinda, em 22 dezembro 1917 em Amparo. Antonio nasceu em 16 julho 1891 em Amparo.SP.

 

 

Antonio e Antonieta tiveram os seguintes filhos:

 

             22 M        i.   Raul Pulcinelli Amancio.

 

             23 M       ii.   Nelson Pulcinelli Amancio nasceu em 9 janeiro 1924 em Amparo.SP. Ele faleceu em 30 junho 1991 em Bairro da Saude, São Paulo, SP.

Nelson casou-se com Clelia Fontoura em 20 setembro 1967 em Bairro do Pari, São Paulo, SP.

 

             24 F       iii.   Arlete Pulcinelli Amancio.

Arlete casou-se com Moises dos Anjos Fernandes.

 

      6. Adelina Pulcinelli (Vincenzo) nasceu em 8 julho 1904 em Amparo, SP e foi batizada em 18 outubro 1904 em Matriz N.S. de Amparo, SP . Ela faleceu em 9 junho 1981 em Bairro do Pari, São Paulo, SP.

 

Adelina casou-se com Duilio?.

 

Eles tiveram os seguintes filhos

 

             25 F         i.   Maria Therezinha Biagini nasceu  em 17 junho 1930. Ela faleceu em 23 dezembro 1995.

Maria casou-se com Paulo Carrara.

 

      7. Bruno Puccinelli (Vincenzo) nasceu em 20 agôsto 1907 em Amparo, SP e foi batizado em 5 dezembro 1907 em Matriz N.S. de Amparo, SP. Ele faleceu em 10 setembro 1965 em São Paulo, SP.

 

Bruno casou-se com Jovita de Oliveira, filha de Jovito Emilio de Oliveira e Olivia Guedes, em 20 fevereiro 1936 em Pari, São Paulo, SP. Jovita nasceu em 25 dezembro 1912 em São José do Rio Pardo, SP.

 

Eles tiveram os seguintes filhos

 

             26 M        i.   Sidney Puccinelli nasceu  em 16 agôsto 1940. Ele faleceu em 30 outubro 1988.

34 comentários sobre “Família Pulcinelli

  1. Ricardo Luiz de Oliveira

    Ola, Mario e Adriana, sou Ricardo Luiz de Oliveira, filho de Amaury Luiz de Oliveira e neto de Ana Julieta Cacetari Puchineli, filha de Ignacio e Fortunata. Nossos avos eram irmaos! Vivo no Chile… Lhes envio um grande e fraterno abrazo!

  2. Regina pulcinelli

    Sou da família Pulcinelli. Meu bisavô chamava-se Averardo Pulcinelli, casado com Elisa.Meu avô era Nello Pulcinelli, casado com Hermínia Petrillo Pulcinelli. Não sei se sou do mesmo ramo da família. Se alguém souber algo, favor deixar um comentário.
    Abraços!!

  3. Larissa Machado

    Boa noite. Meu tataravô se chamava David Pulcinelli, chegou ao Brasil com 17 anos, na cidade de Amparo – SP. Se casou com Catharina Pulcinelli em Amparo. Seu filho, meu bisavô, se chamava Luiz Pulcinelli e se casou com Antonia Colombo Pulcinelli. Sua filha é minha avó, Lucilla Pulcinelli.

    Gostaria de saber se alguém tem mais alguma informação.

    Obg.

    Larissa Machado.
    larissamachado49@hotmail.com

  4. Ricardo Luiz de Oliveira

    Queridos parentes! Que tal colocar em prática um encontro entre os descendentes Puccinellis?! Estarei por três semanas no Brasil, entre 1º de janeiro e 16/01. Poderíamos coordenar uma reunião em Guaranésia, com “farofa” e tudo o que temos direito, para conhecer-nos e conversar sobre nossos queridos avós! Que acham de começar uma programação, enviando idéias e sugestões?! Um grande abraço a tod@s,
    Ricardo

  5. Adriana Pulcinelli

    Olá familia Pulcinelli, estou tentando localizar alguns primos, mas não sei muita coisa, meu pai se chamava Angelo Pulcinelli nasceu em Mogi Mirin, ele devia ter +- uns 65 anos hoje, filho de Luiz Pulcinelli e Duzolina Zinetti.

  6. Mario Luiz Cardoso Pucinelli

    Ricardo, obrigado pela resposta. Fiquei feliz de achar familiares depois de tanto tempo. Coisas da internet!
    Lembro bem de visitar a vo’ Fortunata em Americana, quando perguntavamos sua idade ela sempre respondia “cinquenta oto” com sotaque carregado, e todos riamos muito. Meu pai pediu para confirmar se o Rogerio Cardoso tinha ligacao de casamento ou consaguinea com os Pucinelli. Eles se encontraram a ultima vez por acaso no aeroporto Santos Dumont no Rio, conversaram, mas papai nao lembra o grau de parentesco.
    Forte abraco,
    Mario

    • Ricardo Luiz de Oliveira

      Então, Mario… diga ao teu pai que o Rogério Cardoso nasceu em Mococa-SP em 07 de março de 1937. Seu nome completo era Rogério Cardoso Furtado, filho primogênito de Paulo Cardoso Furtado e ‘Maria Panizza’. Ela, provavelmente a descendente da vovó Fortunata e sobrinha dos nossos avós! Rogério teve três filhos e seis netos. Conversei com a minha mãe e ela disse não saber qual dos irmãos Pucinelli seria seu pai, ou mãe… Quem sabe a Ilméia, ou alguém entre os demais familiares participantes tenha esta informação para nós, certo?! É mesmo um grande prazer estar me comunicando contigo e com as demais pessoas com as quais temos estes “genes” em comum e, certamente, felizes coincidências de fisionômicas e de personalidade! Um forte e fraterno abraço do primo Ricardo!

      • Mario Luiz Cardoso Pucinelli

        Oi Ricardo, algumas informacoes que eu tinha de forma isolada estao fazendo sentido agora. Muitas vezes me perguntaram se eu era parente dos Pucinelli de Aracatuba. Entao, pelo que vi aqui, foi a tia Julieta que viveu la’. Somos tao proximos e eu nao sabia. Encontrei uma medica ha’ muitos anos num congresso de reumatologia e ela me disse ser de sua cidade. Voce conhece?
        Um grande abraco, primo.

    • Ricardo Luiz de Oliveira

      Oi Mario, bom dia! Veja só, o teu pai, Sr. José, foi ‘primo-irmão’ do meu querido e saudoso pai, Amaury Luiz de Oliveira. Papai faleceu em 1983 com a idade que eu tenho hoje, 57 anos. Foi um grande homem, muito querido e respeitado por todos devido à sua notável bondade e espírito de solidariedade, mesmo sendo fiscal de rendas do estado! Com exceção do papai, eu, minha duas irmãs e minha mãe nascemos todos em Araçatuba.
      O congresso de reumatologia a que você se refere aconteceu na cidade de Araras, ou em Araçatuba? Se você me disser o nome da médica, eu averiguarei para você com muito prazer! Você é médico, Mario? E em que cidade você mora, aí nos EUA? Quando vier de passeio ao Brasil, por favor, ligue para nós… O telefone de minha mãe, em Araras, eu poderia passá-lo a você via e-mail: rricbrasil@gmail.com
      Um grande abraço, primo.

      • Ricardo Luiz de Oliveira

        Olá Mário, te apresento à prima Ilméa, atualmente residente na cidade de Jambeiro-SP, próxima a S.J. dos Campos; ela também faz parte deste Forum e conheceu pessoalmente aos meus avós.
        Mário, faltou dizer a você que também morou em Araçatuba uma irmã da vovó Julieta e do teu pai Pedro, a Maria Pucinelli, quem se casou com um descendente do Marechal Rondon. A tia-avó Maria ficou viúva muito precocemente e com seis filhos, sendo então acolhidos por meus avós Norberto e Julieta em sua pequena casa de propriedade da então Estrada de Ferro Noroeste, onde meu avô trabalhava com três de seus filhos, inclusive o meu pai. Um dos filhos da tia Maria que sempre visitou a minha avó, até o final de sua vida, é o Antônio Rondon, quem ainda reside em Araçatuba e ao qual qual pretendo visitar proximamente.
        Aproveito para avisar, a todos os familiares interessados, que já há alguns meses criei uma conta no Facebook em nome da nossa querida avó Julieta Pucinelli, justamente com o proósito de aproximar a familia: http://www.facebook.com/Ric.Psicoluz#!/julieta.puccinellicaccettari
        Um fraterno abraço, a todos os membros da grande família Pucinelli!

      • Mario Luiz Cardoso Pucinelli

        Oi Ricardo, desculpe a demora na resposta. Eu estava viajando.
        Vamos nos comunicar por email e deixar este espaco para que outros membros da familia nos encontrem. Abs.

  7. Oi Ricardo querido,
    Que gostoso poder comunicar com vc.
    Eu não conheci pessoalmente o Rogério Cardoso, morava em SP, quando ele esteve em Piquête, mas o papai já havia falecido.
    O Antônio(Toninho), da tia Rina, tb ficava muito na casa de meus pais.
    Temos uma prima , Yara, filha da Cida, que era filha da tia Maria , nos encontramos por um acaso. Coisas do destino!
    Ela mora em SP.
    Também conheci o tio Norberto. Que homem de ouro!!!

    • Ricardo Luiz de Oliveira

      Oi Ilméa, gostoso comunicar-me contigo também! Vovô Norberto era um poeta e me lembro muito bem dêle fazendo poesias improvisadas para as crianças! Muitas saudades e da querida avó Julieta também, que sempre foi um anjo! Entäo, você ainda mora em Piquete? Quando voltar ao Brasil pretendo fazer um passeio a Passa Quatro, que no trajeto tem Piquete bem próxima… e poderia passar para uma visita. Se preferir escrever-me via e-mail, para detalhes mais reservados, fique à vontade: rricbrasil@gmail.com
      Um abraço à Sra. e a todos!

    • Mario Luiz Cardoso Pucinelli

      Meu nome e’ Mario Luiz Cardoso Pucinelli, sou filho de Jose’ Carneiro Pucinelli, 78 anos, nascido em Itajuba’-MG e neto de Pedro Luis Puccinelli, nascido em Guaranesia-MG. Meu avo era o primogenito de Ignazio Puccinelli e Fortunata Caccetari Pucinelli. Quando crianca, visitei com meu avo seu irmao Betinho, olhos bem azuis e chamava meu avo de “senhor”, pois dizia ter sido criado pelo mesmo apos a morte prematura do bisavo Ignazio em Itajuba’-MG. Moro nos EUA. Se achar que e’ a mesma familia, por favor entre em contato.

      • Ricardo Luiz de Oliveira

        Olá Mário, sou Ricardo Luiz de Oliveira, neto da irmä do teu avô Pedro Luis Pucinelli. O nome de solteira da minha avó era Ana Julieta Caccetari Pucinelli. Conheci alguns parentes da vó Julieta, assim como a Rina, que morava em Americana-SP, alguns filhos dela e Rogério Cardoso, o ator também conhecido como ‘Rolando Lero’, o qual era primo em segundo grau do meu pai, Amaury Luiz de Oliveira. Morei no Chile desde 2005 e agora voltei ao Brasil, no momento fazendo companhia à minha mäe, aqui na cidade de Araras-SP. Um grande e fraterno abraço,
        Ricardo.

      • ilméa Aparecida Pucineli Simões

        Oi Mário Luis Cardoso Pucineli,

        Eu sou Ilméa Aparecida Pucineli Simões, filha de Alberto Puccinelli e Maria Santana Puccinelli.
        Vc é meu primo de segundo grau, sobrinho do Roberto, Melinha e Elza… Acertei?
        Meus pais, Maria e Bertino(Alberto) era o caçula dos irmãos: Luis(seu avô), Julieta, Maria, Jordano, Dante,Adelina, Elisa, Rina e Bertino( meu pai).
        Só não conheci Adelina e Elisa. Os outros curti bem, principalmente tio Jordano que era um homem de grande sabedoria como papai.
        Acredita que já passei um dia com suas tias? Morei vinte anos em São Paulo, meus três filhos ainda estão lá
        Temos muitas histórias para contar!
        É muito gratificante encontrá-lo, como tb ao Ricardo Luíz.

        Meu email é: ilpuc@ig.com.br
        Será muito bom manter contato com vc.
        Um abraço carinhoso e fraterno.

        Ilméa

      • Mario Luiz Cardoso Pucinelli

        Oi Ilmeia, estou muito contente em falar com voce. Vou falar para minhas tias que nos encontramos na internet. Como ja’ escrevi para o Ricardo, vamos nos comunicar por email pois do contrario vamos congestionar este espaco.
        Um forte abraco.
        Mario

      • Adriana Maria Souza

        Olá, sou a Adriana e moro em Itajubá, meu avô era o Pedro Dante Puccinelli e minha avó chama se Maria José Ferreira Puccinelli ,hoje ela tem 93 anos e eu gostaria de manter contato com os parentes de meu avô pois não o conheci mas me sinto de alguma forma ligada a ele, minha mãe Maria Auxiliadora Puccinelli,filha dele, faleceu em janeiro de 2011, hoje de filho só resta o Dante Jorge Puccinelli.

      • Adriana Maria Souza

        Ola , Mario !
        Me chamo Adriana , moro em Itajubá e sou neta do Pedro Dante Puccinelli, filho de Ignacio Puccinelli e Fortunata Cacetari . Meu avô é natural de itajuba, minha mãe faleceu em 2011 e hoje só resta de filho vivo o Dante Jorge. Minha avó esposa dele chama se Maria Jose Ferreira Puccinelli ,ela tem 93 anos e quando falei que possivelmente teria achado algum parente do meu avô ela ficou animada para entrar em contato pois ela se lembra de algumas coisas que aconteceram no passado , e vi que você falou que conheceu seu avô Bentinho ,eu não o conheci , mas tenho fotos do meu avô e os olhos azuis também são o que me chamou mais a atenção meu avô morreu antes de mim nascer ,mas me sinto de uma forma espiritual ligada a ele. Gostaria de manter contato com você se as pessoas que citei acima também fazem parte da sua familia. Meu email e amka190686@ gmail.com ,espero contato em breve.
        Adriana.

      • Adriana

        Mário, meu avô era Pedro Dante Pulcinelli, filho de Ignazio e Fortunata.Me chamo Adriana e fico feliz por achar outro do mesmo ramo familiar.

  8. Oi Ricardo,
    Que alegria! Conheci tia Julieta e tinha uma grande estima por ela, devido o carinho que tinha pelo meu pai, que era o caçula dos irmãos.
    Ela sempre ia até à Itajubá visitar vovó Fortunata, e passava em Piquête para nos ver.
    Que tal tentarmos resgatar a família?
    Meu pai teve sete filhos. Irene, Aurélio Ignácio, Ilméa,Adalberto, Jórea, Jurema(falecida).
    Um grande abraço pra todos e obrigada.
    Ilméa

    • Ricardo Luiz de Oliveira

      Oi Ilméa, alegria sim… e já estou passando o enderêço deste espaço para mais uma prima de Baurú, a Mara, a qual também compartiu muito com a querida vovó Julieta. Quando eu vivia em Araras-SP, recebi algumas vezes em minha casa e na casa do meu pai, filho da vó Julieta, um dos filhos da tia-avó Rina, o Antônio; a familia deles era de Americana. Também conhecemos o Rogério Cardoso (o querido “Rolando Lero”, da escolinha do professor Raimundo/Chico Anísio), quando êle ainda vivia em Mogi-Mirim, antes de ir para o Rio de Janeiro trabalhar na Globo. Pois é… seria bem legal se pudéssemos reunir alguns membros da familia comum, algum dia, certo?! Vocês ainda moram em Piquete? Um grande abraço a todos,
      Ricardo

  9. Eu sou Ilméa Pucineli,filha de Alberto Puccinelli, nascido em Itajubá , MG.
    Meu pai era filho dos imigrantes Ignácio Puccinelli e Fortunata Caccetari. O casal morou em Guaranésia durante algum tempo e teve os filhos: Giordano, Dante, Amélia, Adelina, Maria, Julieta, Rina,Luís, Pedro, Alberto. Não sei quais nasceram em Guaranésia.
    Alguém teria alguma notícia desse tempo tão distante?
    Obrigada.

    • Ricardo Luiz de Oliveira

      Olá Ilméa. Sou Ricardo Luiz de Oliveira, filho de Amaury Luiz de Oliveira, filho de Julieta Puccinelli Caccetari (tua tia), filha de Fortunata Caccetari. Minha querida avó nasceu em Guaranésia, já falecida, teve 10 filhos e vivieu a maior parte da sua longa vida em Araçatuba-SP. Sua descendência, junto ao meu avô Norberto Luiz de Oliveira, acredito que já deva ter ultrapassado a admirável soma de 100 pessoas. Vivo provisoriamente no Chile. Saudaçöes!

  10. Luiz Alberto de Almeida

    À Familia Pucinelli

    Minha avó paterna é Antonieta Pucinelli casada com Antonio Manso de Almeida.
    Cumpre realizar algumas alterações com referência aos nomes: o correto é Raul de Almeida (meu tio); Nelson Manso de Almeida (meu pai) casado com Clelia Fontana de Almeida e Arlete de Almeida Fernandes casado com Moisés dos Anjos Fernandes.

    Grato

    Luiz Alberto

    • Marcelo Manso de Almeida

      Boa noite!
      Luiz Alberto, seu avô Antonio era irmão do meu, Benedicto Manso de Almeida. Filhos de Manoel Manso de Almeida. Pelo que me consta, sou um dos poucos que ainda carrega o nome da família.
      Meu pai, Alpheu Manso de Almeida e eu, Marcelo Manso de Almeida. Por favor, gostaria de mais notícias sobre nossa família. Segue meu e-mail. Abraços. almeidamm@terra.com.br

  11. Santo Pulcinelli Filho

    Boa tarde familia Pulcinelli da cidade de Amparo
    Gostaria de receber informações, sobre a familia Pulcinelli, eu Santo Pulcinelli Filho,bisneto de Santo Pulcinelli e neto de Nicola Pulcinelli,nascido na Itália em 17/07/1877, chegaram ao porto de Santos, nodia 30/07/1889,indo residir no municipio de Barra Bonita SP, trabalhar na fazendas de café.
    Na década de 30, já residindo no municipio de Cafelandia,como proprietarios e produtores de café. Em 06/06/1936, a familia pulcinelli mudou-se para o norte do Estado do Paraná, na cidade de Santa Mariana,hoje a famila Pulcinelli é composta
    por masis de 500 membros, residindo no norte do Estado do Paraná .

  12. Adilson de Carvalho

    Em 1894, EVERARDO PULCCINELLI, REFORMOU O FORUM DE CABO VERDE, SUL DE MINAS, ERA AVÔ O CÔNEGO VALTER MARIA PULCCINELLI, QUE FOI PROFESSOR NO SEMINARIO DE GUAXUPÉ E HOJE É VIGARIO DE MACHADO, SUL DE MINAS. AB. ADILSON

  13. Luiz Américo Pulcinelli

    Sou da familia Pulcinelli meu avó é Miguel Pulcinelli e minha avó chama-se Italia Pulcinelli, seu filho são Aurora Pulcinelli, Américo Pulcinelli, Tereza Pulcinelli e Augusta Pulcinelli já são todos falecidos, por cima parece que meu avó nasceu em Parma na Italia gostária se alguem subesse de alguma coisa se reportar meu avó morou em Santo Angelo RS.

Deixe um comentário. Sua opinião é muito importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s